Jan 272011
 

Se são fans de ficção cientifica, então recordarão com toda a certeza as armas laser que durante anos fizeram parte do nosso imaginário de ficção.

Mas como bem sabemos essa ficção está ultrapassada e hoje em dia é uma realidade. O que poderão não saber é que a tecnologia laser está tão avançada ao ponto de actualmente ser um dos projectos da marinha americana que mais adiantado está.

Efectivamente o FEL (Free Electron Laser) é um projecto desenvolvido já à algumas décadas pela marinha Americana e concebido para abater misseis inimigos. E se o projecto estava já funcional, a verdade é que o laser, apesar de ser capaz de abater alguns alvos a curta distância, estava ainda pouco desenvolvido.

A novidade é que a marinha demonstrou recentemente um injector capaz de produzir os electrões necessários para alimentar um laser de classe megawatt, ou seja, uma arma super potente e capaz de abater instantaneamente qualquer alvo.

Ora a tecnologia laser tem décadas, e até já a encontramos em diversos produtos. Mas apesar de tal, criar um feixe de energia laser de alta capacidade destruidora é algo bem diferente. Nesse aspecto o FEL abandona a tecnologia de cristais mais tradicional, bem como o uso de químicos encontrados nos lasers mais potentes, para usar campos magnéticos que conduzem um foco de electrões super carregados para criar um feixe de luz concentrada de comprimento de onda variável. O único inconveniente era a criação de um injector que fosse capaz de alimentar e sustentar uma arma destas, o que aconteceu recentemente.

Este desenvolvimento representa um marco para o programa, e um avanço tremendo neste tipo de tecnologia. A marinha espera possuir um protótipo montado num barco de guerra em 2018.

Em baixo podem ver um vídeo introdutório (um pouco propagandistico) a esta tecnologia, publicado no youtube há uns meses atrás.

Fonte: Office of Naval Research

Publicidade

Sorry, the comment form is closed at this time.