A conferência E3 da Nintendo

Vazia… Foi a ideia que a Nintendo Direct deixou. Esta não cumpriu com as expectativas, não teve novidades de peso e não abordou nada daquilo que era esperado.

Tendo começado muito bem com 3 trailers interessantes, a Nintendo Direct veio logo depois mostrar o novo Super Mário Party que demonstra que esta é efectivamente uma consola com a capacidade de interactividade perfeita para ser jogada entre amigos.

Diria mesmo que a conferência começou muito bem!

No entanto começou a notar-se que a Nintendo estava a usar publicidades e não amostras em tempo real para mostrar os seus jogos. Um dos exemplo foi Fortnite que quem já testou afirma estar ainda muito mal optimizado e com um aspecto terrível quando a consola se encontra na dock. Isto quer dizer que, pelo menos neste caso, o mostrado não representava minimamente o que existe, e tal não se tratou de um downgrade, mas sim de algo que podemos considerar quase como uma publicidade enganosa.

Depois eis que entra Smash Bros… E que gasta o restante tempo da conferência. Sendo falado por… 25 minutos.



Sim…. 25 longos minutos! A falar sempre do mesmo jogo! Foi assim que  Nintendo resolveu preencher o seu tempo na sua E3 Direct.

E assim foi a apresentação da E3 da Nintendo… uma mão cheia de nada onde faltaram verdadeiramente novidades de peso.

Diga-se que os fans Nintendo ficaram pouco entusiasmados com a apresentação, ficando claro que 2018, a nível de E3 só a Microsoft parece ter escapado.



Posts Relacionados

newest oldest
Notify of
Carlos Filho
Visitante
Carlos Filho

Mário, gostaria de deixar uma sugestão:
Assim como vc elaborou bons textos sobre o PS5, por que não fazer o mesmo sobre o Xbox Scarlet? Gostaria muito de saber sua opinião.

Livio
Visitante
Livio

ele falou em resposta ao rumor que estava escrevendo um artigo para entrar daqui a alguns dias

José Galvão
Visitante
José Galvão

Não acho que tenha sido só a Microsoft a safar-se, a Sony também e na minha opinião à frente da Microsoft.