Acções da Ubisoft cairam 32% após anuncio do adiamento de Watch Dogs e The Crew

Como já devem saber, tanto Xbox One como PS4 irão ficar privadas de The Crew e Watch Dogs no seu lançamento em Novembro. O que não saberão é que a decisão custou muito dinheiro à Ubisoft.

watchdogs

Apesar de que tanto a Xbox One como a Ps4 irão sofrer bastante com a ausência de dois títulos bastante atractivos no seu lançamento, o impacto nas contas da Ubisoft será igualmente bastante significativo.

Watch Dogs era um dos jogos mais atractivos que estava presente nos sistemas de nova geração. Seria um jogo de mundo aberto à semelhança de GTA, mas baseado no hacking e na tecnologia, sendo um dos jogos mais reservados para ambas as consolas.

Mas com o anuncio de que o jogo teria sido adiado para Março de 2014 um revés foi dado quer à Sony, à Microsoft e aos interessados no jogo, mas também à própria Ubisoft.



Mal o atraso foi conhecido os investidores da Ubisoft fizeram sentir o seu desagrado pois junto com o anuncio a empresa apresentou uma previsão de contas onde as vendas desciam cerca de 400 milhões, um valor de cerca de 30% do total de vendas anual da empresa.

Dado que Raiman Legends e Splinter Cell: Blacklist ficaram abaixo do esperado, com a empresa a falhar o período de natal com estes dois títulos as acções na bolsa movimentaram-se. E a realidade é que à hora de fecho das bolas, no dia do anuncio, as acções tinham caído 26%, com a queda máxima a ser de 32%.

Com esta situação a Ubisoft prevê fechar o ano fiscal com prejuízos entre os 40 e os 70 milhões de euros.

Fontes: Gameindustry.biz, Bloomberg



Posts Relacionados