A tecnologia de detecção de movimentos da Google parece saída de um filme de ficção

Soli

Com esta tecnologia os dias em que precisávamos tocar num objecto para interagir com ele poderão ter os dias contados.

Soli

O ter de tocar num objecto para interagir com ele poderá ser algo com os dias contados. E usar um smartphone tocando no ecrã poderá vir a parecer tão antiquado como… a TV a preto e branco.

A Google revelou o seu projecto Soli, uma tecnologia que usa ondas de radar para detectar movimentos precisos de partes tão pequenas do nosso corpo como os nossos dedos. E com ela basta mover-se os dedos no ar para se controlar objectos num mundo virtual.

O resultado… Algo parecido com o visto em Minority Report onde as personagens manipulavam objectos virtuais movendo os dedos ou as mãos no ar.

O projecto é do departamento de Tecnologias e projectos avançados da Google e baseia-se nesta tecnologia futuristica sendo dirigido por Regina Duncan. Recentemente este laboratório da Google mostrou um protótipo com resultados impressionantes, mostrando ser preciso ao pormenor na detecção de pequenos movimentos do indicador e polegar que podem inclusive interagir roçando um no outro a velocidades diferentes e com tais acções podendo controlar todo o tipo de coisas sem lhes tocar.
Actualmente, e ao fim de 10 meses, a Google já reduziu a tecnologia a um chip do tamanho de uma unha permitindo que ele seja integrado em smartphones e até smartwatches.
Naturalmente este chip será extremamente importante para a realidade virtual e poderá significar um avanço sem precedentes na mesma.
Mas nada como verem o vídeo para perceberem o conceito:

Publicidade

Posts Relacionados