Afinal a Microsoft não terá fechado apenas 2 estúdios… mas sim 7 (ou 8?)!

Uma análise ao website da Microsoft revela diferenças face ao que estava em cache… E são muitas!

ATUALIZAÇÃO A 09/03/2016: Mais uma vez a Microsoft no seu melhor. Após as ofertas de emprego aos membros da Lionhead que foramapanhados de surpresa no seu despedimento, a Microsoft parece ter reactivado a empresa. Uma visita a microsoftstudios.com mostra agora o logotipo da Lionhead de volta.

ATUALIZAÇÃO: A Microsoft deu a conhecer que os membros das equipas BigPark, Good Science Studio, Leap Experience Pioneers, Function Studios e SOTA foram inseridos em outras equipas.

O website da Microsoft teve alterações esta noite. E não foram poucas!

Atualmente visitando o microsoftstudios.com vamos encontrar o seguinte:



EstudiosMicrosoft

Mas uma visitinha à versão de cache do Google do dia de ontem, realizada às 17:24 hora Americana, revela que o conteúdo ainda ontem era este:

EstudiosMicrosoftontem

A BIG PARK, FUNCTION, GOOD SCIENCE, LIONHEAD, LXP, PRESS PLAY, e SOTA, foram removidas da lista. Desaparece ainda um oitavo logo do PROJECT SPARK que não sabemos se tinha alguma equipa com o mesmo nome associado.

Quando Phil Spencer referiu que daqui para a frente a aposta da Xbox seria menos nos Third Party e mais nos First Party, e que a criação de estúdios First Party é algo fundamental para o sucesso da empresa, eliminar 7 (ou 8) deles parece um contra senso.

É mesmo razão para questionar: Caso tenha mesmo fechado estes 8 estúdios, que raio se passa dentro da Microsoft???

Curiosamente a decisão terá sido algo repentina pois de acordo com a Lionhead, a equipa terá sido apanhada completamente de surpresa pois 5 horas antes do anuncio o gestor de comunidade da empresa postava o seguinte no Twitter.

Este desconhecimento torna-se deveras intrigante quando este foi um jogo apresentado na E3, e usado como porta estandarte do DirectX 12 e do cross Play PC/Xbox.

Na internet alguns argumentam que a eliminação destes estúdios se deve a questões de qualidade, mas essa situação parece pouco plausível. Estas equipas ou foram criadas com a supervisão da Microsoft (equipas internas), ou adquiridas pelo seu historial de qualidade. Se algo agora as impede de atingir o seu potencial, algo de mal terá acontecido que certamente não passa só pelas equipas.



Posts Relacionados