Câmara de infravermelhos permite detectar códigos em caixas ATM. E até um iPhone já pode fazer isso.

Se pagares alguma coisa com cartão multibanco é bom que deixes as teclas arrefecer. Pois ao cliente seguinte basta uma foto com um iPhone devidamente adaptado para saber o teu código.

Imagina a coisa mais banal do mundo. Vais a um supermercado, uma loja, ou uma caixa ATM. E usas o teu cartão teclando o código.

Sabias que o cliente que se segue pode facilmente, e com uma mera e discreta fotografia às teclas que usaste, saber o teu código?

Basta que tenha uma câmara de infravermelhos que pode ser adquirida para iPhone. Trata-se da FLIR ONE.

É certo, a câmara não é barata. Custa 349 dólares e vem numa bolsa para iPhone algo larga. Mas com tanta gente a usar caixas grandes para acrescentar capacidade de bateria, tal situação nem é anormal.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Mas independentemente da dimensão, o preocupante é que a câmara é tão sensível que pode roubar um pin.

Vejam esta foto tirada com a câmara:

FLIR-IR

Neste caso foram pressionadas 5 teclas, e a ordem é clara na imagem. O 5 ainda mais quente e apresentando tons de vermelho foi a ultima, logo seguida do 4, ainda com tons laranja, do 3 com tons de amarelo, do 2 já um pouco verde e finalmente o 1, já verde.

Resumidamente as teclas foram pressionadas na ordem 1,2,3,4,5.

O video que se segue mostra como facilmente e de forma discreta é possível para alguem captar uma foto do aparelho de pagamento acabado de usar.


Face a esta realidade, e sabendo que este poderá ser um problema real com que lidaremos no futuro, e que pode levar até a um rapto ou roubo no caso de uma boa leitura do código, só podemos recomendar que coloquem os dedos sobre todas as teclas, mesmo que não as pressionem, de forma a tornar a leitura inválida. Será algo que vos roubará 1 segundo mais, mas que pode fazer a diferença toda.

Publicidade

Posts Relacionados