Afinal Scorpio sempre poderá ter um CPU Zen!

ZEN

Recentemente publicamos um artigo que levantava questões sobre o CPU da Scorpio face a declarações da CEO da AMD. Mas afinal as questões que levantamos podem não ter razão de ser!

Se bem se recordam, publicamos ontem um artigo que referia declarações de Lisa Su, CEO e Presidente da AMD, proferidas no passado dia 20, e que davam a conhecer que os CPUs Zen não aparecerão conjugados com os GPUs Polaris em soluções customizadas antes de 2018.

Dado que a Microsoft referiu recentemente que vários Developers já se encontravam a desenvolver jogos para a Scorpio, o que requer a entrega de SDKs, começou a discutir-se em diversos fóruns a possibilidade de a Scorpio vir equipada com um GPU Polaris.

Naturalmente tal não necessita de ser verdadeiramente assim. Os SDKs iniciais não necessitam de vir com o hardware exato da consola, mas apenas com algo que se aproxime das suas especificações. No entanto, dado que o uso de um GPU Polaris em 2017 sairia certamente muito mais econômico que o uso de um dos novos GPUs Vega, a associação das duas realidades começou a cimentar uma ideia definitiva de que a Scorpio viria equipada com um GPU Polaris.

E com esta ideia em mente, perante as frases de Lisa Su, a situação parecia problemática para a Microsoft que ficaria com problemas na escolha do CPU.

Mas na realidade partimos de um princípio errado!

Na prática, não só a escolha de um Polaris não implicaria necessariamente a remoção dos CPUs Zen uma vez que existiria sempre como alternativa uma solução não customizada fornecida pela AMD (que no entanto poderia ficar aquém do idealizado para uma consola), como de forma alguma está definido nesta fase que o GPU da Scorpio seja um Polaris.

Aliás, como a AMD deixa bem claro, os seus GPUs Vega estarão no mercado bastante a tempo de equiparem a Scorpio:

De acordo com o slide, os GPUs Vega serão, tal como inicialmente previsto, lançados na primeira metade de 2017. E com a Scorpio a ser lançada na segunda metade de 2017, isso quer dizer que este GPU poderá perfeitamente equipar a consola.

E isso quer dizer que, sem se contrariar as palavras de Lisa Su, a consola poderá vir equipada com um CPU Zen. Recorde-seque as declarações de Lisa Su apenas diziam respeito às combinações de CPUs Zen com GPUs Polaris e não com GPUs Vega, pelo que este GPU poderá não criar qualquer limitação nessa escolha.

isso quer dizer que o nosso artigo anterior pecou por um lapso da nossa parte, e como tal, as limitações ali referidas não necessitam forçosamente de existir.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (4)

  1. Este console vai ser muito forte tecnicamente.Estou ansioso para ver a qualidade de seus jogos e de Halo neste console,pois se no One já esta bonito imagina neste.Será que veremos a tecnologia das gpgpus neste console em toda sua plenitude.Pois acho eu que este console aguenta pelo menos 5 anos com as especificações fornecidas até aqui.

  2. Mas o Vega não era considerado economicamente inviável pra 2017? Agora já é possível? Não estou entendendo mais nada. Mas nem importa, venha o que vier é isso mesmo.

    • Não era inviável, mas sairá sempre mais caro que um Polaris. Daí que seria lógico pensar-se na possibilidade do Polaris em vez do Vega.
      A AMD refere que soluções customizadas com Polaris e Zen só em 2018. Mas dado que dificilmente a Microsoft usará um bobcat ou um escavator, e a alternativa do Puma+ também se mostra incapaz de manter os consumos de um Jaguar, o Zen com um Vega deve ser a solução.
      Mas pode sempre haver surpresas e a Microsoft pode ignorar os consumos e pensar só na performance.

Os comentarios estao fechados.