Apple processada por 20 mil dos seus funcionários.

20 mil funcionários da Apple juntaram-se para processar a empresa. O motivo: As fracas condições de trabalho.

Apple logo

Há quem veja na Apple uma grande empresa onde trabalhar. Mas no entanto isso não é a realidade para todos, e 20 mil funcionários da Apple na Califórnia juntaram-se para processar a empresa de Tim Cook.

Aqui não se fala de operários fabris explorados como os da Foxconn, mas sim operários efectivos da Apple, e Americanos.

De acordo com estes funcionários a Apple não os deixa descansar ou ter pausas adequadas, existindo casos onde as pessoas foram forçadas a trabalhar 8 horas antes de terem uma autorização… para comer.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

E não se julgue que estamos a falar de uma área específica da empresa. Nestas 20 mil pessoas há de tudo, desde operários de call center, a funcionários das lojas Apple e mesmo engenheiros Júniores que desenham e concebem gadgets para a Apple.

Mas a queixa não é só relativa à horas de trabalho, mas igualmente à censura. Estes empregados estão proibidos de falar das políticas de trabalho sob pena de sofrerem processos disciplinares, processados ou mesmo despedidos. E no caso de serem despedidos a Apple não lhes está a pagar as indemnizações de acordo com a lei.

Apesar de o processo não ter um valor, a perda do mesmo poderá custar vários milhões à empresa, e acima de tudo poderá dar motivos a outros com menos coragem de agir para tomarem igual atitude.

Publicidade

Posts Relacionados