A tão esperada reformulação da Sony aconteceu!

A Sony era o maior gigante da electrónica mundial. Mas a empresa acaba de anunciar que irá deixar de estar ligada à electrónica de consumo, indo-se desfazer das suas divisões audio e video.

Sony disc loading validation system

Desde à vários anos que as divisões de electrónica da Sony vem acumulando prejuizo. Tvs, Smartphones, Computadores portáteis, etc, tudo estava no vermelho!

Daí que neste website, prevendo um mau futuro para a empresa, sempre defendemos que a Sony deveria separar as secções lucrativas das restantes, precavendo assim a divisão Playstation de poder ser arrastada pelos maus resultados de terceiros.

E foi isso que a empresa anunciou. A Sony vai fazer o Spin-off das suas divisões de audio e video. Isso quer dizer que essas divisões passarão a ser empresas independentes, eventualmente subsidiárias da Sony, mas com contabilidades diferentes e separadas.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Basicamente a empresa optou por manter o nome Sony nas suas divisões de maior sucesso, separando as restantes!

No entanto, Kaz Hirai é actualmente da opinião que a Sony deve mesmo vender a divisão de TVs tal como vendeu a divisão de PCs VAIO o ano passado. Dessa forma apenas a divisão de smartphones  e a divisão audio da Sony teriam direito ao spin-off.

Assim, de acordo com Hirai, a Sony vai manter apenas três negócio principais no seu núcleo:

  1. A Sony Pictures Entertainment
  2. A PlayStation, actualmente a divisão de maior sucesso da Sony, mas que necessita de rever a sua estratégia na parte móvel uma vez que a PS Vita não é o sucesso esperado.
  3. A venda de sensores de imagem para câmaras digitais de smartphones que tem a Apple e o iPhone como principal cliente.

Desta forma a única divisão de electrónica que fica no núcleo da Sony é a de sensores de imagem. E tal deve-se ao sucesso do iPhone pois apesar de a Sony vender igualmente os seus sensores para outras empresas, o outro gigante dos smartphones, a Samsung, usa normalmente soluções proprietárias da empresa.

Isto quer dizer que finalmente vamos ver a empresa a concentrar os seus recursos nas divisões lucrativas, nomeadamente a Playstation. E os lucros destas divisões deixarão de servir para pagar dividas criadas pelas restantes.

Não deixa de ser uma notícia algo triste. A Sony foi em tempos o maior gigante da electrónica mundial. Mas a concorrência de produtos baratos e a falta de adaptação da Sony a essa realidade, levou a que a empresa sofresse.

Vejamos agora como a empresa se sairá! E pelo menos para o futuro próximo a empresa está garantida e agora muito melhor concentrada financeiramente.

Publicidade

Posts Relacionados