Bioshock desapareceu da App Store mostrando o problema da cópia digital.

bioshock

O sucedido a Bioshock mostra bem as desvantagens do digital, bem como as plataformas móveis ainda não são uma verdadeira alterativa às consolas.

Uma das realidades das plataformas móveis é a sua constante evolução. E se tal pode parecer algo de bom, tem igualmente muitas desvantagens.

A fragmentação do mercado é uma delas pois devido à evolução aparecem milhares de produtos, muitos deles com qualidade e potência, com versões antigas do sistema operativo e que se mostram incapazes de correr o software mais recente.

Acresce ainda que nos casos onde a fragmentação é menor, como é o caso dos produtos Apple, a mudança de versão do iOS cria incompatibilidades que requerem alterações ao software.

E isso aconteceu com um dos mais aclamados jogos lançados para as plataformas móveis, o Bioshock.

Bioshock foi aclamado pelas grandes semelhanças apresentadas com o jogo original para o Windows e consolas de anterior geração, criando um volume de vendas elevado. Mas quando a versão 8.4 do iOS foi lançada em Julho, o jogo pura e simplesmente deixou de funcionar, criando uma onda de queixas. Uma situação de mudanças radicais no sistema operativo bastante comum nos dispositivos móveis e que não acontece nas consolas.

Dado o sucedido o jogo precisava de alterações, mas a 2K China, responsável pela versão mobile do jogo não chegou a avançar com qualquer patch, o que tornava o jogo num acumulado de dados inúteis que se limitavam a gastar espaço.

Até que a situação teve um desenvolvimento inesperado: O jogo foi retirado da loja!

Se por um lado tal impede pessoas destraidas de comprar um jogo que não funciona, a realidade é que o jogo deixou de estar disponível também para quem o comprou, o que parece indiciar que o jogo não deverá voltar a ter qualquer atualização, ficando inutilizado para sempre.

A 2K deixou de anunciar o jogo como existente para as plataformas móveis, e o suporte recomenda as pessoas a pedirem à Apple que lhes devolva o dinheiro do jogo.

Esta situação mostra dois problemas fulcrais das plataformas móveis. A enorme evolução a que estão sujeitas que força os criadores a acompanhar com atualizações no software que, não sendo vantajosas, não existem, inutilizando o software, bem como a desvantagem da cópia digital pois agora o jogo deixa de estar disponível (quem o apagar nunca mais tem direito a ele). E isso quer dizer que mesmo que alguém tenha um dispositivo com uma versão do OS mais antiga e que queira usar, não o pode instalar lá, mesmo tendo pago por ele!

Publicidade

Posts Relacionados