A aproximação da Nintendo ao Chat no jogo é arcaica.

A revelação de que o voice chat nos jogos na Switch será feita por intermédio de… um smartphone, é bastante caricata e arcaica. Já no que toca ao suporte das Third Partys, a Nintendo ainda não o garantiu!

Voice Chat no Smartphone! Sem dúvida esta foi uma situação que me surpreendeu!

A Nintendo anuncia que a sua consola terá um serviço online pago que inclui jogos online, negócios exclusivos e voice-chat. Mas depois vem referir que afinal o voice chat não ocorrerá na consola, mas sim num… smartphone ou tablet.

Mas que raio?

Porque motivo haverão os jogadores de ter de pagar por um serviço de voice chat que ocorre num aparelho que nem sequer é da Nintendo e que possui dezenas de serviços de voice chat gratuitos? Que sentido é que isto faz?



Mas pior do que isso, esta metodologia não só é caricata, como se revela completamente arcaica, não sendo minimamente funcional.

Vamos ver o que aconteceria num caso normal onde o voice chat acontece na consola, e neste caso onde ele acontece no smartphone!

Voice chat na consola

Caso 1 – A consola reproduz o audio pelas colunas e capta a voz por um microfone na mesma.

Caso 2 – O utilizador usa uns auriculares com microfone, ouvindo o som do jogo pelos phones e falando pelo micro.

O caso 1 não é o mais recomendado! E raramente é usado por dois motivos.

1 – O microfone capta o som das colunas, causando feedback e ruido nas conversações
2 – Não há privacidade e todos ouvem as conversas, o que se torna particularmente impeditivo num sistema portátil.

E isso quer dizer que o caso 2 é o único que se revela totalmente eficaz.

Mas vejamos agora os dois casos equivalentes com o voice chat no Smartphone

Voice Chat no Smartphone

Caso 1 – A consola reproduz o audio pelas colunas e o smartphone está em alta voz.

Caso 2 – O utilizador usa uns auriculares com microfone, ouvindo a conversa pelos phones e falando pelo micro.

Quais os problemas aqui?

Bem, o caso 1 mais uma vez não permite privacidade! Mas pior que tudo implica que estamos sentados e em condições de ter o smartphone em alta voz. Mais uma vez o problema da captação do som do jogo pelo telefone é um problema, criando ruido e feedback na conversa.



O caso 2, anteriormente sem problemas, possui agora um. Com os auriculares nos ouvidos para se ouvir a conversa, não se capta convenientemente o som do jogo que reproduz nas colunas da consola.

Basicamente, qualquer que seja o caso, a qualidade do serviço acaba por deixar sempre algo a desejar. E há ainda um outro ponto não referido, o facto de termos de ter bateria e de termos de transportar, dois produtos e não apenas um.

Perante esta realidade, a única solução aqui é a consola lidar ela com o chat e o audio, enviando-a para o smartphone. Mas se isso acontece, diga-se que então a Nintendo optou por esta situação para poupar a colocação do Jack na consola. E forçar os clientes a esta solução para poupar uns centimos no custo da consola seria algo muito mal visto pelos consumidores. Afinal teria poupado uns cêntimos aqui e outros cêntimos na grip dos joy cons que não trazem porta USB para carga dos mesmos, mais uns euros ao escolher o SOC X1 lançado em 2015, e mesmo assim vende a consola a 330 euros.

Fica claramente a ideia que, tal a acontecer, a ausência do jack na consola não ocorreu por questões de custos, mas sim por outras políticas de receita, até porque como a Nintendo já deixou claro, a venda da Switch ocorre com lucro desde o seu lançamento.

Mas curiosamente, desde que o presidente da Nintendo veio referir que não entende porque motivo o mercado reagiu tão mal à consola, e porque motivo os investidores castigaram a empresa com uma queda de 7,3% do valor das acções, logo após a sua revelação, isso dá a entender, que a Nintendo vive actualmente num mundo muito próprio. E isso explica muita coisa do que está a rodear a consola.

Esperemos que a qualidade dos jogos permita fazer esquecer todas estas situações.

 



Posts Relacionados

Readers Comments (16)

  1. Se a Nintendo simplismente tivesse anunciado o Switch como o seu novo portátil sem esse negócio de console híbrido a coisa estaria melhor. O preço do Switch está muito alto.
    A Nintendo esta insistindo que é um console de mesa e quer cobrar por isso. Os acessórios estão com preços absurdos e muitos deles são obrigatórios, já imaginou jogar o Street Fighter HD na TV sem o pro controler? Se o Switch tivesse um preço justo o sucesso estaria garantido porque ele seria o sucessor do 3DS que tem uma base instalada enorme, mas a Nintendo afirma que ele é sucessor do WII U deixando as pessoas na dúvida e ainda cobra um preço muito alto por um console que já tem hardware defasado e é mais caro e tem muito menos oferta de software que os consoles concorrentes que já estão no mercado.
    Com certeza a Nintendo vai ter que mexer no preço do Switch em um curto espaço de tempo se quiser tornar seu novo console em um sucesso como o WII que já no seu lançamento tinha um preço justo.

    • Há coisas na Switch que nunca deixariam de ser criticadas. Esta questão do chat no telemóvel é uma delas, independentemente de preço ou colocação
      A questão é que, por muito que adore a Nintendo, e acredita que a adoro, não posso, no papel de alguem que tenta informar de forma desapaixonada recomendar uma consola na situação em que está esta.
      Cara, com periféricos quase obrigatórios não incluidos no preço (controlador Pro), com extras obrigatórios não incluidos no preço (cartão de memória), com um online a pagar que, por muito barato que seja, não oferece retorno ao não ofertar os jogos, e sem apoio das Thirds, tendo o pior lineup de lançamento da história, com apenas 6 jogos disponíveis nessa data, e uma previsão anual (o até agora anunciado) para 2017 de títulos que é menor que o número de jogos que a Wii U tinha no dia de lançamento.
      A EA já veio dizer que para além do Fifa que não contem com mais nada enquanto a consola não arrancar. Os produtores de Titanfall vieram igualmente dizer que a consola está no caminho da Wii U uma vez que não podendo acompanhar os jogos das restantes consolas, tal obrigaria à programação de jogos dedicados que, mesmo que existam, nunca podem ser AAA pois estes não conseguem ter retorno.
      Isso quer dizer que temos aqui um produto de nicho. Algo cujo futuro é incerto e onde nem sequer podemos dizer que caso seja um flop, que o barato saiu caro. Será mais o caro… saiu carissimo!

      No entanto há um mas… A Switch pode ser um sucesso pois as produtoras querem apoia-la, mas para isso acontecer querem uma base de vendas para o fazer. Se ela existir, a Switch pode arrancar e ser um sucesso.
      Só que isto é uma pescada de rabo na boca. Só tem suporte se vender, e só vende se tiver suporte.
      A questão é: alguem quer gastar 330 euros numa aposta?

  2. Os executivos da Nintendo devem ter lido a biografia de John D. Rockfeller, mas só a metade, onde ele só pensava em lucro e nem dormia por isso. Esse console é um desaforo. Deveria ser realmente um sucessor do 3DS e com um preço no máximo de 250 dólares. Sinceramente, se eu fosse o chefe da Nintendo a coisa seria bem diferente, e aposto que teríamos um produto realmente interessante pro jogadores, de todas as idades. Um potencial desse jogado no lixo… É como ter uma Ferrari mas sair de bicicleta num sábado à noite. E vai ter um monte de dumbass pra comprar isso aí por esse preço, mais um monte de acessórios.

  3. Tá pra nascer o novo Wii U, não sei o que está acontecendo com a Big N

    • Espero bem que não… Eu até gostava de comprar uma nova consola da Nintendo.
      Mas certamente neste momento não há certezas, e eu não vou ser dos que vão apostar em algo que não se sabe bem o que será!

  4. E mais uma vez a Nintendo nos surpreende,e mais uma vez de forma negativa.Se o serviço online da Nintendo nem tem serviço de chat por que ele é pago?Essa Nintendo está me saindo uma boa mercenaria.A Nintendo deveria pelo menos então fornecer um celular junto com o console e não cobrar por um serviço capenga.A Nintendo está vivendo em outra Matrix ou em Nárnia?

  5. Nintendo virou piada…E não é de hoje!Já faz mais de 20 anos oh,desde o 64.

    Estou começando a concordar que ela tem que virar third mesmo…

    • Porque?
      Essa não percebi!
      Desde quando e porque motivo a Nintendo é piada?
      Os jogos Nintendo são e sempre foram excelentes. E as suas consolas sempre tiveram bom suporte da marca e grandes jogos. Mesmo a WiiU foi suportada pela marca, e quem falhou não foi a Nintendo.
      Não percebo o que dizes!

      • Ah Mário,é inegável que a Nintendo parou no tempo.O N64 teve ótimos jogos,uma boa peça de hardware mas seu joystick era uma abominação!Certamente o pior joystick alguma vez já feito,apesar do péssimo controle gosto mto do 64.Mas o que quero dizer é que a Nintendo não enxerga que os gamers amadureceram,ela não aceita nem uma gota de sangue,consumo de drogas e enredos mais adultos em seus jogos,eu ainda espero que a Nintendo pare de lançar consoles e faça que nem a sega,porque comprar consoles só para jogar Mário eh ruim,seria excelente poder jogar Mário nos PlayStations

        • @ Vitor,não sei a quanto tempo tu joga,mas pelo seu comentário você nasceu na geração PS1 com o controle dual shock com as alavancas analógicas>A Nintendo sempre foi uma empresa de hardware com maior foco em familia(mas não que seus games não podem ser jogados por veteranos)entenda o mercado,se a Nintendo deixar o ramo de hardware seria uma encolha terrível a ponto de grantes talentos que estão lá dentro teriam que sair pois não haveria custeio para mantê-los e sua qualidade com o tempo diminuiria o que seria uma catástrofe e isto não seria bom para a indústria,pois a única empresa que tenta inovar das 3 fecha o que sobra para nós é isto remaster e mais remaster ao longo do tempo,pois hardware meu amigo não é nada se não tiver criatividade e quanto ao controle te tigo uma coisa se fosse ruim ninguém havia o copiado.Mas respeito sua opnião.Abraços

      • Ela virou piada em Fóruns Mário..não por causa dos seus jogos que continuam ótimos….mas sim por decisões estupidadas de Hardware…Era trava de região,contas atreladas ao console etc etc etc

        O pessoal quer mesmo é jogar os jogos da Nintendo,mas a base de fãs já está cansada com as decisões de HW.

  6. Concordo que há pontos falhos da Nintendo com o switch, porém a plataforma com alguns ajustes tem potencial para se tornar um sucesso. Não gostei do chat de voz, o preço dos acessórios está alto, o console poderia ser mais barato. Tb achei a lineup pequena, por mais que creia que seja estratégia da Nintendo de ter algo para mostrar na E3, porém quanto ao titanfall 2… Uma coisa é o console não ter poder, algo que duvido pois o xbox 360 rodou o primeiro, mas como não sou perito na parte técnica, não posso garantir nada, por mais que eu creia que aparelho vendendo, conseguem portar tudo.rs. Porém achei uma peça de hardware bem feita, gostei dos controles, gostei dele ser um portátil de poderio alto e ainda dar suporte para se jogar na TV, mas algo pelo menos tenho ciência, a Nintendo não abandonará o barco, largando o console ao limbo, msm ele não vendendo. Tenho um psvita, console formidável, mas que a Sony perdeu pontos comigo por tê-lo abandonado.

    • A Sony sim. Mas apesar de não teres lá AAA, nem deles, nem de Thirds, a cada ano que passa saem mais jogos!
      http://www.iplaypsvita.com/upcoming-ps-vita-games-2017/
      Para quem comprou a consola inicialmente, o que se passou coma Vita foi algo semelhante à Wii U. Um abandono e uma decepção!
      No entanto a Sony soube descer o preço da consola (algo que a Nintendo não soube), e felizmente tem havido alguma coisa para ela.
      Longe do que se esperava, mas ao menos há!

      • Sim! Gosto muito do aparelho. Mário, vc acredita que a Sony poderá lançar tb um híbrido ou um portátil ou um smartphone gamer, algo como uma espécie de PlayStation phone algum dia? Ou estou sonhando demais?rs. Abraços…

        • A Sony já tentou isso sem sucesso. Duvido que se volte a meter nessa, pelo menos tão cedo!
          Mas tudo depende do sucesso da Switch. Agora a Sony aproveita e vê a reacção do mercado à custa dos outros.

Os comentarios estao fechados.