As últimas novidades sobre as consolas de última geração não são boas para a Microsoft.

Queres saber como estão as coisas relativamente às novas consolas? Eis algumas novidades relativas às mesmas!

vs

Peter Molyneux critica a Microsoft dizendo que a sua apresentação na E3 foi “Muito pouco profissional”.

Peter Moulyneux é o antigo dono da Lyonhead e ex-empregado da Microsoft, sendo responsável pelo jogo Fable para a Xbox 360.

Ávido defensor da Microsoft as suas declarações surgem como uma surpresa, mas no entanto não surpreendem uma vez que reflectem o sentimento geral da comunidade gamer.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Apesar de referir que na perspectiva de consumidor apenas está interessado nos jogos, venham eles de onde vierem, e que a sua decisão de compra apenas depender de tal, Moulyneux refere no que toca ao facto de a consola ter de estar sempre online:

“O sempre online é bastante simples para mim. Como consumidor apenas me mostrem porque motivo tenho de estar sempre online e ficarei feliz com isso. Mas de momento só se percebe o sempre online para verificação da autenticação dos jogos. E isso eu não quero.

Até agora a mensagem não foi nada clara: Inicialmente era uma vez a cada 24 horas, depois foi referido que não era sequer preciso, e agora pelo que vemos é quase a tempo inteiro. Eles apenas tem de ser claros e focar-se nos benefícios e após algum tempo estaremos na mesma situação que isto” – disse apontando para o smartphone – “Ele está sempre online e nem sequer pensamos nisso.

Por outras palavras, Moulyneux não é contra o online desde que se provem os claros benefícios dessa situação. E até ao momento tudo o que a Microsoft referiu não é nada que não possa ser feito com servidores aos quais a consola só se conecta quando ligada e com o jogo introduzido. Ou seja, os benefícios face às restrições estão longe de serem evidentes.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Uma vez que na apresentação da Microsoft na E3 essa situação não foi abordada e os utilizadores esclarecidos, a conclusão é que para Peter, a mesma foi “realizada de forma muito pouco profissional

 Pré-reservas de consolas PS4 sobem a pico, e reservas de jogos esmagam Xbox One.

Se em tempos a Blockbuster (sim, a Blockbuster parece que ainda está viva… e vende consolas) veio a público referir que a Xbox One tinha batido os seus recordes de pré reservas, então agora mais felizes devem estar uma vez que as pré-reservas da PS4 após a E3, “arrebentaram com o telhado”. Segundo este retalhista ambas as consolas possuem agora um número esmagador de reservas.

Já na Amazon UK, onde a Xbox One liderava as pré-reservas, após a E3 a PS4 passou a liderar. Aliás num questionário da Amazon sobre qual a consola preferida dos seus clientes, a votação era, à data de escrita deste artigo, esmagadora a favor da PS4. Podem consultar o estado actual da votação aqui.

No que toca a jogos, no top 20 da Amazon encontramos 4 pré-reservas para a PS4, com Watch Dogs em 9º, Killzone: Shadow Fall em 12º, Destiny  em 15º e Battlefied 4 em 16º. A Xbox One possui igualmente dois títulos neste top com Forza Motorsport 5 Day One Edition em 18º e Ryse: Son of Rome  em 20º.

Gamestop alerta os seus clientes para os problemas da XBox One

Na Gamestop, uma loja de venda de jogos novos e usados, e que pode vir a ser tremendamente penalizada com as restrições de usados da Xbox One, resolveu informar os seus clientes das restrições da nova consola da Microsoft, e para tal distribui panfletos informativos com a indicação das restrições da consola, a todos os seus clientes.

Publicidade

Posts Relacionados