Call of Duty: Black Ops 4 diz adeus à campanha Single Player

Nem por isso o jogo será mais barato, isto apesar de os custos de produção descerem tremendamente e o jogo online continuar a ser uma versão melhorada e com mais opções dos anteriores.

Faz já uns tempos que os rumores de que, pela primeira vez na sua história, Call of Duty não teria modo campanha.

Olhando para o historial do jogo, este tornou.se conhecido pelo seu modo campanha e apenas mais tarde se notabilizou pelo seu modo multijogador. Mas agora o modo campanha foi abandonado, algo que num jogo que recebe versões basicamente anuais, com re-aproveitamento de itens de versões anteriores, não deixa de ser um valente corte nos custos de produção, mas que não se reflectirá no preço de venda.

Apesar de tudo, é referido que quem quiser poderá jogar o jogo sozinho, o que não é exactamente a mesma coisa.

Mesmo que o jogo coloque “bots” a substituir humano, uma história estruturada é claramente outra coisa. Mas mais do que isso , por norma o modo história pode cortar nos fps e aumentar a qualidade gráfica. Este é um corte que não só abandona algo que já era tradicional, como demonstra, a nossa ver, desrespeito por quem acompanhou o jogo desde sempre!



Há quem refira que tal é a evolução… que os jogadores agora querem é jogar online. E nesse sentido todos tentam copiar PUBG e Fortnite.

Apesar que na nossa maneira de ver a coisa está mais ligada a uma descida de custos de produção e facilidade de monetizar o jogo, estas frases até podem ter razão de ser, mas pelo menos na parte que me toca, sem o  modo campanha, este é um jogo que deixou de me interessar!



Posts Relacionados

  Subscribe  
newest oldest
Notify of
Carlos Filho
Visitante
Carlos Filho

Bom dia Mário!
Sobre o debate acerca do PS5, a Eurogamer publicou texto sobre o fim de vida do Ps4:
https://www.eurogamer.pt/articles/2018-05-22-playstation-4-no-seu-final-de-vida-diz-a-sony

Ennio Rafael
Visitante
Ennio Rafael

Já joguei vários CODs, sempre os compro pelo multplayer, apenas 02 joguei a campanha e em um me arrependi de a ter jogado, perde total de tempo.
Não acho o fim do mundo o jogo vir sem campanha, mas concordo prenamente que a um corte muito elevado no valor de produção, então o jogo tem que ser mais barato, se vier pelo mesmo preço, vou pensar duas vezes em adquiri-lo.

eduard08
Visitante
eduard08

Pela logica tinha que ser mais barato, mas como tu mesmo disses-te já antes o compravas e nem sequer jogavas o modo solo e nao te importavas de pagar o preço “completo”, como tu (atenção nao te estou a criticar, cada um é livre de fazer o que quer) a maior parte dos jogadores de “Call of” o fazem
Tudo isto para mim é um pouco como as dlc, a maioria critica (por ex: pagam muito por um jogo e é como se nao viesse completo), mas o problema é que as acabam por comprar e se vende para que se proibir de tal rendimento? Enquanto houver quem compre eles vao continuar a abusar (tens a EA e as loot boxes como um bom exemplo)

Em todo o caso este ano sera quase certo o meu primeiro sem “Call of”, e pelo que vi hoje penso que me vou virar para battlefield, apos ter gostado muito de jogar o battlefield 1 o V tem de tudo para me agradar e ainda mais se for mesmo verdade que não tera o “premium pass” como antes e que so trará compras para personalizar fisicamente o personagem e que sera actualizado com novo conteudo regularmente, especialmente nas datas em que aconteceram os grandes marcos da 2 guerra mundial

Ennio Rafael
Visitante
Ennio Rafael

Bom sobre BF não aguento essa temática de I e II guerra já deu o que tinha que dá a muito tempo, chega.
Acabei de ver o preço na PSN do COD houve uma redução de 20% no preço, já é um bom começo.