A loucura dos fanboys já leva a mortes

Um homem matou outro numa discussão sobre quem teria os melhores GPUs, a AMD ou a Nvidia.

Um Russo foi sentenciado a 9 anos e meio de cadeia pelo assassinato de um seu amigo após uma discusssão sobre quem faria as melhores placas gráficas, a AMD ou a Nvidia.

O crime ocorreu em Saransk, na Russia em Setembro de 2016, mas a notícia das causas do assassinato apenas agora foram divulgadas. Os dois homens beberam e começaram a discutir qual dos fabricantes teria os melhores GPUs, a AMD ou a Nvidia, Numa altura em que já estavam embriagados, a discussão terminou com a morte de um dos homens.

Aleksander Trofimov, de 37 anos, esfaqueou Evgeny Lylin até à morte com uma faca quando ficou sem argumentos. Neste caso Trofimov defendia que a Nvidia era superior, mas não conseguiu bater os argumentos do seu colega Lylin, pelo que passou ao próximo passo, atingindo-o com uma faca por duas vezes na cabeça. Lylin ainda ripostou, acabando com 11 facadas no resto do corpo.

Após a morte de Lylin, Trofimov tentou desfazer-se do corpo, colocando-o na mala do carro, e indo enterra-lo. Voltou no dia seguinte para o regar em gasolina e queimar. No entanto, quando a polícia o tomou como suspeito, e o reteve para interrogações, este admitiu o sucedido quase imediatamente.



Aleksander Trofimov foi agora sentenciado pelo seu crime, e estes pormenores vazaram ao público.

Depois ainda há quem se admire por nos nossos comentários não gostarmos de acusações e de situações que envolvam o termo fanboys. Porque como sabemos são os fanboys os primeiros a acusarem os outros de serem fanboys!



Posts Relacionados

Comentarios dos Leitores (1)

  1. Que absurdo. O agravante – MOTIVO FÚTIL – nunca fez tanto sentido.
    E que pena amena.

Os comentarios estao fechados.