A lista para votação da pior empresa da América tem uma novidade: A Microsoft.

A lista das empresas nomeadas para pior empresa da América possui alguns nomes já comuns nestas andanças. Mas este ano a Microsoft aparece igualmente na lista.

No que toca à votação da pior empresa da América, a Electronic Arts é já Bi-campeã. Mas se na lista há alguns “habitués”, a novidade surge com a presença da Microsoft. E diga-se que depois de toda a polémica em torno da Xbox One a sua presença é bem merecida, e há já quem diga que este ano até pode tirar “o título” à Electronic Arts.

Apesar de tal não acreditamos. A Microsoft soube-se redimir muito bem de todos os erros inicialmente cometidos com a sua consola, motivo pelo qual até achamos injusta a sua presença, mas quem sabe a mesma não estará mais ligada ao insucesso do seu Windows Phone, Surface e mesmo as fracas vendas do Windows 8/8.1 do que com a questão da consola?

Seja como for acreditamos que nesta primeira eliminatória com a AT&T a Microsoft ficará já pelo caminho!

Aliás, para nós, a votação seria simples: A Electronic Arts continua a merecer o título e deveria obter o tri (e o tetra). Esta é uma empresa que só vê dinheiro à frente e que mostra total desrespeito pelo cliente. O falhanço com Battefield 4 que continua com sérios problemas, a Publicidade ao filme Need for Speed inserida nos menus e ecrãs de carga deste jogos,  e o escândalo de Dungeon Keeper são mais do que suficientes para justificar vencer de forma isolada este “troféu”.



Eis a lista de candidatos:

piores



Posts Relacionados