A polémica de Fortnite

A Sony causou polémica quando se percebeu que impede todos aqueles com contas Fortnite criadas na Playstation de as usarem noutros sistemas. E a polémica estalou associada ao “Cross Play”! A questão é que o que se passa aqui… nada tem a ver com “Cross Play”!

A polémica instalou-se quando utilizadores da Playstation tentaram fazer login com os dados da sua conta em consolas Nintendo Switch, recebendo uma negação do login por este estar bloqueado no uso às consolas da Sony.

E há nesta polémica duas situações que gostávamos de separar:

Situação 1: O bloqueio do jogo em plataformas que não sejam Sony

Esta é uma situação incompreensível. Não se percebe o motivo porque isto acontece e aqui tem de se dar razão às criticas feitas. Porque motivo uma situação que em nada prejudica a Sony acontece? Afinal tudo o que aqui está em causa é, após um login, um passar de dados de “stats” da personagem. Nada mais!

Esta situação é coerente que seja solicitada. Afinal um possuidor de uma Playstation pode ter uma outra consola, e pode querer jogar o jogo nela. O jogo é “Cross platform” e gratuito, pelo que nada mais natural que se queira jogar o mesmo jogo em outra plataformas, e uma Switch, que oferece jogabilidade móvel, é a plataforma perfeita para se poder jogar em viagem. É o status do jogador, é o seu esforço, são os seus dados, e não o jogo em si ou a plataforms que estão em causa.



E os dados do desenvolvimento da personagem, das armas que possui, das skins que possui, do qie desbloqueou etc, tal como qualquer trabalho realizado em qualquer software, não são pertença de nenhuma empresa… são do jogador. É apenas justo e correcto que eles os possam usar em outras plataformas dado que a possibilidade existe. Bloquear isto não é coerente e nesse sentido temos de dar razões às queixas. É inaceitável que o jogo seja bloqueado em determinadas plataformas apenas porque foi criada a conta numa plataforma Sony, e nesse sentido apoiamos a queixa dos jogadores, solicitando igualmente uma solução.

A razão aqui existe do lado dos jogadores e não pode ser negada!

Situação 2: A colagem ao Cross Play

Infelizmente o que temos visto é que não se consegue perceber… Uma colagem deste assunto às políticas da Sony com o “Cross Play” quando na realidade… o que está em causa, mesmo que na sua génese, acabando por estar ligado ao “Cross Play”, na realidade não tem a ver com suporte “Cross Play”.

Nesse sentido é nossa opinião que até chega a ser vergonhoso que os media que estão a dar cobertura à notícia, e que deveriam ser informados sobre estes assuntos, não desfaçam este engano.

Vamos ver: O que é o “Cross Play”?

O “Cross Play” é a capacidade de, jogadores possuidores de uma plataforma, poderem jogar online com jogadores de outras plataformas. Ou seja, num exemplo, jogadores de Playstation poderem jogar com jogadores de PC, com jogadores de Mac, etc, etc.

Isto é que é o “Cross Play”! E neste jogo, a Sony, tal como todas as restantes plataformas, suporta-o! Os possuidores de consolas Playstation quando vão online podem jogar com jogadores que se encontrem em sistemas PC, Mac, iOS e Android.

Nesse sentido, o “Cross Play” está assegurado e existe!

No entanto a lista da Microsoft possui mais uma plataforma que a da Sony, a Switch. E a da Nintendo também tem mais uma plataforma que a da Sony, a Xbox. No caso da Sony por políticas que já são conhecidas, são excluídos os jogadores de Xbox e Switch, por a Sony entender que são directamente concorrentes e que, como tal, não ter de os beneficiar com a colocação à disposição da sua maior base de utilizadores, ou até de perder face eles a vantagem de ser a consola “onde estão os jogadores”. Uma atitude que defenda-se ou critique-se, é o que é!

Seja como for, a posição da Sony pode mudar… afinal a da Microsoft mudou desde os tempos da 360 em que era a Sony quem aceitava o Cross Play e a Microsoft o negava:

Os motivos que se discutiam na altura nos fóruns? Os mesmos que se acusa a Sony agora: “… it’s against Microsoft’s business interests to let Sony piggyback on Live’s much larger pool of online players.” ou em Português “… é contra os interesses de negócio da Microsoft deixar a Sony andar as cavalitas no muito maior leque de jogadores online do Live”.

É engraçado como as posições das empresas e das pessoas mudam só porque se invertem posições… daí que certamente podem vir a mudar de novo. Veremos é se a coisa se inverter de novo quem agora tanto defende o cross play em todas as plataformas manterá a ideologia.

Mas isso agora é irrelevante. Agora a realidade é outra! É que perante o que está a acontecer, o “Cross Play” não está em causa. Quando muito poderíamos falar de um “cross login” ou “cross stats” pois por um motivo que não podemos definir claramente neste momento por falta de dados, as contas Sony estão bloqueadas a login fora das consolas da marca. E isto é algo que poderia acontecer independentemente de existirem restrições ao “Cross Play” ou não!

Agora a realidade é que mesmo que a polémica não existisse, e o login fosse possível, a pessoa ao jogar na Switch não estava só por esse motivo a realizar qualquer actividade extra relacionada com o “Cross Play”… estava apenas a jogar o jogo com a conta criada na sua consola Sony, em um outro sistema.

E isto porque “Cross Play” não tem na sua definição o facto de a mesma pessoa poder jogar o jogo com os seus status em múltiplas plataformas, mas a pessoa jogar numa plataforma com pessoas em outras plataformas. O que aqui está em causa é na realidade outra coisa perfeitamente diferente e que poderia inclusive aplicar-se a jogos que não entram sequer na definição de “Cross-Play”, os jogos single player. Ou seja, este jogo poderia estar a impedir o login na Switch mesmo que o Cross Play não estivesse implementado pois o log in em diferentes plataformas é algo diferente e completamente independente da existência de suporte cross play, ou não.



Ou seja, mesmo que relacionado, o que está em causa aqui não é claramente o “Cross-Play”.

Daí que temos esta situação 2 e que nos choca igualmente. Não deveriam os media, ao serem supostamente entidades informadas, ser claros e esclarecer que o que aqui está em causa na queixa não é o “Cross Play”, mas sim e apenas o facto que não é possível o login de contas criadas em plataformas Sony em plataformas não Sony?

É que o primeiro caso, o “Cross Play” limita as pessoas com quem se joga. O segundo limita a conta com que se joga! São coisas bem diferentes!

Mas porque motivo isto acontece?

Torna-se difícil perceber os reais motivos pelos quais esta situação acontece, mas uma olhadela para noticias passadas mostram claramente dado que não podem ser ignorados e que apontam no sentido de poderem ser os responsáveis pela situação.

Apesar de o que acontece nada ter a ver com “Cross Play”, a raiz do problema poderá efectivamente estar associada às políticas da Sony face a esta tecnologia. Mas mais do que isso, ao desrespeito da Epic por essas mesmas políticas.

É que, apesar de a Sony, ser clara nas suas directivas, em que impede o Cross Play com a Xbox e a Switch, a Epic desrespeitou as mesmas por várias vezes e ativou o “Cross-Play” de forma a colocar todos a jogar com todos. E somente perante a exposição da situação por jogadores que se aperceberam dessa situação, a Epic foi apanhada. Eis um exemplo de uma notícia desse tipo, e que foi apenas um de muitos casos que se repetiram.

Ora recorde-se ou não, a situação ocorreu várias vezes, todas elas envoltasnem desculpas da Epic. Uma situação de desrespeito à posição da Sony e onde a Epic usou o sucesso do seu jogo para tentar impor uma posição diferente, algo que certamente não deverá ter agradado à Sony. E seja por medidas tomadas na sua rede PSN, seja por imposições colocadas à Epic, foram certamente forçadas situações que impedissem que essas “brincadeiras” por parte dos produtores voltassem a acontecer, sendo que aquilo que se passa atualmente provavelmente não deverá ser mais do que uma dessas medidas.

Essa medida de controlo efectuada terá passado por uma identificação da plataforma associada à conta, e a impossibilidade de os logins se misturarem. Se isto acontece do lado da Epic, ou do lado da Sony é algo que não sabemos dizer, mas não cremos que a Sony mantenha a confiança na Epic após esta ter violado as suas regras por várias vezes.

A questão é que como diz o ditado “paga o justo pelo pecador”, e pelo que fazem uns… pagam os outros. Nesse sentido, se há esta posição de força que levou a isto, a situação teve a ver com a falta de respeito da Epic que, de forma repetida e consecutiva, não respeitou as directivas da Sony, criando as condições necessárias para tal, e tendo por isso sido forçada ou forçado a Sony a faze-lo desta forma que trouxe estas implicações.

Naturalmente isto não quer dizer que não haja receptividade da Sony no sentido de encontrar uma solução de controlo alternativa que não esta, algo que a empresa até deu a entender no seu comunicado que poucos parecem ter percebido, alegando que a Sony dizia pouco ou nada, e que se coloca de seguida:

Estamos sempre abertos a ouvir no que a comunidade Playstation está interessada para melhorar a sua experiência de jogo. O Fortnite é um jogo de sucesso junto dos fans PS4, oferecendo uma verdadeira experiência gratuita pelo que os jogadores possam entrar e jogar online. Com 79 milhões de consolas vendidas por todo o mundo e mais de 80 milhões de utilizadores activos mensalmente na PlayStation Network, criamos uma grande comunidade de jogadores que podem jogar juntos no Fortnite e em todos os títulos online. Também oferecemos suporte Cross-Play com PC, Mac, iOS, e aparelhos Android, expandindo a oportunidade para os fans de Fortnite na PS poderem jogar com ainda mais jogadores em outras plataformas.

Praticamente entendemos aqui na primeira frase uma aparente receptividade a ouvir e a se tentar corrigir a situação, sendo que o resto do texto vai exactamente no sentido de rebater o que tem vindo a público sobre o “Cross Play” e deixando claro que a consola oferece “Cross-Play” com várias plataformas, limitando apenas o acesso às concorrentes Sony.

O futuro e as soluções

Como é dito no comunicado, as queixas sobre os problemas atuais são algo que a Sony está a ouvir, e que queremos acreditar será algo que irá tentar resolver, apesar que tal deverá requerer situações que não poderão acontecer de um dia para o outro, até porque terá de ser algo que continue a garantir à Sony que, como aconteceu no passado, não fica dependente de atitudes de terceitos, e que os jogos que pretendem implementar Cross-Play cumprem com as suas directivas.

Há contudo que se referir que há já rumores, como o fornecido pela thelootgaming que referem que a Sony, perante a insistência, está inclusive a planear não apenas uma solução, mas sim a eliminação das restrições que possui ao Cross play para o fim do presente ano fiscal, que termina em Abril de 2019. De acordo com o que é referido, tal encontra-se num relatório interno da empresa a que o website teve acesso por intermédio de uma pessoa próxima ligada à Sony.



Mas não se iludam… mesmo que tal seja verdade, vindo uma nova geração as coisas podem mudar em qualquer uma das empresas pois nenhuma irá pretender perder as vantagens da posição dominante. Aliás um dos motivos pelos quais a Sony pretende aceder a esta situação tem a ver com o aproximar do final da geração, e o já não ter nada a perder, usando o argumento para chamar pessoas numa altura onde as vendas poderão decair.

Quer se queira quer não, há que se perceber uma realidade já aqui muitas vezes referida: As empresas não existem para nos agradar, existem para ganhar dinheiro. E quando as coisas correm bem, não se quer perder a posição dominante, quando correm mal, faz-se tudo e mais alguma coisa para se tentar ganhar mercado. É tão simples como isso!



Posts Relacionados

  Subscribe  
newest oldest
Notify of
Vitor Calado
Visitante
Vitor Calado

Eu jogo fortnite no PC, o jogo têm tanto sucesso que é completamente irrelevante o Cross-play, temos sempre milhares de jogadores que tornam a espera para jogar insignificante, AGORA o que é inadmissível é que eu tenha uma conta que está associada a um nick name (que é a minha identificação perante os outros jogadores e que no meu caso foi criada no PC) e se com essa conta que é a minha e onde posso subir de nível e comprar skins e acessórios com dinheiro REAL jogar na Xbox nada se passa, mudo para a PS4 e tudo tranquilo, posso continuar a jogar com essa conta, volto ao xbox e já não consigo entrar porque a primeira vez que fizer Login na PSN a Sony apropria-se da conta e já não posso jogar em mais nenhuma consola com ela, a alternativa é criar outra conta e começar do zero…ahahah a Sony sendo Sony…felizmente nunca utilizei a minha conta na PS4 porque nem tenho plus activo…senão ia ficar bem chateado

Vitor Calado
Visitante
Vitor Calado

Um exemplo prático ilustrativo da atrocidade que a Sony impunemente está a cometer:
Um jovem instala o fortnite na sua switch, compra umas skins, ganha prática, torna-se um jogador de topo, o seu nick “Ninja47” torna-se uma referência e torna-se conhecido na NET e nos torneios.
Certo dia vai a casa de um familiar ou amigo que possui uma PS4 e até têm o Fortine instalado, ele entra e joga 2 ou 3 jogos e acabou-se, a partir do momento em que entrou a primeira vez no jogo a Sony apanha-lhe a conta e ele na Switch vai ter que criar nova conta e começar do zero…ahahaha até parece mentira mas é 100% real

By-mission
Visitante
By-mission

Queres que te digam o que acham… A Microsoft nunca foi santa, se na gen passada não era interessante nessa virou uma cruzada! Só digo que se a Epic desse um ultimato a Sony está se veria obrigada a aderir a Microsoft… Mas vejam lá que o PC e o mobile estão no barulho e a Sony não os nega… O que temos ao fim do dia? Se tens 80 milhões de players na PS4 que raios eu quero saber de Microsoft!? Aqui é que está o pulo do gato a maioria das pessoas que reclama possui a console não PS, e aqui não há volta que te digas wou a Microsoft está a ser boazinha.. Vejam lá os servers de Bf vazios.

https://www.eurogamer.pt/articles/2018-06-22-nintendo-e-microsoft-unem-forcas-em-trailer-cross-play-de-minecraft

Edson Nill
Visitante
Edson Nill

Aqui não se discute quem é Santa ou não, mas ao meu ver a Sony estrapolou! Tenho contato com uma comunidade inteira de Nintendistas onde uma boa parte dela está migrando para o Xbox por conta disso. Sempre fui um crítico das políticas Microsoft, mas TB não aliso do lado da Sony, porém infelizmente há aqueles que mexam os olhos e continuam a adorar o” Deus Sony” de todas as formas, ainda mais morando no Brasil, país onde a Sony nunca olhou com carinho e já deu várias demonstrações disso, ou alguém esquece da sacanagem do J cause 3 não vindo para nós brasileiros, mas para o mundo inteiro, onde que por conta da reclamação dos não doentes da sony, graças a eles, a Sony voltou atrás no mês posterior. Mas ainda há muitos que apoiam qualquer atitude da Sony, qualquer uma, mas se fosse qualquer coisa da Microsoft ou Nintendo… Putzzz!!!!

By-mission
Visitante
By-mission

“…Uma comunidade de nitendistas, mudando para Xbox…” Rapaz que tem haver com quem joga no PS4?…

A sério agora, não é de conhecimento universal que exclusivos não vendem consoles?… Que a Microsoft tem mais lucros que PS?… Que a Live é infinitamente melhor que a PSN?…

Que raios se passa que desde 2016 a Microsoft vive implorando por players para não deixar a melhor rede online as moscas…

A sério, se são tão convictos no que dizem que se passa a insistir nisso, implorar a Sony para que, ” jogue junto ”

Leiam lá em qualquer lado e verás o dedo da Microsoft nisso, não os jogadores da PS.

Quanto a questão do respeito poderia enumerar muitas situações em que a Microsoft foi anti-consumidor, mas se gostas tanto de Just Cause, que bom este também veio na Plus.

Edson Nill
Visitante
Edson Nill

Vou te falar o que tem a ver. Há uma turma de jogadores de fortnite e TB fãs da Nintendo, especificamente uma turma de jogadores de Switch, porém a boa parte TB com o PS4, mas depois das políticas da Sony em relação ao fortnite, estão a migrar para o Xbox. Não estou a discutir se a empresa A fez primeiro ou não e qual interesse por trás desses Cross plays, até pq muito aqui se especula por ninguém trabalhar na Microsoft ou Sony para saber de fato qual são suas estratégias, porém estou citando algo que os consumidores não aceitaram, somente isto! Não gosto de Just cause, mas só pela sua resposta, já sei claramente a bandeira que levanta!

By-mission
Visitante
By-mission

Ok vou ser mais compreensivo eu realmente entendo que está e uma feature que interessa a alguns usuários da PS4, mas no que toca aos a minha pessoa grupos de jogos e amigos da PSN e unânime a falta de interesse a esta tão importante característica da qual não me faz falta alguma…

Thiago
Visitante
Thiago

O Cross play é algo que realmente agrega para os jogadores, porem realmente concordo que as empresas visam lucros e não querem perder esta fatia .
No caso da Sony não vejo em perder posição dominante com esta jogada, porem a mesma precisa assim como as outras de receitas e caso aceite este modo perderia a fatia do bolo.
Porem MS e NT estão apostando nisso, se irão perder grana ou não vamos saber mais a frente, porem não condeno. Querem jogar Cross Play escolha o console que esteja aberto , caso não se importe fique aonde esta e se divirta do mesmo jeito.

Fernando
Visitante
Fernando

A Sony voltou ao modo arrogante que tinha quando mantinha a maior parte do mercado com o Playstation 2. Novamente acreditam que tem todos os consumidores em suas mãos.

Reinaldo
Visitante
Reinaldo

Eu nem pretendo discutir se você tem razão ou não.
Mas de todos que comentam aqui, você Fernando não é exactamente a pessoa mais isenta para falar..
Onde estava você quando a Microsoft anunciou que a sua consola seria always online por questões de DRM?
Onde estava você quando disse que quem não quisesse seguir as suas regras comprasse uma 360?
Onde estava você quando a Microsoft obrigou a comprar um Kinect que referia ser parte integrante da Xbox mas que veio a matar algum tempo depois?
Onde estava você quando se anunciou uma cloud que aumentava várias vezes a performance da consola e em 2018 não se viu nada?
Onde estava você quando os exclusivos da consola passaram para o PC?
Onde estava você quando a Microsoft quebrou o suporte à One estando vários anos sem anunciar um novo exclusivo de jeito das suas equipas?
Quando você não se acusa quando a sua marca favorita é arrogante, com que moral vem atacar os outros quando estes se limitam a manter a postura que antes eram os que agora querem mudar que defendiam?
Não é uma questão de ter ou não razão, até porque a pode ter. É uma questão de usar uma pala no olho e só ver o que se passa na casa dos outros.
Porque criticar, sim, e como o Mário diz, aqui há o que criticar e não podemos fechar os olhos a isso. Mas não quando é alguem que só vê para uma lado que vem falar.
Se você nessas alturas não criticou, como espera que os outros o façam agora com algo bem menor?

Fernando
Visitante
Fernando

Onde eu estava?
Dizendo que com essas politicas nao teria sucesso e que eles estavam dando o mercado a Sony, e elas foram mudadas antes do lançamento.
Agora essa historia de varios anos sem suporte é o maior engana trouxa da história dessa geração. Dois dos jogos utilizados para integrar essa falácia chegaram no xbox, Nier e Hellblade, o que mostra que eu estava certo (mais uma vez) em dizer sobre a fragilidade do argumento desse tal suporte elevado da Sony.
Outro ponto, as pessoas não gostam dos jogos que estão no xbox e entao os ignora para argumentar na falacia de falta de jogos, em 2017 teve halo wars 2, cuphead, forza 7 e PUBG. Esse ano ja teve State of Decay 2 e Seas of Thieves.
“Ah HW2 vendeu pouco, cuphead é indie, forza tem o tempo todo e PUBG é preview e eu não aceito um jogo desses, e os jogos desse ano eu também não gosto.”
Dane-se, o console recebeu jogos, se você não gosta deles ou acha a concorrencia melhor é um problema seu e como consumidor livre, voce coloca seu dinheiro onde quiser.
O problema de fanboys da Sony é que eles acham que o Xbox tem que ter jogos de playstation e multiplataforma não serve, o gamer não se diverte jogando multiplataforma, ele é um escravo de exclusivos que esta desde 2016 na internet fazendo listinha com os jogos que foram apresentados de novo agora em 2018 e alguns sem data de lançamento, que provavelmente vão ser lançados junto com os próximos exclusivos dos novos estudios da Microsoft.
Resumindo, o Sonysta de internet é um cara que não joga porra nenhuma e apenas fica na internet cobrando os outros achando que tem alguma autoridade.
Eu não vejo problema algum em falar que não tenho PUBG por que eu nao gostei, que não tenho sea of thieves por que não gostei e não tenho state of decay por que não gostei. Mas você nunca vai ver um Sonysta falar que Detroit é uma merda, que GT sports é fraquissimo, que uncharted lost legacy foi um mais do mesmo tao terrível que não vendeu porcaria nenhuma, que não faz a menor ideia do que o kojima ta fazendo em death stranding mas tem que falar que é incrivel por que tem o selinho exclusive, que days gone foi criticado em varios dos últimos hands on e foi até deixado de lado na última e3, que o spider man não empolgou tanto dessa vez e que provavelmente o playstation 4 não tem perspectiva de nenhum outro blockbuster até 2020, pois alem da Sony demonstrar o mesmo gameplay em pelo menos duas e3, ela nunca poe seus melhores jogos no segundo semestre e se não deu data pros seus exclusivos para o primeiro semestre de 2019…
Onde estavam os sonystas do “suporte” entre 2013 e 2016?
Falando de resolução, GPGPU, GDDR5. Após Xbox Scorpio de 6tflops, começou o discurso Xbox One sem suporte.
Ah pelo discurso de cloud da microsoft, não deveria existir xbox one x. Pelo discurso de gpgpu da sony não deveria existir ps4 pro e pior ainda, o pS5 nem deveria ja estar quase confirmado.

Ewertom
Visitante
Ewertom

Tô contigo nessa Fernando,pode parecer estranho,mas meu play só recebeu o God of War,porque o resto eu dispensei.
O seu comentário tem uma base sólida de dados e de guia gamistica,não percebe quem não quer.
Lembro muito bem destas matérias referente a resolução e enquadramento do assunto de muitos user onde se falavam da diferença entre 900p para 1080p,hoje só falam de jogos ao qual para mim e meus amigos que também tem o console não sentimos esta falta de suporte que alguns até gritam aqui,cadê as diferenças de resolução onde um enrega na maioria o nativo e o outro entrega por super samplyng e dizem ser qualidades identicas……Agora é idêntico…..Se esquecendo do suporte técnico que a fabricante trouxe ao console para se esquecerem da tragédia deixada de herança por Don Matrick.
E Fortnite este jogo eu não consigo engolir,jogo fre to play é muito injusto e beneficia quem gasta grana no jogo.
War Thunder me mostrou isto e em cross plataforma os jogadores PC tem muita vantagem sobre consoles.

Ewertom
Visitante
Ewertom

O que eu quero dizer no meu coment é que o que é verdade para um,pode não ser verdade para o outro e respeitar isto faz parte do jogo.
Não sou fá de plataforma ressalva a Nintendo e a extinta SNK ao qual lembro com muito carinho dos seus jogos.
E repito o que eu disse aqui em cima….cross plataforma só beneficia um jogador…o do PC,não tem como jogar com um comando gamer e o outro usando mouse e teclado……coitado do comando..Eu que o diga.Fora que quando tu compra na loja do jogo o PC ganha no preço.

bruno
Visitante
bruno

Tens uma memória excelente para te recordares de metades das coisas Ewertom. Os meus parabéns.

Como bem dizes o TEU play só recebeu God of War, porque o resto, TU dispensaste. Isto não significa que os jogos não tenham sido lançados e que as pessoas não os compraram. Lá porque não te interessa não significa que não seja suporte e que não conte.

Curioso, lembras-te disso mas não te lembres das pessoas que não notavam diferença nenhuma entre 900p e 1080p mas agora já notam diferença entre 4k e 4k CBR.

Sobre Fortnite… tens noção que isso é o que as pessoas a quem o teu amigo Fernando chama “Sonystas” defendem? E quea história com o PC é um dos argumentos CONTRA o cross-play que justifica a posição da Sony e invalida a da MS? Que até tem tentado unificar as experiências entre consolas e PC?

Só para não te confundires mais, uma vez que és muito dado a confusões.

Reinaldo
Visitante
Reinaldo

Bruno, Você já contou os jogos onde a Microsoft faz Cross Play com o Steam?
Bem, se vocé só tiver uma mão não se preocupa. Creio que chega! Porque o suporte Steam é uma excepção e não uma regra.
Basicamente comparar o Cross Play PS4-PC com o Cross Play Xbox-PC só tem mesmo de comum as letrinhas Pc, pois a base de utilizadores que a Microsoft alcança é bem menor, e apenas inclui os que compraram o jogo na sua Windows Store.

bruno
Visitante
bruno

Claro, ainda há isso. E eu nem me lembrei. A santa Microsoft a fazer um filme pelo Cross-play e esse pequeno pormenor tem escapado a toda a gente.

Ewertom
Visitante
Ewertom

Você tem uma visão e eu tenho aminha e quem ta confundindo es tu.Você deve ficar só no play para ter uma visão tão pequena desta grande indústria.
Já falei e repito,seus argumentos falsos não pegam e mim.

bruno
Visitante
bruno

Que lógica e a realidade não te dizem nada já toda a gente sabe. Só um esclarecimento: eu, ao contrário de ti, não ando a ter visoes.

bruno
Visitante
bruno

@Fernando LOL

Dizendo que com essas politicas nao teria sucesso e que eles estavam dando o mercado a Sony, e elas foram mudadas antes do lançamento.

Ai estavas? Então porque é que te fartaste de insistir que o mundo era always on, que esse era o futuro que tudo o resto que não tivesse componente online era “atitude consolista dos anos 90”, que tudo era perseguição da imprensa e até obrigaste a que se escrevesse um artigo sobre a cobertura da internet online a nível mundial para contrariar a tua visão de que a Internet é hoje “algo comum”?

Se houve alguma daquelas políticas com as quais não concordaste quanto muito foi o kinect e as declarações na E3. Mesmo sobre o DRM, o que dizias era que o mundo era digital e que usados não valiam à pena (porque eram caros e porque era uma mentalidade antiquada).

Queres agora andar a dizer às pessoas que não foi assim?

Agora essa historia de varios anos sem suporte é o maior engana trouxa da história dessa geração. Dois dos jogos utilizados para integrar essa falácia chegaram no xbox, Nier e Hellblade, o que mostra que eu estava certo (mais uma vez) em dizer sobre a fragilidade do argumento desse tal suporte elevado da Sony.

LOL! Claro que sim…. curioso que antes da ONE X o teu argumento era que exclusivos não importam. Agora, afinal não passa tudo de uma ilusão, que a MS teve suporte equivalente, apesar dos números que comprovam o maior número de exclusivos no lado da Sony.

Outro ponto, as pessoas não gostam dos jogos que estão no xbox e entao os ignora para argumentar na falacia de falta de jogos, em 2017 teve halo wars 2, cuphead, forza 7 e PUBG. Esse ano ja teve State of Decay 2 e Seas of Thieves.

Continuando.. é bom ver que o teu critério de jogos que podem ser contabilizados, mudou. Sim, porque em 2014 não se podia enumerar qualquer jogo. Tinham que ser AAA que correspondesse ao teu critério restrito. Tu nem sequer consideravas nas tuas contas jogos como Little Big Planet ou SOMA, porque de acordo com a tua opinião eram joguinhos indie. Engraçado que agora, que a situação é inversa, já consideras jogos nessa mesma categoria nas tuas contas. Não te estou a criticar isso, apenas a achar curioso que agora já os contes sem problemas nenhuns.

Seja como for, é preciso comparar isso com o que a PS4 recebeu esse ano, não? Não basta apenas dizer que a Xbox teve um suporte igual, é preciso também comparar com a concorrência para se provar isso (algo que muito convenientemente não fazes): Gravity Rush 2, Knack 2, Uncharted the Lost Legacy, Horizon Zero Dawn, Gran Turismo Sport, e deixando de lado muitos muitos outros, como Yakuza, por exemplo. E só por isso se comprova que a única falácia aqui é a que escreveste.

“Ah HW2 vendeu pouco, cuphead é indie, forza tem o tempo todo e PUBG é preview e eu não aceito um jogo desses, e os jogos desse ano eu também não gosto.”

Parece que estou a ver o Fernando de 2013-2015 a falar para dizer o porquê da Xbox ter os únicos jogos que interessam:

“Ah, Infamous,Killzone, The Last Guardian, Little Big Planet não vendem nada, sãpo joguinhos meia boca que não contam. Ah, SOMA é um indie, logo não deve ser considerado”

Chegares agora e pores as tuas palavras na bocas das outras pessoas… sem comentários.

Dane-se, o console recebeu jogos, se você não gosta deles ou acha a concorrencia melhor é um problema seu e como consumidor livre, voce coloca seu dinheiro onde quiser.

Exatamente. Por isso é que o grosso do mercado ignorou a consola mais poderosa e a Xbox continua atrás, tendo perdido até para a Switch.

E é precisamente por isso que aqui analisamos a situação e verificamos o porquê de isso acontecer. Que sempre foi a discussão que aqui se teve

Algo que, aliás, sabes perfeitamente, e por esse motivo, porque estás a tentar converter isto noutra coisa? Porque estás a tentar convencer as pessoas que isto é tudo gosto pessoal?

O problema de fanboys da Sony é que eles acham que o Xbox tem que ter jogos de playstation e multiplataforma não serve, o gamer não se diverte jogando multiplataforma, ele é um escravo de exclusivos que esta desde 2016 na internet fazendo listinha com os jogos que foram apresentados de novo agora em 2018 e alguns sem data de lançamento, que provavelmente vão ser lançados junto com os próximos exclusivos dos novos estudios da Microsoft.

Correcção 1 : não é o que os fanboys acham… é o que o mercado acha. Falas como se que o se escreve aqui fosse allheado da realidade. Mas não é. Porque a MS tem estado continuamente em segundo e chega a ser ultrapassada pela Nintendo, em vendas mesmo com a consola mais poderosa.

Correcção 2: nunca em momento algum se disse que multi não importam. O que se diz é que exclusivos também importam e muito. Não distorças o que aqui se diz. Uma consola vende pelo catálogo de jogos e o que ajuda a diferenciar são os exclusivos.

Correcção 3: acabaste neste mesmo comentário de fazer uma listinha e desde 2014 que as andas a fazer. Mas sei porque vens agora gozar ou ridicularizar as listinhas, é que elas não te convêm mesmo nada… porque aí começas a ficar sem argumentos, por isso antes o escárnio que outra coisa.

Correcção 4: as listinhas são ajustadas aos anos, pelo menos está atento.

Resumindo, o Sonysta de internet é um cara que não joga porra nenhuma e apenas fica na internet cobrando os outros achando que tem alguma autoridade.

LOL. Não é o Sonysta que vem dizer que anda com jogos de 2015 e muito satisfeito com isso, sem precisar de mais nada. Se formos a ver, quem diz que está satisfeito com os poucos jogos que tem é o caixista da Internet, se assim anda é porque realmente anda a jogar muito pouco.

Eu não vejo problema algum em falar que não tenho PUBG por que eu nao gostei, que não tenho sea of thieves por que não gostei e não tenho state of decay por que não gostei. Mas você nunca vai ver um Sonysta falar que Detroit é uma merda, que GT sports é fraquissimo, que uncharted lost legacy foi um mais do mesmo tao terrível que não vendeu porcaria nenhuma, que não faz a menor ideia do que o kojima ta fazendo em death stranding mas tem que falar que é incrivel por que tem o selinho exclusive, que days gone foi criticado em varios dos últimos hands on e foi até deixado de lado na última e3, que o spider man não empolgou tanto dessa vez e que provavelmente o playstation 4 não tem perspectiva de nenhum outro blockbuster até 2020, pois alem da Sony demonstrar o mesmo gameplay em pelo menos duas e3, ela nunca poe seus melhores jogos no segundo semestre e se não deu data pros seus exclusivos para o primeiro semestre de 2019…

Talvez porque não haja razão para dizer isso? Eu a ti também não te vejo dizer que PUBG é uma merda, sea of thieves é fraquíssimo e Halo 5 foi um mais do mesmo tão terrível que não vendeu porra nenhuma. Só dizes que não gostaste nos dois primeiros casos e procuras tudo e mais alguma coisa para defender o terceiro.

Além disso, porque Detroit não é uma merda (78), Uncharted the Lost Legacy (84) não se limitou a ser mais do mesmo e tão pouco foi terrível, e GT Sports (75) não foi fraquíssimo, ninguém diz nada disso, nem é obrigado a dizer.

Onde estavam os sonystas do “suporte” entre 2013 e 2016?

Aqui mesmo. A defender que o sucesso da PS4 não se devia apenas ao poder, mas sobretudo ao trabalho da Sony durante a geração PS3 onde investiu largamente em exclusivos com grande impacto, e que estes iriam chegar nesta geração em toda a sua força. E estavam a defender isso a caixistas que alardeavam que o sucesso se devia apenas ao poder, que os exclusivos Sony eram meia-boca, que indies não interessavam. Os mesmos caixistas que agora já vêm defender indies e andam a acusar o resto do mundo de hipocrítas porque antes só defendiam resolução.

Ah pelo discurso de cloud da microsoft, não deveria existir xbox one x. Pelo discurso de gpgpu da sony não deveria existir ps4 pro e pior ainda, o pS5 nem deveria ja estar quase confirmado.

Ai sim? A Sony prometeu que o GPGPU iria permitir um acréscimo de resolução e 24 vezes o poder da PS4?
Não,não prometeu. Mas a MS prometeu isso para a Xbox, tanto que os 4k estavam lá na conferência de revelação em 2013. E quanto ao GPGPU, tens noção que jogos como Uncharted 4, Horizon ZD e God of War estão aí para comprovar a sua eficácia não tens?

E quanto á PS5, a próxima geração Xbox está confirmada. E foi confirmada pelo Phil Spencer nesta E3. A próxima geração PS não foi confirmada – o que tens é rumores. Mas já estou a ver que o teu discurso muda logo e em vez de criticares isto, elogias se no próximo ano temos a próxima geração Xbox apresentada.

Livio
Visitante
Livio

No dia que uma dessas 2 ações acontecerem todos devem correr para as colinas porque o mundo estará estranho:
1- GTA 5 sair do top-40 da GFK antes do GTA 6 ser lançado;
2- O Fernando tecer um elogio para qualquer jogo exclusivo Sony. Em um dos meus últimos comentários citei que ele ainda não falou de God of War, nem Detroit. GoW foi citado no início da semana, falta Detroit, será que gostou? Acho que não visto que acima já chamou o jogo de merda.

A diferença Fernando que aqui tem leitor que faz críticas sim ao jogos, o que vejo aqui é que quando há uma crítica negativa muitos dizem por qual motivo, diferente de você que timidamente(sim porque são raras as vezes que você fala isso) diz não gostar de um jogo da sua plataforma de eleição não fala os motivos e/ou os defeitos como você faz com os concorrentes.

…spider man não empolgou tanto dessa vez e que provavelmente o playstation 4 não tem perspectiva de nenhum outro blockbuster até 2020…

Não sou de curtir super-herois, nem sei a estória da grande maioria e devido a isso não me sinto atraído pelo jogo, mas na pós E3 onde muitos amigos ficaram ainda mais ansiosos e que tiveram artigos em que aqueles que testaram o jogo na E3 afirmaram que estava melhor é de se desconfiar da sua afirmação. Edição de colecionador esgotada e sem previsão de mais unidades.

Espero te reencontrar aqui após o dia 07/09/2018 para ver se estavas correto.

Ahh quero ver a euforia de players ativos quando os 2 DLCs do Sea of Thieves forem lançados, pois pelos números com certeza terão mais sucesso que o spin-off(Sim, não foi um jogo completo) do Uncharted TLL.

bruno
Visitante
bruno

Ah sim, e falta mais uma coisinha Fernando.

Days Gone é lançado a 22 de Fevereiro de 2019, e deve te ter passado completamente ao lado que no mês antes da E3 este jogo teve direito a cobertura durante um mês na gameinformer com vários minutos de gameplay a serem revelados. A Sony depois disso não iria repetir essas entrevistas. O jogo teve confirmação de data e trailer na E3 e este disponível no booth para o público experimentar. Mas curioso que sabes das críticas, por isso deves ter sabido disso. Relativamente às críticas, recaiu sobretudo sobre o conceito e alguns bugs, com elogios sobre o detalhe e tamanho do mundo e a mecânica da mota. Queres que se julgue um jogo antes de ser lançado?

Death Stranding já impressionou no que mostrou e no conceito mas toda, e digo mesmo, toda a gente, incluindo eu, já aqui afirmou que não sabe o que esperar porque ainda não faz ideia sobre o que o jogo é. Ou seja a tua crítica é completamente injusticada e falsa.

Spiderman não empolgou tanto dessa vez? Não sei o que andas a ler, mas para tua informação, foram os 4 exclusivos que a Sony apresentou que motivaram mais discussão e mais artigos, e este título não só foi elogiado pelo quesito gráfico, como também disseram que era o melhor jogo de super heróis desde da série Batman Arkham. E mais ainda, o jogo tem recebido imensos elogios precisamente por ser o jogo Spiderman que os fãs merecem. E se te tens informado, algo que duvido, saberás que muita discussão foi feita em torno da figura que surge no final da gameplay apresentada na conferência. Quando é que paras de inventar?

Brunoab
Visitante
Brunoab

Sinto falta da SONY ARROGANTE do PS2 e PS3 COM ON LINE GRÁTIS.

Pare com as falácias… A única empresa que me prejudicou sem eu comprar o produto dela foi a MS com a invenção do seu ON LINE PAGO que contaminou a Sony e Nintendo graças aos fanboy do Xbox que ainda HYPAVAM SERVIDOR P2P PAGO!

Ewertom
Visitante
Ewertom

Óla Bruno,rapaz o que posso te dizer e até entendo seu questionamento,mas o que ocorre é que uma hora ou outro isso iria acontecer amigo.
Não coloque a culpa na Mic,pois a Sony começou a cobrar por sua própria capitalização.
Tivemos vários problemas com a PSN gratuita na gen passada e acho que por este motivo e necessidade de investimento na rede e uma obrigatoriedade teve de ser realizada.
Mas você quanto a cobrança acha que o serviço melhorou ou ficou na mesma.

bruno
Visitante
bruno

Iria? Se na geração passada a PS3 tivesse tido um sucesso equiparado à PS2, e a 360 um sucesso semelhante à Xbox original achas mesmo que iria?

Há muitos fatores por detrás da lentidão na ligação à PSN na geração passada e estão relacionados com varios fatores, um deles a placa da rede da PS3 que era muito pior que a da 360.

Neste momento não há forma de saber que investivmento a Sony fez na rede, a única coisa que se sabe com certeza é que a placa de rede da PS4 é muito melhor que a da PS3.

Ewertom
Visitante
Ewertom

É realmente,tudo que dizes tem fundamentos.
O Ken Kutaragi estava certo em dizer se tu queres um videogame de verdade,trabalhe mais e compre um PS3.
O cara enganou muita gente,muita mesmo.
Viu como a mentira existe dos dois lados.

bruno
Visitante
bruno

Eu não digo que és dado a confusões?

Confundes marketing com mentiras. Ken Kutaragi estava a tentar vender uma consola que apresentou ao mercado tecnologia de ponta. Ia dizer o quê? Compra a da concorrência que é mais barata? Além disso, ele não estava errado.

Repara a PS3 foi lançada com disco interno, comando sem fios, e leitor bluray (em todos os modelos) e os primeiros modelos tinham retrocompatibilidade de hardware com a PS2.

O modelo Core e Arcade da 360 não tinham disco interno, HDMI, vinham com um comando com fios, e alguns precisavam de um adaptador comprado à parte para o WiFi.

Que bem que estes se aguentaram nos 8 anos seguintes, não? Com a MS a lançar modelos e modelos com mais e mais características maior parte das quais a PS3 já oferecia desde o inicio.

Livio
Visitante
Livio

Ainda não vejo como um modo arrogante, até porquê são negócios, não é uma decisão que prejudica todos os seus usuários, aliás há crossplay nos consoles da Sony desde o PS2.

Duvido que você, se tivesse uma empresa, entraria em prejuízo para agradar uma parcela pequena dos seus clientes e para agradar os clientes da concorrência que não sairão de lá.

Arrogância é me indicar um produto da geração anterior por não aceitar ser always online.

nETTo
Visitante
nETTo

E pensar que Final Fantasy 14 não está no X360/Xone justamente porque a Microsoft não quiz crossplay com PS naquele momento, justo quando o Xbox estava em um momento diferente do de hj, afinal a Microsoft é uma mãedrasta.

Ewertom
Visitante
Ewertom

O que voçê referiu nETTO no ocorrido com o final Fantasy XIV,é que como os servidores da Mic são fechados(digo centralizados)na época pelo que me lembro até saiu informações da própria Square que este seria o principal motivo do jogo não sair.

Ewertom
Visitante
Ewertom

É Bruno,é a sua confusão pois o que referi é que o Ken falou que o PS3 éra o console mais poderoso e concordo com as aplicações de compatibilidade e agregados que a concorrência não tinha,mas a sua GPU era mais fraca apelando para o CPU e sua placa de rede inferior ao qual nas propagandas indicavam que era em tudo mais poderoso.

Olha a confusão que tu não enxerga.Você ta precisando de óculos.não esta lendo direito já faz um tempinho.

bruno
Visitante
bruno

Referiste que o Ken disse que era o mais poderoso? Onde?

Eis o que disseste:

O Ken Kutaragi estava certo em dizer se tu queres um videogame de verdade,trabalhe mais e compre um PS3.

Onde referes mais poder? Estás a distorcer o que disseste, e ainda a tens a distinta lata de acusar-me de não conseguir ler… Tu é que tens que aprender a escrever.

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

Até tentei ler os comentários, mas sem chance. tem usuários aqui se comportando como fanboy, e não é de um lado só não, aí desanima

Livio
Visitante
Livio

Mário sabe dizer se o problema de conta bloqueada( conta Sony só nos PS) ocorre com outros jogos ou somente com Fortnite? Tipo Rocket League também ocorre o bloqueio das contas(o jogo também possui venda de conteúdo)?