A evolução do grafismo de Quantum Break

Curioso com as mudanças que Quantum Break teve ao longo do seu desenvolvimento?

Uma cutscene em tempo real de Quantum Break foi mostrada na E3 em 2013, e posteriormente foi sendo revelado conteúdo adicional, com os videos ingame da Gamescom foram mostrados videos ingame. Mas a versão final apresenta diferenças face ao apresentado, revelando uma tendência já conhecida na atual geração, e presente em grande parte dos jogos, em ambas as consolas.

Mas curiosamente sobre Quantum Break nunca tínhamos feito qualquer análise sobre esta assunto, mas na realidade, as mudanças existiram. E face ao que foi sendo mostrado ao longo dos tempos, a versão final… é bastante diferente.

Não se sabendo exatamente os motivos que levaram a tal mudança, acreditaríamos que a passagem para a plataforma UWP, algo que terá sido uma decisão de última hora uma vez que a versão PC foi anunciada de surpresa, poderá estar relacionada, uma vez que a mesma obriga a optimizações para a plataforma e não para nenhum hardware específico.

Seja como for, tivessem todos os jogos a qualidade final de Quantum Break e certamente ninguém se queixava.

Eis o vídeo:

 

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (14)

  1. Pra mim tirando a mudança do personagem principal (achava o anterior mais adequado), o jogo final ficou mais interessante do que nos primeiros vídeos, falo isso pelo que podemos ver na tela e não tecnicamente.

  2. A versão final teve um pequeno down, mas ficou muito boa.

  3. Bem,os vídeos antigos me passam a impressão de uma melhor resolução, pois jogando aqui, em cenas de ação, tem momentos em que há uma degradação na imagem, coisa que eu não percebia em gameplays anteriores… Alguns efeitos de luz,vapor,neblina,etc sumiram ou diminuiram no jogo final… As ondas no mar que aparecem ao fundo também não tem mais… Também colocaram um filtro azul em certas cenas…
    Porém achei que efeitos de deformação de materiais, e efeitos de distorção no tempo ficaram melhores…Ou seja, melhoraram algumas coisas e outras pioraram… Mas continuo achando o game muito bonito no geral…

    Agora, se a Microsoft tiver um pouco de vergonha, tem que parar de vender a versão PC enquanto não consertá-la, ou corrigir imediatamente… Como no último jogo do Batman, é um port de muito má qualidade, e isso aconteceu também com o Gears Ultimate, deixando uma péssima impressão sobre o UWP…

    • A Remedy não têm culpa, na realidade eles fizeram a versão xbox one que está boa, a versão PC foi feita na máquina de encher chouriços: meteram o porco dentro da máquina e saíram os chouriços, não é isso que faz o UWP?? a Micro deveria ser honesta e confessar que o UWP não é mais que uma espécie de emulador que transforma a versão ONE na versão PC, claro que se tiveres um PC topo de gama e compras o jogo ao preço que a MS o está a vender só te podes sentir enganado, pois não está de todo optimizado para um PC como os jogos que são feitos de raiz ou são portados de forma manual e com optimização para a plataforma

  4. Valerio Fernandes 9 de Abril de 2016 @ 11:33

    Mario após uma 3 horas de jogo no PC só tenho a dizer que o jogo nivel de storytelling é brutal, a jogabilidade é uma alan wake com super poderes, e o nivel técnico do jogo é a pior bosta que ja vi…
    720p upcaling mesmo no PC, a mim a REMEDY não me engana, Performance nojenta para o nivel de detalhe que o jogo tem, motion blur que produz “Ghosting”, glitch´s graficos, epah nem acredito como tiverem a coragem de atirar um aborto daqueles para o mercado, mais valia ter ficado na xbox em vez de vir manchar a imagem do PC cá para fora… Depois as graficas no mercado é que são podres? Ou são as produtoras que não valem nada. Qual o Futuro da Remedy com a Microsoft? Falência! É o que merecem…

    • Bem que a remedy podia assumir uncharted 😭😭😭, pois só de pensar que a franquia vai terminar bate uma 😔, e nível técnico a remedy tem pra acompanhar as exigências que a naughtydog há de ter, falo isso pois o diretor do estúdio falou que a franquia pode continuar em outro estúdio com supervisão da naughtydog.

    • Pfff.. Discordo totalmente.
      Sim as bugs gráficas são muitas, como detalhes que aparecem e desaparecem, sendo que a pior são as luzes que atravessam todos os objectos.
      Mas de resto o jogo está um show, e certas cenas estão quase fotorealistas.
      O jogo está longe de ser perfeito, mas é uma proeza técnica e a metodologia da reconstrução temporal pode ver a ser o futuro nas consolas para se conseguir boas performances.
      Aqui o único problema foi ter-se exagerado. Killzone usa três fotogramas, dois anteriores a 960×1080 e um nativo a 1080p para construir os novos fotogramas, QB usa uma técnica mais simples, mas usa mais fotogramas (4), só que todos a 720p. O resultado é um pouco misto. Tens zonas fantásticas e outras que são menos boas. Mas no global, o jogo está muito bom.
      Acho piada é a uma cena. Aproxima-te de uma arma que esteja no chão e pressiona X para a apanhares.
      A tua personagem vai deitar a arma que tem na mão ao chão, mas não se abaixa para apanhar a nova, ela aparece-lhe na mão.
      Agora repete o processo reapanhanso a arma que está no chão.
      O boneco poem-se a cuspir armas para o chão, sempre com uma a aparecer-lhe na mão. É uma fonte mas em vez de água… Deita armas 😉

  5. Concordo contigo Mário, o jogo é excelente

  6. Olha , terminei o quantum break e estou abismado com a qualidade grágica desse jogo , realmente tem cenas que são quase fotorealista

    • Não sei se reparaste, mas há cutscenes com uma qualidade um pouquinho melhor que outras. Essas são pré rendidas, são video. A Remedy diz que são realizadas na mesma com o motor do jogo, mas dado que ali não estavam preocupados com os fps pois ia ser video, subiram um bocado a qualidade.
      Mas estou agora em 2010… E estou a adorar o jogo e o grafismo. Está fantástico e só ele justifica uma Xbox. Ele é o que The Order prometia e não conseguiu pois ele só cumpriu com o grafismo falhando na jogabilidade.

      • Vi as que são vídeo , mas quando volta pro jogo na minha opinião não muda nada , me arrisco dizer que apenas o rosto dos personagens

        • Nem sempre. Dependendo da iluminação e do nível de detalhe do cenários por vezes as faces ingame estão fantásticas. Há outras em que estão bem piores. Varia conforme a gestão de recursos que está inteligentemente bem feita.

  7. E fora o grafismo , o jogo é incrível , tô até triste pro já ter terminado .

Os comentarios estao fechados.