Análise: Drift inovation X170 – Câmara para desportos.

A embalagem da X170

Quando recebemos a última encomenda de produtos para análise vinda da Insânia, um dos produtos chamou a nossa atenção, a câmara para desportos Drift Inovation X170.

Produtos que se definem como câmaras para desportos radicais há muitos, mas a Drift X170 destaca-se ao ser não só considerada universalmente como uma das melhores escolhas dentro do género, como pela adopção em grande escala e nos mais variados desportos que a mesma teve.

A Drift X170 é a versão de entrada dos produtos da Drift Inovattion. Trata-se de uma câmara que partilha todas as características das suas irmãs, apenas se distinguindo no facto de esta ser uma versão SD que filma na resolução de 720 colunas por 480 linhas.



Possui 32 MB de memória interna, com suporte para cartões SD até 16 GB, podendo captar fotos com 5 Megapixels de resolução.

Sendo uma câmara destinada a vários tipos de desportos a sua adaptação ao local onde vai ser presa pode forçar a inclinações diversas que naturalmente iriam criar uma imagem inclinada. É por esse motivo, e de forma a compensar essas situações que a lente da câmara pode rodar 90 graus, fazendo a compensação necessária de forma a manter a imagem direita.

X170+comando

Naturalmente, e como não podia deixar de ser numa câmara deste género, possui um estabilizador de imagem, que diga-se funciona de forma excelente tornando perfeitamente visíveis filmagens que se julgaria serem completamente impossíveis de visualizar face às vibrações existentes.

A câmara possui uma estrutura de borracha semi-rígida que lhe confere robustez contra impactos, e a lente é constituída por um vidro esférico resistente. Apesar de as probabilidades de a câmara cair com a lente para baixo serem extremamente diminutas a não ser se que solte do apoio, esse vidro esférico acaba por ser a parte mais exposta da câmara.

A câmara não é à prova de água, pelo que, apesar de poder aparentar, não pode realizar filmagens sub-aquáticas. No entanto a mesma pode ser submergida até meio metro de profundidade sem problemas, o que garante que uma queda casual numa zona de água não a danificará de forma irreversível.

Fornecida com vários adaptadores, este produto pode ser adaptado a quase todas as situações, podendo ser colocada em quase todo o tipo de capacetes ou mesmo óculos. Desportos como para-pente, hipismo, ciclismo, motocross, rally, sky, etc, apesar de usarem equipamento do mais diverso, podem perfeitamente adaptar esta câmara para a obtenção de imagens.

Os adaptadores, podem ser visualizados na foto que se segue, sendo de realçar a presença da fita ajustável que se torna uma ferramenta preciosa.

Os adaptadores fornecidos

Estes adaptadores são presos ao pequeno clip na base da câmara, sendo esse a base de todos os encaixes. Esse adaptador é preso usando uma rosca metálica e pode ser substituído em caso de quebra.

Funcionando com apenas duas pilhas AA, e com um consumo extremamente baixo por não possuir partes móveis de ajuste automático, filmando para o cartão SD, várias horas de filmagem podem ser obtidas de forma simples e económica, particularmente se forem usadas pilhas recarregáveis.

Uma peça que deve estar a causar curiosidade a quem está a visualizar as fotos aqui presentes é o comando remoto da câmara. Trata-se de uma pequena peça, não maior que um simples relógio de pulso, e que se prende ao corpo por intermédio de uma fita de velcro fornecida, e que serve para accionar/parar a gravação. Pode ser colocada como relógio ou, caso dê mais jeito, presa no braço ou num local qualquer da mota/bicicleta, o que o torna uma ferramenta extremamente útil e preciosa, de uma facilidade de manuseamento extrema, mesmo nos desportos mais complexos.

Os menus da câmara são extremamente simplistas, com acesso aos vídeos e fotos armazenados, configurações do vídeo, e configurações gerais (como a linguagem e as horas). Aqui, o número de vídeos e fotos armazenados são indicados no canto do ícone.

Apesar de não o termos anunciado, esta foi a câmara usada por nós para obter as filmagens que usamos nas análises aos helicópteros telecomandados da Insania.

Para esse efeito, a câmara foi presa a um capacete de ciclista, permitindo filmar-se aquilo que os olhos visualizavam, e deixando as mãos livre para o comando do aparelho.

Dessa forma, para efeitos de análise à qualidade de imagem, podem visualizar esses vídeos de seguida:



Mas apesar de sabermos que a câmara filmava com uma qualidade excelente, decidimos experimentar a mesma no terreno. E assim, apesar de não sermos adeptos de andar de bicicleta com tempo frio, lá nos equipamos, prepararamos a bicicleta, e fomos rapar o frio de Inverno, metendo a bicicleta no meio do monte. O ideal era um trajecto curto, onde não se tivesse de apanhar muito frio, nem perder muito tempo, mas que permitisse passar por terreno acidentado, terra batida, paralelo e asfalto.

E felizmente conseguiu-se encontrar um percurso que me permitia de uma filmagem só e num curto espaço de tempo mostrar todas essas situações.

Infelizmente, e após ter tido todo o trabalho de montar a bicicleta no carro e de me equipar para a levar ao local, quando vi a filmagem apercebi-me que não tinha rodado a lente da câmara de forma a adequar a filmagem à posição da mesma.

Ainda se ponderou a hipótese de nova filmagem, quer com a lente rodada, quer com a câmara presa em outro local que permitisse umas imagens mais espetaculares, como mostra a imagem de baixo, mas o tempo não voltou a ajudar e a chuva acabou por impedir tal situação.



Para não acabarmos como a pessoa da imagem de baixo, tivemos então de aproveitar a filmagem que tínhamos, editando o vídeo e rodando-o 90 graus. Essa situação criou uma imagem no formato 9:16 em vez do tradicional 16:9, e naturalmente deu cabo da resolução original da imagem, mas apesar de tal permite ver perfeitamente a qualidade do estabilizador de imagem da câmara e mostrar como a imagem permanece estável independentemente do tipo de terreno. De notar que o dia não apresentava grande luminosidade.

De referir ainda que o som da filmagem teve de ser editado, uma vez que a sensibilidade o vento e o som da vibração da câmara no volante eram demasiadamente audíveis e o único barulho existente, pelo que se tornava demasiadamente monótono.

Dada a situação de cima resolvemos inserir neste artigo dois dos milhares de vídeos feitos com esta câmara e presentes no Youtube, e isto para que possam ver filmagens que não alterem a resolução da imagem, realizadas com esta câmara.


Este produto pode ser adquirido aqui.

Análise: Drift inovation X170 - Câmara para desportos.
Qualidade de imagemwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
A qualidade de imagem desta câmara em nada fica a dever a produtos dedicados (máquinas de filmar) com idêntica resolução. É uma câmara SD que filma com toda a qualidade de um produto dessa gama, mas que possui um estabilizador de imagem que apenas se pode considerar como EXCELENTE.
Qualidade de somwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
O microfone incorporado capta som sem qualquer problema, mas a sua colocação não será talvez a melhor. O motivo prende-se com o facto de captar demasiadamente o ruído do vento, uma solução mais do que corrente nas situações em que é usada. Para além do mais, com as vibrações que a câmara pode ter o microfone capta mil e um ruídos. Este é um problema que quase se pode considerar como normal dada a versatilidade de posições em que a câmara pode ser colocada, mas que é uma pena que assim seja, isso é.
Qualidade de construçãowww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
Uma robustez excelente e com materiais macios mostram que esta é uma câmara efectivamente pensada para este tipo de actividades, e onde a queda de quem leva a câmara pode perfeitamente acontecer sem colocar em causa a integridade do produto.
Valor pelo dinheirowww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
149,90 é o preço que a Insania pede por esta câmara. Apesar de acharmos que este preço é justificado pela versatilidade da câmara, achamos que este é um preço que para uma câmara SD é algo exagerado. Não é que o preço seja muito diferente do praticado no mercado, mas apenas que achamos que poderia ser mais barata
Overallwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
Estamos aqui perante um produto de referência para desportos, e que sinceramente nos impressionou. Poderia ter tido nota máxima, mascabou um bocado penalizada na nota relativa ao preço e pelo facto de o seu microfone, em situações de uso real, captar demasiados ruídos parasitas mas, no entanto, queremos deixar bem claro que este é um excelente produto e que recomendamos. E se praticas algum desporto com amigos de forma regular, esta é uma câmara que deves experimentar.

Clique se pretende explicações sobre este simbolo e o nosso sistema de avaliação



Posts Relacionados