Fev 072012
 

Com o avançar da tecnologia aquilo que dantes era visto como mera ficção cada vez mais se torna realidade. É o caso da bala teleguiada que é capaz de atingir o seu alvo, mesmo que o atirador não tenha total precisão ou o percurso da bala seja alterado por factores diversos. E isto até distâncias até 1,6 km.

Apesar de o alcance da bala estar longe do que pode ser conseguido com snipers treinados, esta bala consegue compensar todos os factores imprevistos que possam aparecer e desviar o projéctil do alvo, e isto mesmo que o alvo se mova!

Para conseguir este feito, esta bala de baixo calibre criada pelo Sandia National Laboratories usa a mesma tecnologia das bombas inteligentes dirigindo-se para um alvo que esteja marcado com um laser,usando pequenas escamas que podemser usadas para fazer correcções à sua trajectória.

Com um aspecto que mais se assemelha a um dardo do que a uma bala tradicional, esta bala precisa de ser disparada de uma arma especial e sem estrias no cano.

Normalmente, no disparo de um projéctil normal a bala corre pelas estrias espirais colocadas no cano que causam uma rotação a velocidades elevadas, criando-se assim uma força centrifuga que ajuda a bala a manter a sua trajectória recta até ao alvo. Mas esta bala, ao ser uma espécie de avião em miniatura tem de evitar a rotação totalmente.

Curiosamente, devido à sua forma e tamanho, quanto maior for a distância que o projéctil percorre, mais certeiro se torna, o que é exactamente o contrário do que acontece com um projéctil normal.

E apesar do alcance relativamente reduzido, a empresa acredita que poderá aumentar o mesmo para valores normais ao redimensionar a quantidade de energia fornecida pela carga de pólvora no mecanismo de disparo.

Bullet Close

Publicidade

Sorry, the comment form is closed at this time.