Battlefront: Rogue One X-wing Vr Mission – das melhores experiências VR de sempre.

Traduzir as sensações do VR em palavras é complexo. Nem sequer as imagens conseguem fazê-lo e uma imagem vale mais do que mil palavras. Mas podemos tentar, e se dissermos que esta missão VR incluida em Battlefront é a melhor experiência VR alguma vez criada, não devemos estar muito longe da verdade. E se és fan de Star Wars… vais-te mesmo passar da cabeça pois pela primeira vez… Tu estás lá!

Jogar VR em jogos com cockpits… WOW. E se for com um cockpit realista a coisa vai a outros patamares.

Ver um cockpit na TV é uma coisa, mas vê-lo à tua frente, ao teu lado, à tua volta, e vê-lo a mexer realisticamente, podendo interagir com ele, é algo completamente e radicalmente diferente.

Basicamente o cockpit, que nos jogos apenas quase serve para ocupar ecrã, ali ganha uma nova dimensão. O cockpit é o elemento que te emerge no jogo, e é ele que te transmite a sensação de estares efectivamente lá!

Ora a Criterion e a EA conseguiram aqui um feito com esta missão gratuita para Battlefront, e com ela criaram dos melhores, se não mesmo o melhor dos cenários que se pode criar em VR. É realmente algo fantástico!



A missão não é muito longa. Dura cerca de 15 minutos, e coloca-nos no corpo de um piloto rebelde do universo Star Wars. Mas aqui, colocar no corpo assume outra dimensão, pois um,a vez no jogo… vocês estão mesmo no corpo desse piloto. Olhem para baixo e vejam, pois o vosso corpo está mesmo lá!

Mas mais do que o jogo… o cockpit está lá! A 3D, com corpo, dimensão e com ecrãs e botões plenamente funcionais. Olhem pela janela e vejam o espaço, movam a cabeça e ela acompanha. Espreitem e o pormenor é revelado, e olhem para trás… e uma unidade R2-D2 está lá!

Star Wars Battlefront Rogue One X-Wing VR Mission 3

Tudo aqui se passa na primeira pessoa, e com todos os botões do cockpit ao vosso comando para brincarem. Muitos não fazem grande coisa, mas podem abrir e fechar as asas do vosso X-Wing, mudar o modos de tiro, e mesmo chamar a mira que Luke Skywalker usou no bombardeio na trincheira da estrela da morte.



Aqui as mãos da personagem não se movem e mantêm-se agarradas sempre ao joystick de voo. Mas focando a visão num botão um indicador de que o mesmo pode ser pressionado aparece, e carregando no X do controlador… Ele funciona!

Star Wars Battlefront Rogue One X-Wing VR Mission

 

A facilidade no controlo do X-Wing é quase imediata. Mas a vossa cabeça pode ficar um pouco confusa com o movimento da nave! Algo que, se fores um fan de Star Wars, rapidamente controlas pois a vontade de viveres mais daquilo que estás a experimentar naquele momento torna-se gigante!

Depois, mal a acção começa… estás no espaço. Teas a frota rebelde, tie-fighters e mesmo um encontro com um Star Destroyer.

Star Wars Battlefront Rogue One X-Wing VR Mission 9

Mas o realismo do cockpit não pára aqui. As luzinhas acendem, os paineis funcionam, podes activar os escudos, e quando levas tiros, saltam faiscas e fumo dos paineis. É o realismo ao extremo! Está fantástico!

Se Battlefront já me tinha fascinado pela qualidade gráfica e o facto de ser o mais próximo que alguma vez poderia estar no universo Star Wars, esta missão vai mais longe. Aqui posso dizer que eu fui mesmo um piloto da aliança rebelde, e estive mesmo numa batalha com um caça X-Wing. Pode parecer incrível, mas é mesmo assim! É o VR ao seu melhor nível, e a conseguir efectivamente levar-nos para dentro do jogo!

Esta é a malhor experiência VR que vivi até hoje, e ao mesmo tempo que me ajudou a concretizar um sonho de criança, o de estar dentro do universo Star Wars.

Agora só falta pedir que a Criterion e a EA façam um jogo completo baseado nesta demo. Porque certamente eu compraria!

PS: Esperem mais artigos sobre o VR. A experiência é indescritível e algo verdadeiramente único. 



Posts Relacionados