AMD RX-480 apresentada. Preço e performances imbatíveis!

Radeon-RX480

A AMD acaba de apresentar a sua RX-480. E face à concorrência a relação qualidade/preço é imbatível!

A RX-480 foi apresentada. Corre a 1266 Mhz com 2304 Stream Processors, ou 36 CUs, o que lhe confere uma performance de  5,83 Tflops.

Pode parecer pouco face às performances da Nvidia GTX 1080 capaz de 8,87 Tflops, mas a questão está ligada à relação qualidade preço que a AMD pretende impor.

Quando uma Nvidia 1080 custa 699 dólares, a RX-480 custa 199 (4GB) ou 229 dólares (8 GB). E isso implica que em modo Crossfire, gastando a mesma energia de uma R9-390, é possível montar-se um sistema com duas destas placas com um total de 11,66 Tflops e 4+4=8 GB, por 398 dólares, batendo a performance teórica da GTX 1080, e por menos 300 dólares.

Face á GTX 1070, o preço deste conjunto crossfire (4+4=8 GB) será cerca de 20 dólares superior, mas com performances teoricamente bastante superiores.

face à geração anterior da Nvidia, com apenas uma placa, e por 229 dólares (8 GB) as performances teóricas da GTX 980 ti ficam igualmente batidas!

Note-se que com o DirectX 12 as placas usam a memória como um somatório, cada uma apenas tendo na sua memória a parte que está a processar, não acontecendo como no DirectX 11 onde basicamente 4+4=4 pois cada placa necessitava de uma cópia da globalidade do processamento.

É certamente uma jogada de mestre na captura do mercado entrada de gama, apesar de que, com esta placa a AMD não competirá com as topo de gama da Nvidia. No entanto, caso os modelos superiores se posicionem da mesma forma face aos Nvidia, a AMD apresenta alternativas de performance extremamente atrativas por preços bastante inferiores, e isto pode ser uma dor de cabeça para a Nvidia pois o mercado entrada e meio de gama são a maior fatia do mesmo!

Teremos agora de ver Benchmarks. Tflops só são uma boa medida comparativa quando comparamos arquitecturas iguais, pelo que os Benchmarks é que poderão ditar a realidade das performances. Mas o certo é que no campo do da qualidade/preço a AMD bateu a Nvidia. Vamos agora ver na questão do preço/performance efectiva!

Consolas

No que toca aos rumores de uma PS NEO e uma Xbox Scorpio, esta placa parece comprovar a possibilidade de as novas consolas possuírem performances perto dos 6 Tflops. As caracteristicas deste chip são as que foram anunciadas no Rumor da PS 4 Neo, apesar de a velocidade de relógio aí indicada ser de apenas 911 Mhz. Mas perante o rumor da Scorpio a algo perto dos 6 Tflops, a possibilidade de ambas as marcas apontarem para o uso deste GPU com essas performances parece uma realidade pois os preços parecem permitir essa realidade sem afetar muito o preço final das consolas face aos 400 euros a que as atuais foram lançadas.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (20)

  1. Valerio Fernandes 1 de Junho de 2016 @ 15:31

    @ Mário
    Sem esquecer que crossfire não significa o dobro de potencia e que nem todos os jogos o suportam…
    Desde quando uma R9 480X tem a performance de uma 980Ti? essa não entendi, so for na teoria porque na pratica é “perto” de uma 980.
    Eu tenho uma 980ti, não estou de forma alguma defende-la, mas entendo que o preço dessa R9 480X é aliciante mas cá em PT podes acrescentar-lhe mais 100€em cima que será 300€! E sim menos 10fps menos 20 que a 980ti esta ganha em preço-qualidade, mas não está no mesmo patamar, ainda tem que comer mais uns danoninhos 🙂 talvez a R9 490X! Engraçado é que AMD mesmo lançando 1-2 anos depois não consegue acompanhar a Nvidia nos modelos high-end!

    • A 980 Ti tem uma performance teórica de 5,63 Tflops, o que significa que a 480 tem uma performance teórica superior.
      Quanto aos 100 euros, na realidade há um aumento sim, mas percentual face ao preço base. É uma regra que se aplica igualmente às Nvidia e dado que estas são mais caras, em maior proporção, daí que as comparações em dólares não deixam de ser válidas.
      De resto estamos a falar de performances teóricas, não de performances reais pois não há ainda benchmarks, pelo que não sei onde foste buscar os 10 fps a menos.
      O único benchmark apresentado pela AMD, que pode ser tendencioso e por isso não o referi, mostra duas 480 a baterem a GTX 1080.
      http://cdn.wccftech.com/wp-content/uploads/2016/06/AMD-Radeon-RX-480-Ashes-of-The-Singularity-635×357-635×357.jpg
      Mas para o caso prefiro falar, para já das performances teóricas, até porque se for 10 fps por uma diferença monetária tão grande face à 980 Ti, compensa bem!

      O importante é que se fores ver as percentagens de mercado, o High End é uma quota bem pequena. A maior parte da fatia do mercado tem GPUs menos potentes que a PS4, e o grosso do mercado é o low e o medium end.

      A 10/08/2015, uma análise às estatísticas do steam revelava que apenas 34% dos utilizadores Pc corriam jogos a 1080p. Um dos motivos do sucesso das consolas!
      https://i.imgur.com/ORbIMwd.png
      https://blogjob.com/oneangrygamer/2015/08/only-34-of-steam-users-run-their-games-at-1080p/

      Nesse sentido a AMD fez uma excelente jogada, pois a sua aposta é nas entradas e no meio de gama, onde a Nvidia não tem agora preços para competir.

      Com o grosso do mercado a definir a base de programação, ter uma Placa de topo, tal como sempre acontece nos lançamentos, apenas significa que o jogo correrá a 200 fps, como a 1080 fez com o Doom. Mas o certo é que um GPU que com a mesma qualidade corra a 60 fps terá os mesmos resultados. E jogos pensados para as placas high end não terás pois eles não tem uma quota de mercado compensadora.
      Agora, com o Medium End (onde se enquadra a 480) com 5,87 Tflops, haverá um salto qualitativo nos jogos mas que não acontecerá assim tão rapidamente pois as placas ainda não estão implantadas no mercado.

      Naturalmente, o sucesso da AMD depende das performances na média dos jogos, não em um ou dois, e até acredito que possa perder para a Nvidia. Mas com estes preços, a questão é que isso é irrelevante pois por 400 dólares e duas placas ficam com níveis de performances que a Nvidia oferece com 700 dólares.

      Sim, um frame é um frame, mas depende do custo do frame. E mesmo que tenhas mais 30 fps na 1080, em cima de valores que para esta diferença serão sempre elevados, por mais 300 euros são 10 euros por fps… Pessoalmente, até porque saem novas placas a ritmos elevados, prefiro gastar esses 300 euros mais tarde.

    • Bate no custo beneficio e em ser mais qualificada para a nova geração de APIs, Directx 12 e Vulkan. Provavelmente em algum futuro jogo da Dice essa RX-480 empate ou até bata a GTx 980 TI por uma pequena margem.
      Mas essa placa não é a 480x, ela é a 480. A 480X terá 40 CUs, isso na velocidade de 1350MHz vai entregar uns 6,9 Tflops, superando a 980 TI na teoria.
      Mas essa história de que ela não consegue superar as Nvidia em performance teorica não é verdade. A Fury supera a 980 e a 980TI de uma só vez. A Fury-X e a Nano nem se falam então.
      A única que a AMD não supera é a Titan Z, mas essa placa é surreal, tanto em preço quanto consumo de energia e desempenho. Precisa ser alguém muito retardado mental para comprar isso.
      O problema da AMD não é hardware, é o software. Os drivers da Radeon são muito abaixo dos drivers da Geforce.

      • Valerio Fernandes 1 de Junho de 2016 @ 18:30

        @ Fernando

        Que percebes tu de graficas?
        Só estas a dizer asneiras….

        • Está a referir-se às vantagens da programação dedicada nas consolas, a qual já desde o inicio da geração têm invertido as coisas para o lado da AMD no quesito performance. Uma coisa são teraflops, os quais são um ponto importante mas não conta a história toda, outra é teres hardware completamente dedicado a desempenhar algo, enquanto noutras placas o tens emular por software. É a isso que ele se está a referir e não está enganado.

          E como se tem vindo a repetir exaustivamente, com os videojogos a serem pensados para a computação assíncrona e com programas que usem essa característica específica do Hardware a nVidia perde.

          O que a tem aguentado até agora foi o GameWorks, mas isso é como lutar contra a maré…

          A mim cheira-me que agora mais que nunca, a nVidia está interessadíssima em fornecer GPUs para consolas. Aliás esta redução de preço na apresentação da 1080 e da 1070 aponta para isso mesmo.

        • Por tudo que voce tem falado nesse artigo até agora, certamente entendo bem mais do que você.

      • Obrigado pelo toque. Corrigi o artigo pois por lapso referi que era a 480X.
        A 480x poderá efectivamente ter essas especificações pois elas existem.
        Quanto às drivers, concordo, mas se tens uma AMD terás percebido que a AMD está a fazer um grande esforço para alterar isso, com drivers a serem lançadas regularmente e todas com ganhos de performances.

  2. O preço oficial do Xbox One foi reduzido para $299. Será uma queima de estoque antes de anunciar o Xbox One Slim na E3?
    Se desceram a APU do Xbox One pára 14nm, uma versão Slim poderia ser ainda mais barata que esses $299.

    • Mas os rumores não diziam exatamente que as APU’s dos atuais consoles teriam de ser descontinuados para poder dar espaço pra nova arquitetura(14nm Finfet)?

      • Os rumores fazem tanto sentido, que chegamos a este ponto… É como assumir que esta gráfica será incluída num APU para a PS4k, o que comprova as novas consolas, mas continuar a assumir que essa consola continuará com o Jaguar supostamente a causa da necessidade de mudança.

      • Os rumores diziam que iriam ser descontinuados. Não que o seriam imediatamente. Talvez se a produção se aguentar mais uns tempos seja possível fazer-se algum stock.

  3. Valerio Fernandes 1 de Junho de 2016 @ 18:48

    O que acho engraçado disto tudo é que aqui a mais de um ano e meio quando a 980ti “reinava” ninguém criticava pois esta não tinha comparação em preço-qualidade em relação as performances da titan x! mas agora simplesmente comparam-na com gráficas 2 geraçoes acima, sim foi preciso a AMD lançar 2 geraçoes (R9 3XX-Fury e R9 4XX) de graficas para igualar as “antigas” titan x e 980ti, principalmente numa etapa que as graficas pretendem evoluir muito mais que a 1 ou 2 anos atrás, pois o pretendido é o 4K!
    Agora a desculpa são as “VEGA” (suposta R9 490X e outras) então as polaris ja não sao suficientes para as “Pascal”…

    • Ano e meio? Estás confuso, a 980 Ti foi apresentada ao público na Computex 2015 no dia 2 de Junho. Ainda nem um ano de vida tem!
      A série 200 foi apresentada em 2014, logo depois das consolas, e concorreu com a série 700 da NVIDIA.
      A concorrente directa, da série Nvidia 900 é a série Amd 300, ambas da mesma geração e de 2015.
      A série Nvidia 1000 concorre com a AMD 400. Mas desta vez há diferenças. Nos topos a NVIDIA reina suprema, mas no preço/performance a AMD com a 480x está a anular a concorrência.
      Seja como for, pelos preços praticados eu não recomendo placas de 600 euros que ao fim de seis meses estão ultrapassadas por novos modelos a ninguém. Um lamborghini é melhor que um Porsche, mas quando um BMW traz a qualidade e performance que todos precisam eu deixo os outros para quem quiser derreter dinheiro.

  4. Valerio Fernandes 1 de Junho de 2016 @ 21:10

    @ Mario
    tens razão a 980ti saiu em julho-agosto de 2015, a GTX 980 é que anda ca fora desde 2014…
    vê esse video e repara que a margem não é tao grande como se fala, https://www.youtube.com/watch?v=_cnaMoEPgps
    Agora quem possui modelos personalizados de 980ti ( 1450- 1500mhz) não esta assim tao mal em relação a GTX 1080 Founders Edition! Não percebo é o alarido todo! Comprem a GTX 1080 Founders edition ou ate mesmo as custom (asus, gigabyte,msi,zotac…) cá em PT a ver se os preços fogem do normal. 800-900€… a melhor compra por performance neste caso será a 1070 founders edition 550-600€)…

    • A compra de um produto é uma escolha de cada um. Mas sinceramente, após ter visto benchmarks em jogos com uso intensivo de assync compute, e sabendo que eles está a arrancar em força e os benefícios que pode trazer, não posso de boa fé, baseando-me em benchmarks de jogos que ainda suportam o DX 11 e que nem são pensados de raiz para o DX 12, recomendar a Nvidia. Isto é o mesmo que teres um motor de jogo pensado para correr na PS3 e na PS4. Até pode ser muito bom, mas por ser benéfico não explora nenhuma das plataformas ao máximo.
      As NVIDIA possuem muita performance bruta obtida por optimização de drivers e optimização paga (o programa Gameworks),. É o seu ponto forte!
      Mas mete-lhe código genético não optimizado, e com o DX 12 puro e difícil de optimizar pois as drivers passam a ter um papel menos importante dado o acesso ao Metal e as coisas não são preto no branco.
      Sinceramente preciso de ver benchmarks das Polaris antes de me pronunciar sobre qual a melhor compra, até porque também são placas novas e com optimizações e novidades face à geração anterior, a série 300.
      Mas a nível de preços, as AMD surgiram a arrasar! E esse é um facto. Nesse aspecto compensa mais duas AMD do que uma Nvidia e só mais benchmarks é que poderiam alterar essa realidade.

      • Mário, e o custo de energia não forçaria as pessoas a comprarem nvidia?
        pois a 1080 é 180w, e o cross é 300w…

        • Repara nesta realidade. Quem tem uma FuryX já consome perto de 300w, ou quem tem uma 980 ti já consome mais de 250.
          Isso quer dizer que essas pessoas não só já tem esses consumos altos, mas possuem fontes capazes de aguentar com o Crossfire.
          Mas acredita que quando alguem compra uma gráfica aquilo que menos lhes interessa é o consumo. A performance/preço de compra vem primeiro.
          Se os benchmarks da 480 forem bons… E eu acredito que serão por causa disto:
          http://cdn.videocardz.com/1/2016/06/AMD-Radeon-RX-480-2.jpg
          A tecnologia FinFet permite um ganho de performance por watt de 1.7 vezes.
          Mas as AMD anunciam que os ganhos com as suas tecnologias podem chegar aos 2.8 vezes. Isso seria assombroso, mas certamente requer código que ainda nenhum jogo usou.
          Vamos aguardar para ver. O Marketing é muito bonito, mas normalmente muito enganoso.
          As Polaris podem ser uma decepção, apesar do preço, e só benchmarks podem mostrar o que realmente valem. Acredito que, nesta fase, a 480 sozinha fica abaixo da 1070 e 1080 da Nvidia, o que, apesar do seu preço bastante inferior a tornará pouco atractiva. Mas em Crossfire em jogos DX 12, especialmente com assync compute, baterá as duas e a preços interessantes.

          Convem é não esquecer que com o pleno uso do DX 12 as soluções de mais do que uma placa são usadas automaticamente.

          • parece muito interessante, não vejo motivo pra comprar Nvidia, e o que tudo indica, todas as empresas de console tendem a usar amd na próxima de geração… Nvidia é muito caro….

          • O preço é apenas relevante quando associado a performances. Aquilo que espero são performances baixas, mas mesmo assim muito compensadoras face ao preço. Se duas 480 baterem a 1080 por menos 300 euros, diria que a AMD acertou em cheio.

          • Há um dado curioso que a AMD deixou no ar!
            A RX-480 foi anunciada como sendo de 150 Watts.
            A GTX 1080 foi anunciada como 180 watts.
            Mas repara neste slide:
            http://i.imgur.com/JwlsbY6.jpg
            Presta atenção a como eles referem que não só mais performance, mas igualmente mais eficiência.
            É um dado que pode ser errôneo, mas que pode igualmente indiciar que 2 placas podem não gastar em Crossfire o mesmo que duas normais.

Os comentarios estao fechados.