Call of Duty não quer ficar atrás de Battlefield

Após uma reacção de assombro pela qualidade do motor Frostbyte 3.0 usando em Battlefield 4, eis que a Activision mostra igualmente as potencialidades do seu novo motor que usará em Call of Duty.

Há semelhança de Fifa, Call of Duty (COD) é um dos Franchisings de grande sucesso nos videojogos. No entanto, COD tem vindo a perder a batalha face ao seu competidor mais directo, Battlefield. Tal deve-se ao facto de COD usar um motor gráfico que, apesar de alterado, mostra bem a longa idade que já possui.

Assim, Battlefield 3 ultrapassou claramente e largamente COD na qualidade gráfica e na física apresentada, revelando-se um competidor à altura e que roubou grande parte do mercado que COD sempre tivera como garantido.

Agora, com a mudança de Battlefield para um motor ainda superior ao Frostbyte 2.0 apresentando em Battlefield 3, estava na hora de a Activision fazer alguma coisa pelo seu Franchising de sucesso, e renovar COD.

O resultado final é ainda desconhecido, mas a Activision resolveu mostrar algumas das potencialidades gráficas do novo motor, e as modelações que se seguem, terão de ser consideradas como assombrosas. Tratam-se contudo de modelações obtidas usando a totalidade dos recursos do motor para o efeito, algo que não acontecerá no jogo.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

No entanto, para já ficamos ainda com um pé atrás. Um jogo não vale só pelos gráficos, e a mudança de motor é uma novidade para a equipa de COD que sempre trabalhou com o motor alterado do jogo Quake 4. Aguarda-se assim mais, particularmente a visualização do jogo em si.

Seja como for, pela parte aqui mostrada, tudo parece estar no bom caminho. Vejam então as modelações:

cod1 cod2 cod3 cod4

Para mais imagens, consultem a nossa fonte.

Publicidade

Posts Relacionados