Bateria da Nintendo Switch não será amovível.

A Nintendo parece ter optado por uma bateria não amovível para a sua Nintendo Switch!

As baterias possuem ciclos de vida curtos, e perdem capacidade com o tempo. Numa consola, onde o consumo energético é elevado e a bateria será drenada rápidamente, tendo de ser carregada regularmente, e tendo a consola usos regulares e intensos, uma esperança de vida de pelo menos 5 anos, uma bateria não amovível não parece, pelo menos numa primeira análise, a melhor das escolhas.

Tendo já lidado com várias consolas portáteis ao longo da visa, recordo-me particularmente dos tempos onde a DS era um vicio onde se perdia horas e horas com a mesma. E nessa altura tanto eu como os meus amigos que tambem a possuiam tinhamos sempre duas baterias, uma em carga e outra a uso, até porque ficar sem bateria nas sessões de jogo com amigos, ficando a ver os outros jogar por largos períodos de tempo, para carga da bateria, não era algo que interessasse aos participantes.

Mas na sua próxima portátil, a Switch, a Nintendo vai optar por uma bateria não amovível. Pelo menos isso é o que o website Engadget nos refere quando analisou os pedidos de certificação da consola à FCC!

Se é verdade que a maior parte dos tablets sofre do mesmo tipo de problema, estes produtos não são vendidos como dedicados a jogos. E nem sequer os jogos são feitos a pensarem em puxar o máximo pelo seu hardware. Eles são pensados para correr numa variedade de hardware grande, e como tal há sempre sub aproveitamento de performance dos sistemas mais potentes, que se traduz em menor consumo de bateria.

Naturalmente a troca da bateria não fica impossibilitada, e em caso de problemas com a mesma, esta poderá ser substituida em centros de reparação. Mas no que toca a ter uma bateria pronta para a troca quando quisermos fazer longas viagens sem levar a dock, isso parece estar fora de hipóteses.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (3)

  1. Bateria não removível = mais ordens de serviço nas assistências técnicas autorizadas*** = mais solicitação de bateria para reposição = mais $$ para a Nintendo e/ou empresa parceira por fabricar a bateria = mais uma notícia ruim para quem gosta de games.

    *** Teoricamente, pois assim como o mercado cinza para a venda de consoles também temos pontos de assistência não oficiais(sendo uma minoria bem melhor que os pontos autorizados)

    • Atitudes como essa da bateria não removível do nintendo Switch nunca são tomadas para a comodidade do consumidor. São pensadas visado apenas mais lucro.
      Essa matéria me fez lembrar do caso do PS Vita que tinha um hardware muito bom e também tinha bateria fixa, ultilizava cartões de memória caríssimos que eram fabricados somente pela Sony, usava um cabo para transferência de dados que não era USB que já era padrão no mercado. Nada me tira da cabeça que essas atitudes atrapalharam o sucesso do PS Vita. As vezes com a ganância exagerada das empresas o tiro acaba saindo pela culatra.

  2. o real problema mesmo e a vida util da bateria, mas contando que o switch use um usb-c, carregar powerbanks ja e um costume das pessoas atualmente.

Os comentarios estao fechados.