Abertura da Xbox One S

Queres ver o interior da Xbox One S? Eis a mesma a ser aberta!

Curiosamente a abertura da Xbox One S foi uma surpresa para mim. Não esperava ver o que vi!

Por aquilo que se consegue ver, a Xbox One S possui como grande diferença face à consola original a sua nova motherboard de dimensões mais reduzidas. Porque basicamente tudo o resto se mantêm inalterado, quer o leitor de BD, quer a ventoinha de refrigeração, sendo que os mesmos são agora arrumados de forma mais eficaz no pouco espaço existente, ao ponto de ainda estar presente no interior da consola a fonte de alimentação.

E perante a enorme quantidade de espaço não utilizado no interior da caixa original, fica claro que a fonte externa ali existente só existe mesmo por questões de mau planeamento.

Eis o “teardown” da nova Xbox One S, bem como o da consola original.

 

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (10)

  1. Penso que a Scorpio já será um bicho diferente em termos de design e planeamento interno, pelo menos, tendo em conta o vídeo de introdução.

    Neste caso pelos enormes ganhos em termos de tamanho, penso que não compensaria um completo redesenhar de tudo, mas apenas o resolver de problemas do modelo original.

    • O Xbox Fat grita para ser desmontado,agora o Slim ficou menos agressivo ao meu ver para uma futura análise interna de seus componentes.E ficou muito bonito apesar de sempre preferir o design do Xbox ao PS4(os Fat)mas esse ficou muito bonito mesmo.

  2. [OFF] – Recore não está com boa avaliação no metacritic(Imprensa). Que geração é essa? Jogos com grande hype, mas quando são lançados não superam as expectativas.

    • Não acho que houve grande hype sobre Recore, mas acho que não ficou muito claro uma coisa, não é um game AAA, inclusive ele nem é vendido no preço de um AAA. Então eu não sei o que os críticos esperam dele realmente, Vi os videos do início, e me parece uma boa diversão.
      Por outro lado, vendo de quem vem as notas baixas do metacritic, não surpreende. Esses caras estão dando bastante nota baixa nessa geração, inclusive em alguns jogos que são muito bons de gameplay.
      Então não sei se eu estou ficando muito velho pra “apreciar a arte” igual essa geração que venera Life is Strange, The Walking Dead da Telltale e outros filmes interativos.

      • Concordo, Recore é um game pra se apreciar o gameplay, comprarei o mesmo pois gostei do que vi, e concordo novamente com vc Fernando daria 0 pra esses jogos que vc citou e mais alguns.

      • Concordo totalmente com você Fernando. Única coisa ruim que ouvi foi de relatos de loads demorados quando a personagem morria, mas parece ser caso isolado… Loads terríveis lembra o Dark Souls que levava uma vida, e morrer lá não é nada difícil :p

      • Pode não ser um game AAA, mas o preço vendido no Brasil tá perto de franquias conhecidas. R$159,99 contra R$199,99(Forza Horizon 3).

        PS: Só uma observação e sem querer gerar atrito com o Fernando, porém ao citar o Recore e observar sua resposta vi que tomou o posicionamento de sempre em relação a briga PS4 Vs One.

        Lembro que ao falarem do No Man’s Sky ele disse ser horrível um jogo que não é AAA ser vendido a preço de tal e ainda mais ser a decepção que foi, pois bem fui ver o preço do jogo e ele está sendo vendido pelo mesmo preço que Recore que também não é AAA(pesquisem no site https://www.zoom.com.br), sendo que pela crítica da imprensa No Man’s Sky possui nota maior que Recore, na crítica dos usuários ocorre o inverso.

        Mas o que quero abordar aqui é que não importa se é AAA ou não, se o jogo for bem divulgado pela plataforma e gerou o hype, por exemplo No Man’s Sky no PS e Recore na MS, ele deveria corresponder a altura.

        Por sorte ou por azar não criei o hype nos 2 jogos citados e nem os comprei, por isso que não dou minha opinião pessoal. Mas vendo as críticas por fora ambos não superaram as expectativas.

        Só comentei aqui porque recebi um e-mail de “ofertas” em games da loja Submarino e na lista estavam os 2 jogos.

  3. Ok, sem atritos vou colocar mimha opinião.
    O preço de Recore é 122,25, tenho o APP do Xbox em meu smartphone e acabei de fazer a consulta. O Jogo não é AAA, mas também não é Indie. Ele é um AA, uma categoria de jogos que eram muito populares na época de PS1 e PS2 mas que acabou ficando um pouco de lado com a geração HD.
    No mans sky recebeu descontos pós lançamento, talvez por desempenho abaixo do esperado ou por reclamação, pois preço de lançamento foi 199,99 e ele não é AA, ele é indie de baixo orçamento.
    Outro ponto é que ao contrário de Recore que só recebeu previews de quem jogou a demo e elogiou o combate, algo que continua sendo elogiado mesmo nos reviews do jogo completo, o No mans Sky recebeu algumas promessaa que não foram cumpridas alem de acentuada divulgação por parte da Sony, e no fim ele se tornou apenas um jogo aborrecido e monótono, além de um dowgrade gráfico acentuado, como mostra o fatidico e ilário vídeo do link abaixo:

    https://youtu.be/RvAwB7ogkik

    Por isso, o fato de saber que não acontece absolutamente nada quando se chega ao centro do universo e no fim o jogo é apenas sobre explorar planetas sem nenhum objetivo, que eu considero NMS um completo fail.

    • Para complementar…

      Preços comparados em mídia física e cujo histórico do site que repassei (zoom.com.br) No Man’s Sky teve preço inicial de R$169,00, houve uma alta e depois a baixa para R$159,00. Era só ter olhado o histórico de preços.

      Como disse anteriormente não me interessei nos 2 jogos nem agora e nem antes, não sei o que prometeram e o que cumpriram. Acho estranho jogos amplamente divulgados e que recebem baixas notas não só da imprensa, mas também de usuários finais(os 2 também são exemplos).

      Essa foi uma geração que comecei animado, pois pela 1ª vez adquiri os consoles novinhos e lacrados (antes ou era de 2ª mão ou vinham com caixa trocada, ou seja, importados de modo não oficial) e desanimei ao ver vários jogos com update Day One e não correspondendo a expectativa.

      • Eu nem considero a midia física, por que isso é desconto da loja. Eu estou considerando só preços sugeridos pela Microsoft e a Sony na loja online. No mans sky custou 60 dolares, e 199 reais sugeridos pela Sony.
        Nessa geração houve uma preocupação exagerada com gráficos, e eu acho que é isso que levou à PS4 Pro e Xbox Scorpio. Eu me lembro de na geração passada existirem vários jogos de destaque que nem em 720p chegava, por exemplo Metal Gear Solid 4 e Halo 3, dois jogos com media 94 no metacritic e nota 10 entre a maioria dos revisores de destaque.
        Eu acho que em todas as gerações, o aumento de performance foi utilizado primariamente para melhorar a experiência de jogo e os gráficos em segundo plano. Nos dias de hoje em que as pessoas julgam como lixo um jogo de console que não atinge 1080p, os desenvolvedores colocam entre os seus objetivos primários a resolução e o melhor gráfico. Em segundo plano a melhor experiencia de jogo e o resultado é isso, jogos que parecem não ter aquele algo a mais que faz a diferença.

Os comentarios estao fechados.