California oferece 75 mil dólares a quem identificar pilotos de drones que impediram combate a incêndios

Sem dúvida algum os Drones precisam de séria regulamentação.  Na Califórnia alguns drones impediram o combate a incêndios e as autoridades pretendem dar pena de prisão a quem os pilotava.

As autoridades de San Bernadino na Califórnia estão a oferecer uma recompensa de 75,000 dólares por informação que possa levar à captura dos pilotos dos Drones que obstruiram os bombeiros de combater os incêndios com a totalidade dos seus meios em três incidentes distintos. As pequenas aeronaves controladas à distância obrigaram os bombeiros a manter no chão os seus aviões de combate a incêndios, o que causou atrasos no mesmo, e consequentemente o aumento dos danos e da propriedade destruída.

No último incidente, foram 5 drones de recreação que foram observados a sobrevoar a zona de incêndios. Os aviões e helicópteros foram forçados a circular em torno da área por 20 minutos antes dos drones se afastarem. Tal situação permitiu ao fogo atingir uma autoestrada onde mais e 20 carros acabaram incendiados.

Jorge Ramos, presidente do Conselho de supervisores do Condado de San Bernardino referiu:

No incêndio mais recente na zona norte, vimos carros e camiões a arder na estrada, vimos casas a arder, e vimos familias a fugir para salvar as vidas. Queremos saber quem estava a conduzir os drones e queremos que sejam punidos. Alguem sabe quem eles eram e essa pessoa tem 75 mil dólares à sua espera.

A Califórnia criou mesmo uma linha especial para receber informações sobre os pilotos dos drones e além dos actuais 75 mil dólares há mais 25 mil por informação sobre outros três incidentes em Julho. Um total de 150 mil dólares!

A califórnia pretende acusar e responsabilizar os pilotos por todos os danos ocorridos como consequência, dizendo mesmo que caso tivessem havido mortes como consequência os mesmos seriam julgados por homicídio.

E recorde-se que na Califórnia a pena de morte ainda está em vigor!

Publicidade

Posts Relacionados