A verdade, a meia verdade e a inverdade

Há sempre várias maneiras de se olhar para uma coisa. E dependendo da perspectiva a situação pode ser verdadeira, mais adulterada, ou representar basicamente uma distorção tão grande que dá a crer uma realidade que não existe.

Tem vindo a decorrer um grande debate na PCManias devido às vendas de Uncharted 4. E a questão prende-se com uma análise realizada numa perspectiva que acaba por se revelar deturpada por um website brasileiro (e cujo nome não vamos divulgar por uma questão de respeito), que mesmo que sem intenção, acaba por mostrar uma realidade que, apesar de verdadeira, está completamente deturpada.

Imaginemos um caso. Um casal, em que a mulher quando chega a casa vai para a cozinha fazer o jantar. Prepara a refeição e põem a mesa, sendo que no final, a tarefa de colocar o pratos na máquina da loiça cabe ao homem.

Não podemos dizer que há aqui uma distribuição equitativa de tarefas. A mulher no fundo é quem tem o trabalho todo. Contando o tempo e trabalho que dispensa a cozinhar e colocar a mesa, o trabalho do homem é no fundo basicamente irrisório.

Ora esta situação pode ser relatada de formas diferentes. Daí que um homem que chegue aos amigos e diga:

Caso 1

  • Ontem chegamos tarde a casa. A minha mulher foi cozinhar, colocou a mesa, e no final eu coloquei os pratos na máquina. Saímos da cozinha eram 11 horas!

Este homem está a ser verdadeiro. E está-o a ser porque aqui se limita a relatar os factos. Não os interpreta, não os deturpa, e é factual na explicação dando a perceber que a mulher é que fez tudo e ele só colocou os pratos na máquina, tendo tudo terminado às 11 horas.

Estamos perante a realidade das coisas.

Caso 2

Mas os homens são machões. Normalmente não dizem as coisas assim, e uma outra forma de o dizer seria:

  • Ontem chegamos tarde a casa. Estivemos os dois na cozinha até ás 11 horas!

Este homem está já a deturpar a verdade! Aqui ele relata uma situação real, mas esconde factos, e a imagem que passa é de que ambos partilharam a meias todo o trabalho na cozinha.

Estamos aqui perante uma situação adulterada. Algo que já acaba por ser uma mentira.

Caso 3

Mas há uma maneira pior de colocar as coisas. Imaginemos que este homem refere.

  • Ontem chegamos tarde a casa. Só saí da cozinha eram 11 horas!

Aqui a deturpação é gigante. É um adulterar completo da realidade das coisas. Quem houve essa frase pensa que o homem é um mouro de trabalho, que a mulher não faz nenhum, e que ele esteve a trabalhar sozinho na cozinha até às 11 horas.


Estamos perante uma deturpação tão grande que este facto acaba por ser um falsidade face à realidade das coisas!

Ora o que é curioso é que nenhuma das situações é mentira. Mas há uma clara intenção por detrás da situação. assim como houve com o website brasileiro em questão.

Mas o que aconteceu exactamente?

Bem, Uncharted 4 apresentou aquilo que se acredita ter sido um recorde absoluto de vendas para jogos First Party exclusivos na atual geração. Em 6 dias o jogo vendeu ao público 2.7 milhões de unidades (números oficiais incluindo vendas avulso do jogo em formato físico e digital. Não se incluem bundles).

Ora no que toca a dados concretos que foram fornecidos ao público, no tocante a vendas físicas+digitais (e aqui há que reconhecer que há muita lacuna no que toca a números de vendas digitais) estes números não possuem paralelo. É um recorde absoluto!

Mas esta situação tem o seu senão! Uncharted 4 é um jogo com uma componente técnica inigualável nesta geração. Poderia assim ser de esperar que, apesar de mais nenhum jogo ter apresentado em dados públicos números deste calibre, o jogo pudesse ter vendido ainda mais.

Assim, pegando nas realidades conhecidas, e nos 3 casos de cima, com as 3 formas de dar a notícia, vamos ver como a notícia seria dada para cada um deles.

E note-se que nem sempre é fácil perceber-se que se está a cair neste tipo de situação, pelo que há sempre de ressalvar que pode não ter existido intenção!

Caso 1 – A realidade das coisas

Uncharted 4 apresenta números de venda oficiais que se revelam um recorde de vendas para a atual geração em jogos exclusivos First Party, com um total de vendas de 2.7 milhões de unidades. A percentagem de jogos vendidos por consolas no mercado em apenas 6 dias atingiu os (7%)..

Caso 2 – A situação adulterada.

Uncharted 4 vendeu 2.7 milhões de cópias em 6 dias. Apenas 7% dos utilizadores PS4 aderiram ao jogo.

Caso 3 –  A deturpação total

Apenas 1 em cada 15 possuidores de PS4 compraram Uncharted

Como dizia Benjamim Franklin… Meia verdade é normalmente uma grande mentira. Mas neste caso nem meia verdade temos!

Nota: Artigo alterado e corrigido em algumas partes.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (79)

  1. Sou fã incondicional de Uncharted, estou com o game e estou achando fantástico cada parte do game, mas eu não tinha conhecimento dos números do game, e pensei que ele poderia ter vendido muito mais em 6 dias do que vendeu. É óbvio que as vendas estão longe de serem ruins, mas por tudo que a Sony gastou com publicidade, com o custo de produção do game, fora a marca já estabelecida do Drake no mercado, sendo que é o quinto game da franquia, sendo o quarto de console de mesa, eu esperava mais! Para mim, vendas incríveis são do Mario kart 8 do wii u que vendeu mais de 5 milhões de games, sendo que o wiiu somente possui um pouco mais de 12 milhões de consoles. Abraço a todos!

    • Não sabemos quanto Uncharted vai vender. Estamos a falar dos primeiros 6 dias.
      Mario Kart WiiU vendeu 1.2 milhões em 6 dias, e vendeu 7.5 milhões no total, em 12 milhões de consolas (não sei onde foste buscar os teus números).
      https://www.nintendo.co.jp/ir/en/sales/software/wiiu.html
      É efectivamente impressionante mas tens de ter em conta vários factores.
      1- quem compra uma Wii compra-a por estes jogos
      2- a oferta de jogos para esta consola é reduzidissima.
      Não posso negar que se Uncharted vender só 2.7 milhões é pouco, mas estamos a falar de vendas em 6 dias e não das vendas totais. E nesse campo, para a atual geração e jogos nas mesmas condições, perante os dados oficiais de vendas que temos (que não são perfeitos), este é um recorde absoluto de vendas em apenas 6 dias.
      Até pode não o ser na realidade, mas para sabermos ao certo precisavamos de números de vendas digitais de outros jogos que não temos, e como tal teremos de nos guiar pelo que há.
      Por exemplo, o Halo 5 só tem reportadas vendas de 1.46 milhões, mas a Microsoft refere que os lucros do jogo (cópias, hardware, mechandising e outros chegaram aos 400 milhões). Isto deixa muitas dúvidas no ar sobre o que realmente foi a aceitação de Halo 5. Vendeu mais digital do que físico? Seria estranho e pouco comum, mas não impossível. Foi halo o responsável pela maior parte das consolas vendidas? Tambem seria possível. O merchandising e periféricos foram um sucesso? Tambem poderia ser. Houve grande quantidade de adesões que não existiam antes ao Live devido ao jogo? Tambem pode ser.
      Não temos dados! Infelizmente! E isso quer dizer que não podemos associar os lucros a cópias.
      Perante esses dados em falta, o concreto é que Uncharted 4 vendeu mais do que qualquer outro exclusivo até hoje. Se isso é muito ou pouco, não me compete julgar pois se é pouco em 6 dias, perante estes dados concretos com que podemos falar, os outros são uma desgraça!

      • Sinceramente Uncharted é um daqueles jogos que vai ficar para sempre na memória.. Quando se fala do jogo, é como se fosse classificado como tudo que representa o PlayStation. Sendo assim, mesmo quem não possui o uma PlayStation reverência e se curva a ele. Mas o que não é realidade. Ainda que Mário é a cara da Nintendo e Halo a cara da Microsoft, meus amigos a PlayStation não tem cara nenhuma.
        Killzone, God of War, Gran Turismo, Ifamous…. Uncharted.

      • A melhor forma de explica isso está no depoimento acima do colega @Edson Hill no qual ele compara as vendas de Mario Kart em toda sua fase de venda (lançado no dia 29/05/14) e compara com uncharted 4 (lançado 10/05/16) ou seja o primeiro tem quase dois anos de vendas enquanto o segundo tem informação divulgada de apenas 6 dias de vendas, se uncharted tivesse parado de vender no dia 16/05 estas analises fariam todo sentido, porém o jogo ainda está vendendo e muito por sinal pois basta dar uma acessada nos maiores varejistas de games do mundo pra ver que o jogo ainda está em primeiro ou no minimo entre os mais vendidos, hj já são 26/05 e se pensarmos que vendeu 2,7 em 6 dias, quanto será que vendeu 10 dias após isso?
        Outras analises com jogos da geração anterior são válidas com a de Halo 3 porem Halo nesta época era fenomeno de vendas e Uncharted nunca foi fenomeno de vendas mas se compararmos com lançamentos desta atual geração como Bloodborne, Gears Ultimate, Last of Us, Killzone, Infamous, Halo 5, Quantum Break e Tomb Raider ai vemos que Uncharted tem arrebentado em vendas desbancando todos estes citados e até somando a venda de vários no mesmo periodo.
        Por fim o que precisamos é esperar pelo menos um mes de venda e não apenas 6 dias pra dizer se o jogo vendeu bem ou mal.
        PS: vale ressaltar que como é o jogo que encerra a franquia acredito que o jogo vai vender por muito tempo.
        Chorem com qualidade, pois assim fica mais memorável.

      • Mário, quando disse que MK8 vendera 5 milhões, estava falando em vendas totais, não em vendas de 6 dias. Pq o meu raciocínio estava na questão do game ter vendido quase a metade de consoles vendidos, ou seja, um número espantoso!

  2. Luciano S. Carvalho 26 de Maio de 2016 @ 9:57

    Para uma base instalada de mais de 40 milhões de consoles e por ser o maior e mais esperado lançamento do PS4 até o momento, é muito pouco sim.

    • @Luciano pensa da seguinte forma, GTA 5 que é o jogo mais vendido da história em apenas uma edição, vendeu 60 milhões, para atingir este montante está vendendo desde 17/09/13 para as plataformas PS3, X360, PS4, Xone e PC, ou seja o jogo precisou de cinco plataformas e quase 3 anos pra vender tudo isso, já Uncharted 4 pelo que tenho lido teria que vender no mínimo 1/3 do GTA para poder ficar evidente que o jogo vendeu bem levando em consideração o marketing e valor de produçao? E estamos usando como referencia um jogo com marketing e valor de produção maiores que Uncharted 4. Não quero dizer aqui que o game da NaughtyDog vai utrapassar ou chegar perto de GTA 5 mais sim evidenciar que estas analises sobre base instalada é pura balela pois se vc considerar as bases do PS3 (70M) X360 (70M) PS4 (10M) Xone (5) e PC (?) no respectivo lançamento de GTA 5 teriamos ai algo perto de 170 milhões de plataforma a comprar o jogo, qual seria o montante de vendas em apenas 6 dias pra GTA 5 vender bem tipo uns 15 milhões? Pense nisso.

      Mensagem editada: O Lançamento no PS4 Xone e PC foi posterior, portante fiquem atentos a este erro.

      • O que fica aparente aqui é que as pessoas esperariam vendas acima de 5 milhões no lançamento do jogo e que vender quase 3 milhões foi quase como um Flop? Vai entender.

      • Gta v vendeu mais de 11 milhões no lançamento para ps3 e xbox 360 e até agora tem mais de 37 milhões apenas nas versões de xbox 360 e ps3

  3. Mario, oque vc acha sobre esse xbox scorpio? Tao dizendo que a fonte desse rumor ja acerto no passado.

    • Só lí à pouco. Penso várias coisas:
      – Que quero ver o que vão dizer os que criticaram a Sony quando surgiu o rumor da Neo (certamente agora já vão achar muito bem, mas antes era algo inadmissível).
      – Que as especificações parecem um pouco irrealistas para preços acessíveis pois isso implica uma Polaris 10 das atuais basicamente no seu máximo.
      – Que perante esse rumor, nenhum dos outros rumores é definitivo. Essa consola, tal como as alterações que tenho vindo a conhecer à Neo, basicamente implicam novas Xbox e PS4 e sendo assim devemos ter novas consolas em Novembro de 2017 ficando-se esta geração pelos 4 anos!
      E com ela terminada!
      – Onde está o poder da Cloud??
      – O Kinect, e os 100 euros que paguei por ele, que era parte da experiência Xbox, afinal serviu para que?
      Talvez para a semana escreva qualquer coisa, pois dado o feriado hoje, estou em fds prolongado e só pego na PCManias de novo na segunda!

      • Valerio Fernandes 26 de Maio de 2016 @ 12:32

        @Mario

        Falando em Cloud Power nunca mais se ouviu falar em crackdown 3 ! Será que morreu tal o DX12 power do fable?
        O Kinect serviu para fazer “xbox sign in” e ” Xbox sign out”! E nem isso ele faz bem isso Mário, as vezes estou no windows 10 nas party´s com alguns amigos que deixei na xbox one e eles a falar para o kinect umas 4 ou 5 vezes e aquilo nada, têm que se repetir mil e uma vezes!
        Agora claro a Microsoft já dispara para todos os lados ja não sabe o que fazer tem mil uma coisa em simultâneo e nem uma nem outra, ora lança uma consola nova, ora lança certas ip´s no Pc windows 10, ora decide se segue com a xbox one como consola principal… Andam perdidos…

      • E os que aplaudiram o Neo, será que vão aplaudir esse novo Xbox? ou vão dizer que a Microsoft está perdida, que não sabe o que quer e que a Sony só está fazendo isso por causa da Microsoft ou sabe se lá quem?

      • O PS4 não precisa lançar um PS4 novo, afinal ele 50% mais poderoso.
        E o novo núcleo, Gddr, poderes ocultos que ainda não libertaram no PS4.
        Onde esta GPGpu no PS4, caramba um console 50% mais poderoso, vai lançar outro, caramba hein, um console com tanta tecnologia, com poderes ocultos citado pela mídia acabar com 4 anos, estranho, estranho…

        • Uncharted 4 é o jogo técnicamente mais impressionante nesta geração e usa GPGPU na sua plenitude, mostre algo que seja no mínimo próximo (técnicamente) ao mesmo e eu concordo com vc, e 50% é pouca diferença quando falamos de diferenças teoricas é so vc ver um jogo em 1080p no PS4 e 900P (ou menos) no Xone que só aqui já aparece essa diferença, junto a isso alguns jogo onde além da resolução a performance é melhor no PS4 e temos mais de 50%, mais isso tudo no final depende da dev e não do console, pois apesar de sabermos das diferenças existe jogos onde a versões iguais, como explica um hardware mais forte fazer o mesmo de um mais fraco, tem devs que equilibram as coisas.
          @Karneiro, pelo menos podemos ver na prática as diferenças nos jogos multiplataforma onde 95% deles recebem versões melhores no PS4, e a tal nuvem que foi anunciada do Xone onde quando conectada triplicaria o poder do mesmo, ou o DX12 que traria resultados acima dos 20% ao console, o kinect que seria parte impossivel de se retirar do console, GPU de 3 bilhões de dolares, enfim promessas são promessas e caimos nelas porque somos cegos de amor por empresas que nem sabem que existimos kkk.
          PS: Amo todos vcs viu.

          • Claro que recebe versão melhor afinal 50% mais poderoso, e olha que tem núcleo que ainda nem revelado foi, e o GPGPU, que estão falando a 4 anos, já penso quando vier a tona, a maquina que vai ser, fora os poderes ocultos.
            PS4 é uma maquina, promessas são promessas, a do molho secreto GPGPU sera que vai estar no PS4.5
            Eu não consigo entender como uma super maquina 50% mais poderosa, com poderes sobrenaturais, e GPGPU como molho secreto e acontece isso https://www.destructoid.com/fallout-4-s-far-harbor-dlc-is-having-major-performance-issues-on-ps4-362710.phtml?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter

          • Quero a fonte desse suposto hardware sff.

          • nETTo… Promessas são promessas. Mas depois há quem esteja por dentro das coisas e há os utilizadores normais.
            Eu não me considero um utilizador normal e tenho contactos no meu msn com diversos programadores, artistas gráficos e pessoas ligadas ao desenvolvimento de jogos para as consolas, daí que nesse sentido,e graças a estar ligado às tecnologias desde muito novo, sempre tentei passar aqui na PCManias uma imagem da realidade que fugisse ao Marketing das empresas.
            Eu escrevi que a PS4 ia ser mais potente (e foi), escrevi que a eSRAM ia ser problemática (e foi), desmenti rumores sobre GPUs secretos (e não eram verdade), sobre memórias ultra rápidas (e não eram verdade), referi que o Kinect era um engano e um desperdicio de dinheiro (e ele foi retirado e esquecido), que a Cloud era um engodo (e mesmo que saia um jogo que usa alguma coisa, é só um e longe das promessas), que o DX 12 não mudaria grande coisa excepto a facilidade de desenvolvimento (e foi o que aconteceu – até previ o feature level adequado ao DX12 a todas as placas gráficas do mercado e quando sairam as especificações reais… Acertei em cheio em todas, não tendo de mudar uma virgula do artigo), fui contra o DRM (e ele foi retirado), critiquei a Neo, mas disse que caso ela existisse a Microsoft ia fazer igual (e segundo os rumores está a fazer) referi que Uncharted ia ser a referencia de jogos nesta geração (e foi), acusei a Sony de não ter ofertas na PSN+ ao nível do Live (e não tem), acusei a Sony de não fornecer na PS4 tudo o que a PS3 oferecia (e ainda não oferece).
            Tudo isto por carolice, sem ganhar dinheiro, e ajudando as pessoas a perceber que o Marketing é enganador. Mas de que me acusam? Eu limito-me a pegar no que existe e separar a verdade do Marketing de forma a que se percebam as coisas.
            O que mais querem de mim? Ando cansado, com problemas nas mãos de tanto teclar e os olhos cansados, sem ganhar nada com isto. E ainda me chamam de desonesto ou de parcial ou de ter preferências por marcas? Querem o que? Que minta para alimentar egos mesquinhos? Que dê cobertura a websites desonestos naquilo que relatam? Que abafe as coisas que vem a público?
            Bolas lá para isto… Eu tento ser justo, mas o próximo que disser algo que coloque em causa a minha integridade ou a da página, bano-o sem alerta.
            Eu não preciso disto para nada. Faço-o porque tenho gosto em ajudar, mas tenho uma paciencia e ela tem limites! E a minha página não é nem nunca foi para ser de todos. É para ser daqueles que tem gosto pela tecnologia e videojogos, não para fanboys que só estão bem a chamar fanboys aos outros para não terem problemas de consciência.

            Desculpa o desabafo nETTo, mas apesar de isto não ser para ti, a tua mensagem pareceu-me adequada para o desabafo!

        • Acho que ou te enganaste na consola ou no site. Aqui desmenti GPUs duplos, memórias em stack e GDDR na Xbox, mas isso que referes deve vir lá do site do costume.
          Quanto aos 42% mais poderoso vimos e continuamos a ver isso muitas vezes ao termos jogos com mais resolução (900p vs 1080p) que é exactamente essa diferença de performance gráfica.

        • Poderes ocultos? Não, não era poder oculto e sim o molho secreto. Mas isso era referente ao outro lado.

          Impressão minha ou as últimas postagens do Karneiro invertem as informações?

    • O que fica estranho é que o Xbox Scorpion teria um poder computacional equivalente as placas novas da NVidia GTX 1070/1080, será que a mic vai vender por 600,00 Obamas ou vai subsidiar novamente e levar prejuizos?

  4. Valerio Fernandes 26 de Maio de 2016 @ 10:50

    Eu sinceramente não acredito nesse valor das vendas até porque se bem me lembro quando uncharted 2 saiu fui logo buscar a minha ps3, certamente hoje em dia tal como eu na epoca da ps3 haverá multidões a comprar a Ps4 com o bundle do uncharted 4 (Exclusivos bons vendem consolas)! Esses valores dos bundles são contabilizados nas vendas? também não podemos esquecer que hoje em dia “infelizmente” o mercado digital é capaz de ser superior ao “retail”, no qual por exemplo 1 é portador de uma conta e partilha com amigo e ambos têm o mesmo jogo, 1 jogo para 2 consolas ! E nesse aspecto eu acho que a xbox one tem uma aderência de 100% até porque as gestão de market é mais aberta, eles podem mudar de país sempre que quiserem e assim comprar pelos preços mais baixos, depois por exemplo no casos dos portugueses queixam-se, ah e tal a xbox não tem suporte em portugal! Simples para eles portugal não entra para as estatísticas porque NÃO VENDEU JOGOS EM PT porque a maioria compra na Argentina e afins! É por isso que eu acredito que halo 5 entre outros tenha vendido mais que o VGcharts apresenta. E Uncharted ja vendeu bem mais que 2.7 milhoes, contabilizando o mercado digital… E acredito que seja 50/50%…

  5. Luciano S. Carvalho 26 de Maio de 2016 @ 17:44

    Eu também acho que esses novos consoles não serão somente melhoria dos atuais, mas sim uma nova geração, não faz sentido tanto poder para serem obrigados a rodarem os mesmos jogos com apenas mais resolução e frames. Pelo menos é o que penso, se bem que, desde que essa geração começou, muita coisa deixou de fazer sentido.

    • Se apenas uma das marcas lançasse uma nova consola tão cedo, ela iria antagonizar os seus clientes e teria lógica que a potência não fosse a máxima possível, com contenção de custos e limitações ao uso.
      Mas quando a duas marcas pensam em lançar a coisa é diferente.
      Para mim a Neo e suas limitações morreu com o rumor da Scorpio, e o que teremos serão duas consolas novas em Dezembro de 2017, ambas sem limitações e com o máximo de performance possível.
      Esta geração terá assim 4 anos, o que apesar de curto, não é inédito!

      • Matar um produto que estava tão avançado por o Xbox vai ser quase 2 tflops mais potente?
        Discordo de você, a sony nao esta em condições de jogar dinheiro no lixo dessa forma e menos ainda para vender um hardware com prejuízos como a microsoft fará com o Xbox Scorpion de 6 tflops.
        A corrida dos próximos consoles ela vai perder em termos de potência, e isso só não foi a partir de agora por que a microsoft utilizou a verba a mais que eles tinham para fazer o kinect. Agora sem kinect, vomo eu sempre disse, o Xbox sera mais poderoso pois o dinheiro da Microsoft fala mais alto a partir de agora.
        Mas isso nao deve ser nenhum problema para quem teve o o PS1 e o PS2.

        • Estás a ver mal a coisa (o que não me admira). O dinheiro para desenvolver uma consola de topo ambas possuem. Até possuem para muito mais.
          Agora para a Sony é uma questão de sobrevivencia e para a Microsoft é apenas de orgulho.
          As próximas consolas poderão por isso ser muito caras, mas não é liquido quem terá a melhor.

        • Vc parece bastante informado pois só neste seu comentário vc assumi que a sony vem mau das pernas e que a mic vai torrar dinheiro no lançamento do xbox scorpion, sugiro debater estes assuntos que são bazeados em rumores com muito cuidado, pois as chances de serem verdadeiros são as mesmas de serem falsos, dai quando são falsos vc não gosta de ficar sendo citado em comentários que envolvem assuntos pertinentes a esse.
          Minha opinião é de que um console com este poder computacional deve sair muito caro pra produzir e mais caro ainda pra revender, pra mim o que a mic vai fazer e seguir o modelo da sony lançando um novo xbox com a mesma arquitetura do Neo só que com as suas personalizações, no final as coisas nem devem mudar muito e rumores por rumores os de antes do Xone serem lançados já davam conta de uma máquina com poder de quase 5TF com a famigerada DGPU, isso no ano de 2012, por isso digo, calma que ainda tem muita agua pra correr neste rio, saberemos mais no futuro.

      • IPhttp://www.eurogamer.pt/articles/2016-05-26-playstation-4-neo-existe-devido-ao-ps-vr

        Olha a fonte da eurogamer dizendo que o PS4 mal aguenta o VR e as performances dos jogos mais avançados são terríveis. Ate parece que a Sony vai adiar o PS4 Neo para perder o bundle com o VR e esperar até dezembro de 2017 só pra nao perder a corrida de potência.
        Esquece, no final de 2017 o Xbox Scorpion devera ter 6 meses de vida já e estar roubando os clientes do Call of Duty do PS4 por que ele sera lançado antes pois sempre foi pensado para ser uma maquina potente.
        Quanto tempo leva pra sony alterar todo seu projeto?
        A chance da Sony é colocar o PS4 Neo antes no mercado para ir fidelizando os clientes que ainda nao estão cientes de um novo e mais potente Xbox. Essa estratégia é melhor do que deixar a Microsoft sair na frente.

        • Especulações… Nada de concreto aqui! Ninguem sabe em que fase estão os projectos e nem sequer se algum dos rumores tem sequer fundamento.
          Várias fontes confirmaram a NX como 4x mais potente que as atuais consolas. E afinal… Os ultimos dados apontam que até será mais fraca. Os rumores valem o que valem.

          • Vamos esperar, eu aposto no PS4 Neo ainda esse ano. Se é questão de sobrevivência pra sony, a melhor estrategia é trazer o PS4 Neo antes, deixar pra depois é perder a proxima geração por que o Xbox sai antes.
            Se o PS4 neo ja estava definido da forma que estava e eles descobriram que o Xbox vai ser melhor, ate parece que vão cancelar tudo pra melhorar o produto e ainda lançar a tempo de não perder a corrida. A AMD contou que 3 chips estavam em fabricação. Pelo que ficou evidente nessa semana, os 3 chips são, PS4 Neo, Xbox One Slim e Xbox Skorpion.
            Sinceramente, para um produto planejado para estar no mercado em Novembro como várias fontes confirmaram, não da mais tempo de voltar pro papel sem um prejuízo milionário.
            Não estamos falando de rumores do misterxmedia, o que estamos discutindo ja envolveu gente seria da industria, eurogamer, kotaku, polygon…

        • Nesse link aí da Eurogamer que vc postou também pontua sobre a possibilidade da caixa do PSVR vir a ajudar o atual PS4, o que daria um fôlego ao mesmo.
          Sobre o Scorpion falam também ser compatível nativamente com o rift o que por si só já deixa este rumor menos credivel pois os jogos do rift pesam muito mais que os do PSVR sendo que pra poder usufruir da te tecnologia de forma satisfatória até esta configuração não seja o necessário pra rodar um game atual com gráficos de ponta a 90hz.

          • O PSVR tem vindo a ser demonstrado por todo o mundo. Milhões de pessoas já o testaram, incluindo amigos meus donos de lojas de jogos pois esteve aqui em Portugal. Alguns dos nossos leitores tambem tiveram a oportunidade de o testar.
            Não há qualquer problema com o mesmo na atual PS4, incluindo a nível de performance, agora naturalmente que quanto mais potência melhores resultados e dado que o PSVR requer 60 fps, jogos com a qualidade do Uncharted estão fora de hipoteses.
            Essa situação quando muito refere-se a limitações face às ambições do possível, mas não a problemas com o aparelho em si ou com as performances da atual PS4 nos jogos que criou para o PSVR.
            Mas quanto a ambições não precisamos do PSVR. Qualquer jogo agradece mais performance!

          • O Xbox Scorpion com 6 tflops tem a potência de uma GTX 980TI, exatamente a placa recomendada para o Oculus Rift. A placa minima é a GTX 970 de 3,5 tflops. Alem disso, a Microsoft ja possui uma parceria com a Oculus onde ela disponibiliza um controle com cada Head VR vendido. Logo, esse rumor é um dos mais credíveis.
            O rumor nao credível é sobre um Xbox de 10 tflops por 500 dolares, esse sim é impossivel.
            Outra coisa, o console de 6tflops seria realmente capaz de 4k nativos.

          • Sim… aí concordo. A probabilidade dos 6 Tflops seria baseada nessa coerencia.
            Mesmo assim a não ser que a Microsoft perca dinheiro, e aí sim, está em melhor posição que a Sony, mesmo 6 Tflops será caro.

          • Sem contar que só a GPU por ser potente (na casa dos 6TF)já vai encarecer o console, e o restante do conjunto tipo qual vai ser o processador pra acompanhar este GPU e qual a banda e tipos de memória necessários pra esse conjunto? Acredito que para essa GPU deve ser um processador de ponta e memória também afinal a intenção segundo o rumor também é dar suporte nativo ao rift, dai que vem a pergunta quanto vai sair pro consumidor final esta máquina dos sonhos dos caixistas? Tipo uns 600 obamas e ainda a mic levandro preju em cada venda?

        • O comentário do Fernando é um dos exemplos desse artigo, no início do comentário ele comenta: “PS4 mal aguenta o VR” porém no link que ele citou tem o seguinte:

          “No entanto, a fonte poderá estar a referir-se a uma altura em que a caixa externa de processamento do PS VR ainda não tinha sido apresentada, algo que foi revelado pela Sony e que ajudará a performance do PS VR nas consolas PS4 actuais.”

          E aí?

          Tão dizendo que o Sony não lançará o Neo este ano, será que ela vai projetar o Sub-Zero para concorrer com o próximo Xbox?

          • eu vi uma outra noticia de que aquela caixa é destinada apenas para lidar com o audio. Como um console que nao consegue 1080p/60 fps sem VR, vai ser capaz de o atingir no VR? Só se for com graficos de ps2 como aqueles jogos que mostraram na ps experience.

          • Grande Turismo corre a 60 fps. Star Wars Battlefront corre a 60 fps. Metal Gear Solid V corre a 60 fps. Uncharted: The Nathan Drake Collection corre a 60 fps. The Last of Us corre a 60 fps. Etc.
            Não são gráficos PS2!

          • Mas estou falando de nova geraçao. Vc colocou 2 remasters e star wars roda a 900p. Claro que ps2 foi apenas um exemplo, creio que a sony nao espera que o publico tenha se impressionado com aqueles jogos da ps experience. As pessoas esperam grafico de uncharted 4 nesse VR e isso o ps4 atual não pode entregar.

          • Eu só dei exemplos de bons gráficos a 60 fps para que se perceba que não é necessário assim tanto sacrifício. Troca Star Wars por Project Cars então! Quanto aos remasters… o grafismo supera muitos jogos da nova geração.
            E as pessoas esperam tudo… mas isso chama-se ignorância. Seja que sistema tenhas, com que potência for, nunca podes ter a 60 fps a mesma qualidade de 30 fps. É algo fisicamente impossível!

          • A sua resposta @Fabricio está na ferramenta também muito difundida na mídia gamer chamada “reprojeção temporal” a qual dobra a quantidade de fps em jogo s VR, e eu por exemplo não espero jogos VR com gráficos de Uncharted 4 pois eu tenho acompanhado a cena deste produto e sei que ele demanda muito mais trabalho pro console do que jogos normais, esses que dizem esperar jogos com gráficos de cair o queixo são os fanáticos que ficam nesta briga de plataforma, de uma forma geral eu não tenho percebido isso que vc falou não.
            Mas também não posso deixar de dizer que os gráficos do PSVR está muito bom pro que se pretende, e isso falo ao analisar os milhares de vídeos que já foram divulgados de pessoas testando a tecnologia, se não me engano o José Galvão que frequenta o PCManias já até testou alguns jogos, enfim.
            Pra vc ter uma idéia nem os jogos de PC terão gráficos de ultima geração, pois diferente da tecnologia de reprojeção da Sony os mesmos não a usam e os jogos tem que nativamente rodar aos 90 ou 120 fps.

  6. Valerio Fernandes 26 de Maio de 2016 @ 21:56

    @ Fernando

    Meu caro tenho exactamente essa gráfica e nem sonhes que a xbox scorpio se vai aproximar dessa performance, 6 teraflops lol, para já precisamente, a versão reference tem 6.4 tflops a minha strix tem 7 tflops, tu sabes quantos tflops a AMD Fury X tem por acaso? 8.5 tflops, agora explica-me porque razão essa gráfica com mais 2 teraflops em cima não é superior á 980ti? tflops não significam precisamente potencia, uma coisa te dou ja a certeza ainda não é desta que vais ter uma geração 4K, mas é que nem sonhes! Eu sei que gostas muito do mundo microsoft-xbox blá blá blá mas conselho de amigo, não te iludas porque vais ficar desiludido.

    • Valerio Fernandes 26 de Maio de 2016 @ 22:11

      Só vejo 2 maneiras de as empresas seja sony-microsoft largarem uma consola dessas com 6-10 tflops, por apenas 400-500€.
      1ª: Terem apenas placa grafica potente o resto é da “loja dos chineses”
      2ª: Material topo de gama (Tipo Cpu Zen AMD topo de gama 14nm 8 core´s não menos que 4.8ghz, GPU microchip equivalente a uma futura fury X2, RAM GDDR5 ultra rapida, etc… e perder dinheiro durante pelo menos 2 anos…

      • Na realidade certamente o GPU aqui em causa é a mesma que a Sony tem colocada na NEO. Daí que se for o mesmo chip, a diferença está na fonte e dissipador, algo que agora, face à concorrência, a Sony mudará.
        Os rumores da Neo é uma Polaris 10 com 2304 Pipelines (36 CU), a 911 Mhz.
        Ora isto dá:
        2304*911*2=4,197 Tflops
        O que a Microsoft faz é usar a mesma Polaris 10, mas na velocidade que a AMD usa nos desktops. Ou seja 1350 Ghz!
        E isso dá!
        2304*1350*2=6,2 Tflops!
        Podes confirmar o que digo nos artigos da PCManias com as especificações da Neo, e ver as da Polaris nos links de baixo (Nota que no artigo fala-se de uma versão com apenas 32 CU e não 36 como os da PS Neo (cada CU são 64 stream processors/Pipelines), mas podes ver a referência à velocidade que a AMD coloca no chip, os 1350 Mhz)
        http://www.pcmanias.com/rumor-ps4k-tem-nome-de-codigo-neo-eis-as-especificacoes/
        http://wccftech.com/amd-r9-480x-470x-specs-allegedly-revealed/

    • Eu já expliquei isso!

      Tflops significam potência e não performance. O flop é uma unidade que significa uma operação em virgula flutuante, e esta métrica é válida para qualquer sistema. Mais flops significam que o sistema é capaz de processar mais por segundo.
      Mas a performance vem do rendimento que tiras da potência. Ter 300 cavalos num Ferrari ou num mini não é a mesma coisa. O mini falha em outros pontos como a estrutura, a suspensão, a estabilidade, que não permitem que atinjas a mesma performance.
      Numa gráfica é o mesmo. No que toca ao processamento gráfico básico as Nvidia estão mais optimizadas, pelo que com menos Tflops conseguem melhores resultados. Mas quando metes a computação assincrona à mistura, viras a mesa para o lado da AMD.
      Isso quer dizer que Tflops só são uma boa métrica quando a arquitectura que estás a comparar é idêntica!

      http://www.pcmanias.com/sao-os-flops-uma-boa-forma-de-se-comparar-potencia-ou-nao/

      • Valerio Fernandes 26 de Maio de 2016 @ 22:27

        @ Mario

        Desculpa Mário, não sou propriamente um ás na matéria, mas apenas queria responder ao fernando, tentar explicar-lhe que as coisas não são assim e eu não acredito nos 4K60fps e até 4K30fps pelo menos para já ainda por cima por esse preço daqui a uns 2 anos talvez mas para já não, boa tecnologia paga-se não se oferece!

        • Para além do que dizes, o standard 4K não é ainda uma realidade nas TVs. Muita gente nem sequer está a 1080p. Querer jogos 4K é colocar a carroça à frente dos bois. Precisamos é de 1080p 60 fps e o resto são tretas!

          • Valerio Fernandes 26 de Maio de 2016 @ 22:48

            Exacto, o grande problema esta ai, ainda nem 1080p60 alcançamos, mais aqui “certo pessoal” ja sonha com 4K60…

          • Não alcançaram pois insistem em qualidade gráfica irreal para a realidade do hardware. Como a Turn 10 consegue 1080p 60fps perfeitos como música?
            Pés no chão, essa é a resposta.

    • Valério, a potência das placas graficas de PCs não são bem aproveitadas, da mesma forma que os jogos também não estão sendo otimizados para conseguir 4K nativos com configuração no ultra que é o que o povo tenta. Se as placas já são mal otimizadas para rodar em 1080p gastando muita energia, imagina 4K.
      Porém, experimenta utilizar a configuração media de um jogo não muito exigente como Metal Gear Solid V e veja se não é possivel 4K 30fps com uma GTX 980TI, na verdade ainda acho que voce consegue ir até proximo de 60fps.
      A configuração standard da GTX 980TI tem 6.05Tflops com o clock de 1075MHz. Qualquer valor acima disso, são placas modificadas pelo fabricante (Asus, Gigabyte, XFX, etc..)
      Pois bem, voltando ao Xbox Scorpio. Voce está com a mentalidade em cima da tecnologia atual e esquecendo que a AMD está prestes a estrear novos chips fabricados sobre uma arquitetura de 14NM que permitira dobrar o desempenho de uma GPU mantendo praticamente o mesmo preço. Está se esquecendo que a GPU que hoje gera 3tflops em 28NM, tera que ser tirada de linha por que a nova linha permitira ir alem de 6tflops pelo mesmo preço, pois além do menor tamanho, as novas arquiteturas permitem clocks muito mais altos indos na casa de 1400MHZ com a mesma temperatura das placas atuais em 1050MHz.
      Também não está considerando que a Sony vendeu o PS3 com prejuizo de 300 dolares por unidade por um bom tempo. Se o Xbox Scorpio de 6tflops custar 700 ou 800 dólares, o que custaria vende-lo por 400 dólares para a empresa que paga 2,5 bilhões de dolares para comprar minecraft?
      Imagina que PS4 Neo custa 400 dolares com 4,2 tflops. É um otimo produto.
      Agora imagina que a microsoft coloca um novo xbox de 6tflops pelos mesmos 400 dolares. Para o consumidor não importa se a empresa esta vendendo com prejuízos, é um produto de maior valor agregado.
      Para a Microsoft, que é uma empresa que sabe fazer dinheiro, ela não encherga o consumidor apenas com o ato de comprar o console e acabou. Para cada console vendido, existe uma assinatura da live vendida, mais uma pancada de serviços assinados, jogos etc…
      Sem pirataria, não importa perder dinheiro por unidade vendida, isso não é mais visto como perda e sim investimento, o que importará é ter mais pessoas comprando o console, que como consequência leva em mais receita na live e com jogos. A Sony demorou para perceber isso com PSN gratis e quase foi pro buraco.
      E só pra exemplificar uma coisa, sobre como 4K nativos é possível vou te dar um exemplo, ele não reflete nada que está sendo usado em mundo real mas é uma logi a valida.
      Imagina que o melhor jogo do Xbox One em termos técnicos é executado em 1080p 30fps. Ele leva o Xbox ao limite. A conta para esse desemoenho é a seguinte:

      1920*1080*30*21200

      Essa conta significa, resolução multiplicado por frame rate multiplicado por operações por pixel e resultado dela é 1,31 Tflops, ou seja, GPU do Xbox One levada ao limite. O que precisaria para reproduzir a mesma qualidade grafica em 4K ou 3840*2160?

      5,2 Tflops.

      Ou seja meu caro, um Xbox de 6tflops seria o suficiente para rodar em 4K um jogo que está em 1080p no Xbox One e ainda acresentar alguma leve melhoria grafica ou folga para um pouco de performance extra do tipo evitar quedas de frame rate.

      Agora, tenta fazer por sua conta o mesmo sobre o PS4 e o PS4Neo, 4,2Tflops nunca rodará nenhum jogo do PS4 em 4K com a mesma fidelidade gráfica.
      Isso que eu te mostrei não é nenhuma regra, mas aoenas uma equação matemática para mostrar como jogos do Xbox One podem rodar em 4K num eventual Xbox de 6tflops, sem roubar valor do console “core” que não precisaria ser deixado de lado. Obviamente, jogos em 4K nativos seria algo apenas possivel se realmente houver negligência em explorar a potencia das maquinas novas porém, o mais aceitável é que a resolução de jogos Xbox One caia para 720p e os jogos do Scorpiorodem em 1080p ou 1440p nativos com upscaling para 4K, pois isso é muito mais racional.

      • Valerio Fernandes 27 de Maio de 2016 @ 3:59

        @ Fernando

        Entendi o teu raciocinio. Mas onde quero chegar é o seguinte: neste caso a scorpio sai em 2017, ainda este ano vai sair a GTX 1080Ti e Titan P estas não com menos de 12tflops, quer dizer, em 2017 já a AMD terá outras novas graficas, a nvidia lança outras tens cá fora graficas com perto de 20 tflops, e ai sai a Xbox scorpio com apenas 6tflops (contando com a máxima optimização dos programadores da microsoft), o que achas que fazes? aqui o problema é a constante evolução dos PC´s que por sinal não para!
        E o maior mal do pessoal hoje em dia é comparar as consolas a “PC´s Gaming”, sim porque se bem lembro nos tempos de ps2 não existia esse termo que hoje tanto se vende (Republic of gamer´s, Msi gaming series, Gigabyte gaming, entre outras… As consolas são feitas para entretenimento, diversão, party-chat, exclusivos e claro os jogos multi-plataforma não podem escapar visto que são os que vendem mais porque vendem em mais que uma plataforma ora seja a playstation ora seja xbox certo? Os PC´s por outro lado são caros e nem toda a gente gosta de keyboard-Mouse e por isso optasse por uma consola porque simplesmente é mais “Cómodo”, o PC é para entusiastas e o grande problema é: O PESSOAL DAS CONSOLAS QUERER SER ENTUSIASTA TAMBÉM! Não podem ter as duas coisas PONTO.
        Porque para isso as consolas seriam obrigadas a fazer upgrade de 2 em 2 anos para acompanhar os PC´s do Século XXI !
        Agora em relação a Xbox estar no estado que está é graças as politicas deles, desde Bill Gates saiu de lá aquilo deu um estouro, é só martelos a trabalhar ali, portanto mesmo que perdam milhões e milhões de € com a Xbox Scorpio e que seja extremamente potente nunca vai ter sucesso que a X360 algum dia teve, eram outros tempos…

        • Além de toda esse debate sobre TFs e preços eu adiciono o tema “Ex-Exclusivos” que a Microsoft implantou nesta geração. Numa situação ipotética em que a Mic lance o Xbox Scorpio quais seriam seus atrativos? Exclusivos não seriam, pois quase sua totalidade já sai pro PC e este que vai estr a altura do lançamento do Xbox na ksa dos 20TF, agora imagina como ficara estas diferenças nos jogos, alem disso a live no PC é grátis e os jogos mais baratos, dai temos o controle que é totalmente compátivel, o que restaria de de atrativos ao Scorpio? Pergunto em relação as plataformas concorrentes como Nintendo NX, PS4K e PC.
          Eu como jogador de consoles venderia meu Xone e compraria o Scorpio, faria o mesmo com o PS4 e compraria o 4K e no tempo necessário o Nintendo NX se este tiver algo mais que o Wii U, mas os jogadores que tem PC, teriam motivos pra comprar o Scorpio? São várias perguntas que eu gostaria que os colegas debatessem comigo.

          • Na minha opinião a MS já sai do ramo console e cria as Windows Machine, já que a plataforma principal é Windows.

          • Vocês os dois tocaram na questão em cheio 🙂
            Vejam o artigo que entra esta tarde, mas vou já adiantar algumas das considerações do mesmo!

            A questão não é quem é que vai comprar uma Scorpio tendo um PC até porque conheço muito poucas pessoas com PCs de 6 ou mais Tflops capazes de computação assincrona (o que exclui as Nvidia). E certamente a consola terá um preço bem atraente.

            A questão é que isto mostra que a Microsoft decidiu isto de repente e como tal o que fez no passado foi andar à nora mais uma vez.

            Reparem:

            Para desagrado dos utilizadores Xbox One, passou os seus exclusivos para o PC para que em vez de um mercado de 10 milhões passasse para um mercado PC muito maior e com especificações superiores. Monetáriamente faria todo o sentido ao contar com um mercado largas vezes superior.

            Mas com uma nova XBox com 6 Tflops… o mercado PC quase desaparece. Se atualmente precisamos de PCs com 5 ou mais Tflops para igualar as especificações recomendadas no PC dos jogos Xbox One (Quantum Break, por exemplo pede uma GTX 970 ou uma R9-390), com a Scorpio a 6 Tflops, mesmo que a Microsoft adopte o DX 12 universal como API, precisaremos sempre de mais Tflops devido às optimizações internas dos APUs que o PCIE não oferece.
            E máquinas com mais de 6 Tflops com computação assincrona não problemática … é um mercado ultra reduzido face ao que havia antes.

            Ou seja, ao contrário do que se passava antes, não há nada compensador para o gamer PC no que toca a levar os jogos Xbox para lá! Já para os gamers Xbox perdem a exclusividade para o PC!
            Quem comprou agora PCs caríssimos com 5 ou 6 Tflops, especialmente com placas Nvidia, não será garantido que possam correr os jogos da Scorpio.

            Mas agradecia que esperassem pelo artigo e discutissem isso lá!

    • Só para acrescentar mais uma coisa, no mundo real é impossível um jogo manter a performance de pico teórica, então nenhum jogo vai manter 1,31 tflops no Xbox One, e isso é só mais uma evidência de como é possível fazer o suposto Xbox Scorpio rodar games de Xbox One em 4K, e se formos pensar como consumidor e não pelo lado técnico apenas, que é o que estou fazendo, como essa geração ainda tem pouco tempo e os clientes, inclusive eu, não estamos nem um pouco interessados em comprar um novo console do mesmo fabricante agora, é melhor que essa potência extra seja utilizada apenas para elevar a resolução dos games por pelo menos uns 2 anos e que os jogos sejam criados com PS4 e Xbox One em mente e não o contrario.
      De certa forma, para mim particularmente é bom pensar que com novas maquinas as “amarras do 1080p” serão removidas das maquinas mais fracas e poderemos ver verdadeiros saltos gráficos.

  7. Se não me falhe a memória, este rumor de consoles com upgrade foi iniciado pelos lados da gigante de Redmond, porém creio que independente de quem o lance, será uma desgraça para o consumidor, penso eu!!!

  8. Primeiro dado da semana de lançamento de Uncharted 4 contabilizados no VG Chartz. Vendas nos estados unidos. 815 mil unidades. 115 mil unidades a menos que Halo 5, o exclusivo para metrica de comparação na plataforma da Microsoft.
    A não ser que no resto dos mercados contabilizados apareçam mais 1,9 milhões de unidades vendidas, o que eu duvido pois a Europa inteira costuma representar menos vendas que o mercado dos USA, os números de unidades fisicas ficarão bastante abaixo dos 2,7 milhões divulgados pela sony nos primeiros 6 dias.
    Se isso se confirmar, é uma prova de que o mercado digital está bem forte e não duvido que hoje em dia as vendas estão quase 50 a 50.

    • Uncharted 3 vendeu mais na Europa que nos Estados Unidos. Não me surpreenderia se assim fosse com o quarto título.

      Relativamente ao que dizes, basta a microsoft desta vez trazer uma consola sem drive bluray e a ver vamos como as pessoas reagem.

      Não sei porquê mas voçês continuam a ignorar a importância dos jogos usados, algo que o digital não permite, e que quando a MS o tentou tirar aos clientes, pagou e pagou bem caro.

    • Uncharted começou a ser vendido 2 semanas antes do lançamento oficial. Isso foi noticiado e falado.
      http://www.gamezone.com/news/copies-of-uncharted-4-hit-the-streets-two-weeks-before-release-3436410
      Nesse sentido esses numeros são errôneos.
      Quanto às vendas digitais, o número que referes é presumido, apesar de não poder tambem ser desmentido. Não há dados nenhuns nesse sentido.
      Convem não esquecer que muito conteúdo, como DLC é digital e conta como venda, pelo que os números de vendas do digital saem sempre deturpados. Mais ainda, as ofertas do Live e PSN contam como vendas tambem.
      É dificil ter uma ideia exacta.

    • Pensei que vc ia pegar a primeira semana do Tomb Raider (pois é o concorrente direto) ou Quantum Break, mas não pegou a primeira semana do jogo que mais vendeu no Xone né Fernando seu safadinho.
      Outra coisa que eu acho interessante de se notar é que em alguns momentos pra vc o VGCharts não tem credibilidade já em outros ele serve pra apontar que as vendas fisicas e digitais estão em 50/50%, vai entender isso. E quanta preocupação quanto as vendas de Uncharted em, vc esperou sair dados pra elaborar uma tese em cima disso, em quanto isso eu jogo este belissimo jogo kkk.

      • O jogo vendeu 2.7 milhões na primeira semana. Números oficiais da Sony.
        O que o Fernando está a tentar perceber é a percentagem de digitais.
        A questão é que os Bundles são vendas físicas não incluídas na venda dos jogos físicos e o jogo apareceu à venda duas semanas antes do tempo. Daí que estes números pecam sempre e não se consegue concluir nada.

      • Esse lance de comparação, principalmente de vendas, sempre dá briga. Primeiro porque não se define uma métrica que seja utilizada em todos e as vendas do Uncharted foram um exemplo.

        Em um post anterior comparei U4 com QB e me disseram que não era justo pois Uncharted é uma franquia consagrada e Quantum Break era um IP novo.

        Se for comparar U4 com Tomb Raider vão alegar que o TR não é exclusivo.

        Como também não acho justo comparar U4 com Halo 5, uns acham justo pq são os mais vendidos de suas respectivas plataformas, porém não acho pois são gêneros diferentes e também pelo One ser uma plataforma quase 100% shooter, ou seja, esse gênero sempre terá boas vendas por lá (até o Fernando concordou com isso).

        Já sobre o Vgchartz já percebi isso, tem momento que ele é útil tem momento que não.

Os comentarios estao fechados.