Checkerboard rendering vs Nativo a 4K. Notas as diferenças?

O desafio fica colocado. Qual é a imagem nativa a 3840×2160 e qual a re-criada usando Checkerboard rendering! Justifica pagar mais 100 euros pela diferença?

Nota: O artigo que se segue não é uma comparação de consolas (algo que terá de ser visto caso a caso, e que envolve mais do que meras resoluções), mas sim sobre resoluções e as vantagens das mesmas na relação custo/benefício. No presente artigo nenhuma das imagens é de consola.

Acréscimo a 25/06/2017 – Apesar dos avisos de que o presente artigo apenas se destina a comparar as diferenças visuais de resoluções entre as consolas de meio de geração, face às mesmas diferenças nas consolas base, sem comparar as consolas em si, algo que não seria coerente, não só porque as imagens em causa não são de consola, mas igualmente pelo facto que não há ainda imagens comparativas das reais diferenças visuais entre a PS4 Pro e a Xbox One X, sendo que nessa comparação entre consolas a resolução seria apenas um dos factores a ter-se em conta, os nossos leitores parecem confundir as coisas, levando o artigo para uma comparação entre a PS4 Pro e a Xbox One X. E nesse sentido esclarece-se e reafirma-se:

 – O presente artigo não pretende comparar consolas, mas apenas resoluções e diferenças visuais entre imagens idênticas, mas a diferentes resoluções. As referências às consolas em causa devem-se apenas a um enquadramento com a realidade de que elas serão certamente o centro desta discussão no futuro, assim como foram no passado. A ideia do artigo passa apenas por mostrar como efectivamente a diferença visual entre 900p e 1080p acaba por ser superior à de 4K checkerboard e 4K nativos, algo que o bom senso ditaria logo à partida dada a densidade de pixels por cm de ecrã, mas que alguns se recusam a perceber alegando frases como “Ah… antes viam a diferença e agora não a veem”. E efectivamente, é isso que se pretende mostrar.. que antes se via de forma simplificada, e que agora é muito mais complicado de se perceber, colocando o desafio aos leitores a descobrirem qual é qual.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

O artigo em causa não invalida absolutamente nada do referido por nós anteriormente. que a XboxX é a consola mais poderosa do mercado, e uma compra bem mais apetecível a nível de hardware do que a PS4 Pro, sendo que esta deverá apresentar inúmeras vantagens nos jogos Multi face à consola da Sony.

Esperamos assim que o diálogo nos comentários se fixe apenas naquilo que aqui está em causa, as diferenças visuais perceptíveis entre as imagens de PC aqui colocadas. Se apesar dos alertas, não fomos suficientemente claros no texto do artigo a dar a entender logo à partida isto, pede-se desculpas desde já.

Aproveita-se aqui a oportunidade para referir a quem quiser comparar as imagens que as comparações para serem justas deverão no máximo usar um zoom de 100% se visualizadas num ecrã 1080p, uma vez que 4K possui exactamente 2x mais (100% mais) resolução vertical e horizontal (3840*2×1920 e 2160=2×1080).

Segue o artigo original:

A PS4 Pro ao aparecer no mercado permitiu que os motores de jogos fossem adaptados para passarem a suportar o checkerboard rendering usado pela consola. Os motores da Ubisoft suportam-no, o Frostbyte da EA suporta-o, e os principais motores do mercado também o suportam.

Mas agora estamos perante a Xbox One X que supostamente dará resoluções superiores à da PS4 (apesar de o nativo não ser garantido). E o debate sobre as diferenças gráficas voltam à cena. Daí que a questão da resolução volta à baila. Mas se dantes a melhor resolução estava na consola mais barata, agora isso não acontece. Daí que surge  pergunta: será que a diferença (pensando apenas na resolução) justifica os 100 euros adicionais?

A diferença entre a PS4 Pro e a Xbox One X é semelhante à diferença entre a Xbox One e a PS4, com a diferença que estas consolas trabalham a resoluções muito superiores. Será que a estas resoluções as diferenças são tão notórias como a 720p vs 1080p ou 900p vs 1080p?

Naturalmente que teremos de esperar para ver quais as reais diferenças nos jogos entre uma PS4 Pro e uma Xbox One X, pelo que este artigo não faz sentido no que toca à comparação das duas consolas, algo que não se pretendo aqui.

O que se pretende isso sim é verificar a real diferença daquilo que se pode esperar a nível das resoluções das duas consolas. Assim, partindo do principio que a situação será em tudo semelhante à que temos com as atuais consolas, mas agora a favor da Xbox, vamos analisar a situação apenas na diferença de resolução.

Mais uma vez, até porque tal não se pretende e seria completamente errado, não vejam isto como um comparativo de consolas, mas apenas de resoluções, até porque as consolas podem apresentar diferenças adicionais. Aqui a ideia é apenas ser se a mera diferença de resolução é algo justificável para comparações como o foi no caso dos 900p para os 1080p.

A realidade é que as diferenças de resolução são mais notórias quando a resolução é baixa, e onde qualquer aumento traz detalhe adicional. Trata-se de uma questão de densidade de pixels por cm face à distância de visualização. É mais fácil distinguir-se entre 640×480 e 800×600, do que entre 800×600 e 1024×768, assim como é mais fácil distinguir-se entre os 1024×728 do que os 1280×720 do que entre os 1280×720 e os 1600×900, e por aí fora. Mas com o crescendo da resolução, as diferenças são menos notórias. E a realidade é que quando andamos já perto dos 4K, as diferenças são muito difíceis, senão mesmo impossíveis, de serem detectadas, pelo menos para as dimensões mais comuns de ecrãs de TV.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Para terem uma ideia desta realidade, propomos um desafio. Em baixo temos duas imagens de PC, uma rendida a 4K  (2160p) nativo, a outra usando o checkerboard rendering exactamente como na versão final do jogo para a PS4 Pro Esta imagem é calculada a 1800p, e depois re-escalada para os 2160p,

Deveremos estar aqui perante um dos casos que serão mais comuns de possíveis teóricas diferenças que poderemos ter entre a resolução (e apenas resolução) das duas consolas de meio de geração (que neste caso seria os 1800p subidos com checkerboard na PS4 Pro e os 4K nativos na Xbox One X), daí que se solicita: Abram as imagens num novo separador e comparem! E depois digam qual é qual!

Não vamos sequer dar pistas! Vamos apenas deixar aqui o desafio particularmente aos possuidores de ecrãs ou TVs 4K que digam qual é qual! Os restantes utilizadores tambem podem dar o seu palpite colocando a imagem num programa de edição de imagem e escolhendo a opção “Tamanho Real”, e a partir daí, tentar descobrir qual é a nativa, e qual a que usa o Checkerboard rendering a 1800p, re-escalando depois para 2160p.

Argumentem referindo o que veem na imagem de diferente para que todos possam verificar. Refiro que há duas formas de saber qual é qual, mas nenhuma delas está directamente ligada à qualidade da imagem visualizada de forma normal, e que revelarei depois de existirem já alguns comentários com respostas.

NOTA: Curiosamente descobri uma bug no jogo ao olhar para estas imagens… Tentem igualmente dar com ela! 🙂

A questão final é… Se não houver outras diferenças que não a resolução, uma das imagens vale mais 100 dólares que a outra?

Apenas como comparativo eis aqui uma imagem de Ryse: Son of Rome. Tiramos a mesma imagem da versão PC a 1080p nativos e a 900p que re-escalaremos para 1080p. Recordemos que estas resoluções são discussão de 2013, e onde a imagem melhor até estava disponível por menos 100 euros.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Peguemos num pedaço como o assinalado abaixo de ambas as imagens e coloquemos lado a lado com algum zoom.

Eis o resultado (nota: a amostra usada acabou por ser um pouco mais larga que a janela acima indicada):

Não é difícil, caso abram a imagem num novo separador perceberem qual a 1080p e qual a 900p.

Mas vamos fazer o mesmo com a imagem anterior para vermos se percebemos a mesma diferença (notem que a ordem das imagens não é, necessariamente a mesma), criando uma imagem de iguais dimensões.

Qual a 4K nativa, qual a recriada? É ao mesmo nível da diferença entre os 900p e os 1080p?

Digam de vossa justiça, justificando os argumentos e como chegaram à vossa resposta.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (36)

  1. Para mim as imagens são praticamente iguais… não arrisco em nenhuma…

    • Já agora a diferença entre 1080p e 900p é notória e não tive dificuldades em identificar…

  2. Sabe porque não nota a diferença ?

    Porque o PS4 usa checkboard e o Xbox One X utiliza 4k Nativos !

    Se o caso fosse contrario importaria, seria muito notável e necessário rs..s

    Vale lembrar também que apesar do artigo falar que não ta fazendo comparações ela está totalmente explicita no artigo e vamos lembrar que as melhorias não são travadas em resolução mais sim em maior numero de FPS e melhores efeitos também então se é pra calcular coloca ai na balança também !

    • Se realmente é como diz, identifique as fotos.

      E sim, o artigo não compara consolas porque nenhuma das fotos é sequer de uma consola. E a intenção é só comparar resoluções, sendo que os avisos são já a contar com casos como este.

      Deixe por isso as piadas de parte, e se é capaz, identifique as fotos.

  3. Muito difícil ver a diferença dessa forma. Único jeito são com imagens em movimento em tv’s lado a lado. Nunca consegui ver diferença relevante no 900 p/ 1080. Mas quanto aos consoles, acho que vale mais a pena o 4k do Scorpio (isso é supondo pois ainda não vi) pois os pixels estarão lá e com o maior processamento deverá ter melhor fps possivelmente. Até o checkerboard no Scorpio deverá ser melhor pois ele deverá correr melhor de qualquer forma devido a ter um PS4 a mais de capacidade em relação ao Pro.
    Pra mim justifica pagar os 100 a mais.

    • Pra mim também justifica !

      Até porque meu objetivo é um só FPS fluido !

      Seja em 1080p ou 4k

      E se o PS4 já está dando conta o X1X vai mandar muito bem

    • Carlos
      Não tenho nada a dizer sobre o que referes, excepto que a questão aqui não são as consolas!
      Como o artigo refere por várias vezes, aqui não estamos a comparar consolas. E nem teria lógica comparar algo sobre o qual nem sequer temos ainda imagens comparativas.
      As imagens são de PC, e nem sequer das consolas. O artigo é claro nisso!
      Comparar imagens de consolas envolverá análises caso a caso. Haverá jogos onde a diferença será maior, outras menor, uns onde será apenas resolução, mas ambas checkerboard, outros onde será checkerboard ve nativo, outras onde haverá diferenças de FPS, outras onde poderá mesmo haver diferenças no nível de detalhe, na qualidade do AA, etc, etc.
      O artigo não quer por isso, e tenta deixar isso claro na primeira linha, comparar consolas! Ele quer é comparar a diferença a nível do que serão as diferentes resoluções.

      Ele foi escrito porque há quem diga “Ah, antes a 900p vs 1080p a diferença no grafismo interessava, mas agora a 4K já não interessa”. E naturalmente que quando se refere algo do género tem de haver motivos para o que se diz.
      O artigo tenta mostrar de forma clara que no que toca a resolução (e apenas a resolução, sem pensarmos em fps, em consolas, em seja lá o que for adicional a isso), as diferenças entre os 900p e os 1080p, mesmo que ambos re-escalados para a mesma resolução final de 1080p são bem mais perceptíveis do que a diferença entre os 4K checkerboard e os 4K nativos. E é só isso que se pretende comparar… nada mais!
      Em condições iguais… se a diferença de resolução só por si compensaria pagar o que ela custaria a mais.
      Eu não perguntei se a diferença de resolução compensaria a Xbox One X. Porque isso seria idiota! A Xbox One X deverá ser muito mais do que mera resolução. Tal como os jogos PS4 face à One são muito mais do que isso. Há diferenças de FPS, de AA, de nível de detalhe, variantes conforme os jogos, e nem sempre todos a favor do mesmo lado.
      Aliás o artigo nem sequer pretende dizer que não há diferenças na resolução… apenas mostrar que elas são bem menores que no caso anterior.
      Mas mais ainda… há mais um motivo pelo qual questiono a questão dos 100 euros. É que antes, a discussão era que os 1080p vs 900p se notavam, mas com a agravante que a máquina que dava 1080p era 100 euros mais barata.
      Ora. muitas vezes de acordo com a cor dos óculos, havia quem dissesse que se notava, quem dissesse que não se notava. Pessoalmente dizia que se notava pois como o artigo onde fui buscar a imagem comparativa dos 900p vs 1080p, já de 2013, demonstra, ela realmente existe e percebe-se.
      Mas agora a conversa mudou. Quem antes via diz que não vê a mesma coisa agora. Mas quem não via… agora já vê!
      A questão aqui é… e outro dos motivos do artigo, quem está a ser mais ridículo nas suas afirmações!

      De resto, mais uma vez afirmo que concordo com tudo o que dizes no comentário, e sim, imagens em movimento deverão permitir ver mais diferenças.

  4. Bom, o bug é o poste de iluminação a flutuar… Kkkkk parece estar a uns 10cm do chão.

    Sobre o 4k nativos estes são a primeira imagem.
    O checkboard está na segunda imagem, há tipo uma grainha ou um leve esfumaçado nas bordas, lembra muito um AA temporal.

    • Já as imagens de Ryse 1080p vs 900p ao abrir em uma nova aba temos 1920×960 (1.843.200 pixels) uma diferença de 230.400 para uma imagem em 1080p. E na segunda temos 1595×872 (1.390.840 pixels) uma diferença de 49.160 pixels para uma imagem a 900p.
      Com isso digo, a diferença entre 1080p e 900p e de 633.600 pixels. Não 279.560 pixels que é a diferença nas duas imagens de Ryse Son of Rome.

      • Obrigada pela chamada de atenção. A imagem 900p estava efectivamente errada por dois motivos. Primeiro porque não estava a 1600, e segundo porque nem estava re-escalada para 1080p. Ou seja, as imagens deveria ser iguais e não eram!
        Peço desculpa pelo lapso. Foi um erro com o link!
        Quanto à imagem não ser 1080p, eu explico:
        Ao contrário do caso a 4K, aqui parti do fim para o principio. A imagem comparativa apresentada em Zoom não veio das imagens anteriores, mas já existe desde 2013, sendo pertença da WCCFTECH (podes vê-la aqui, com a identificação da fonte.).
        No caso do artigo usei uma versão alterada que encontrei num fórum sem essa identificação, mas a imagem, como podes ver, é exactamente igual. O artigo em causa é já de 2013, e está aqui.
        Ora como estava a dizer, neste caso parti desta imagem em zoom para obter as imagens originais, pesquisando por elas no Google. Infelizmente apenas consegui encontrar uma versão a 1980*960, ou seja, com uma parte inferior cortada. Não é que a imagem esteja reduzida em resolução global, ou re-escalada, ela falta-lhe mesmo a parte de baixo, o que quer dizer que mantêm no resto da imagem a mesma proporção da imagem original..
        Podes confirmar isso, seguindo este link.
        Como podes ver, o link pesquisa o Google por todas as resoluções da imagem em causa que me interessava, mas a 1080p só existe a versão a 1920×960, e onde por comparação com o tamanho imediatamente abaixo, e que eu na altura, distraidamente, coloquei online em vez da imagem certa, podes confirmar. A imagem é a mesma, mas na de resolução mais alta falta-lhe um pedaço em baixo onde vês o punho da espada.
        Neste momento as fotos do artigo estão ambas a 1920*960 pois não consigo arranjar a foto em causasem o corte inferior (mas como refiro, isso não altera a proporção dos pixels. Uma imagem 1080p onde cortes um bocado, sem a re-escalares, mantêm a proporção e detalhe em todos restante os pixels), e a imagem de baixo está a 1600*900, ou seja a mesmissima proporção da anterior!

        Seja como for, não peço e nem nunca pedi que comparem as duas imagens em ecrã total, mas apenas a imagem de Zoom. Elas nem sequer são uma da Xbox e outra do PC. Elas são ambas do PC, e a ideia tanto deste artigo, como do original era apenas comparar resolução!

        Mais uma vez desculpa pelo lapso da imagem a 900p… não me apercebi dele senão tinha corrigido logo.

        • Bom abri todas as fotos em separado por isso estranhei a resolução, mas deveras as que estão juntas é que se deveria comparar, então também estou em erro.

          • Não.. ainda bem que o fizeste… apesar de tudo a ideia era recriar as mesmas condições para os dois casos. E nesse aspecto a imagem estava completamente errada e eu não tinha visto.
            Agradeço imenso o aviso!

    • Só por curiosidade, quando revelar o resultado final, hás-de me enviar um zoom da imagem nas zonas onde achas que vês isso. Porque sinceramente, não consigo ver nada que dê indícios dessa diferença!
      Esperemos é que realmente haja alguma imagem com checkerboard… ou alguma nativa 😉 quem sabe?

      • Bom acho que há sim uma nativa 4k e outra checkboard. Na corda verde e preta, no lado esquerdo o padrão xadrez está perfeito em uma e esfumaçado na outra, é um zoom de 300X mas bom está aí a diferença que consegui achar.

        • 300x? Ena ena… A ideia era, caso hajam diferenças, que se detectem a olho nú, daí que o Zoom seria quando muito apenas o suficiente para emular uma TV de maiores dimensões.
          Vou ver o que dizes… É sim, há uma nativa e uma checkerboard ;). E há um pedaço da imagem onde podes notar qual é qual, mesmo sem um zoom enorme (mas mesmo assim precisas de algum Zoom acima do normal). Daí que o que referes não é descabido (ainda não vi).
          Agora qual é qual?
          Consegues na parte em zoom ver diferenças?

        • Já vi o que dizes… há uma diferença sim senhor…
          Mas será que isso identifica qual é qual?
          Vamos aguardar por mais respostas!

  5. Engraçado quando os sonistas alardeavam que o PS4 era melhor devido resolução ser = potência bruta, ninguém neste site questionou. Muito pelo contrário, parece que a marca Sony conseguiu capturar essencialmente o que os jogadores mais desejavam?! Já tive comentário censurado aqui neste site!!! Afirmo por convicções que à Microsoft foi mais honesta em apresentar algo realmente relevante, não que eu va comprar a nova consola, mas em se tratando de potência bruta, sem hipocrisia, realmente a X é melhor, quanto ao resto o mercado dirá!!!

    • Não Daniel, nunca tiveste mensagens censuradas. Tiveste isso sim mensagens que não respeitavam as regras de participação, e que como tal não entraram. São coisas bem diferentes.
      A questão aqui volta ao mesmo. Porque motivo falas de comparações entre consolas quando o artigo só quer mostrar a diferença entre resoluções.
      Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Infelizmente mal aparecem umas linhas de texto a fazer um enquadramento da resolução com o contexto em que a comparação da resolução é feita, veem logo a coisa como um ataque.
      Eu nunca vi uma Xbox One X. Eu nunca tive oportunidade de comparar os seus resultados com os de uma Pro. Aliás 99% das pessoas não puderam fazer isso. E assim sendo, achas mesmo que iria comparar duas consolas?
      O que se compara são resoluções, e porque? Para se mostrar que entre 900p e 1080p as diferenças se notam a olho nú num ecrã grande, mas a 4K, mesmo havendo diferenças, é dificil de se perceber. Mas isto é apenas a resolução… numa consola há muito mais em causa do que apenas a resolução.
      De resto tudo o que dizes no teu comentário é 100% certo e concordo. Tens um artigo aqui na PCManias que diz exactamente o mesmo. No que toca ao hardware, a X é bem melhor que a Pro.

  6. 300x pra ver a diferença?
    Tem como dar este zoom pelos olhos?

    • Na verdade tem se estas a Jogar a 5 metros de uma TV de 60″ basta andar 2,5m e bom está ai o zoom.

  7. Não faz sentido tentar enxergar essa diferença em um monitor 1080p ou até menos. Sendo checkerboard ou nativo, tem muito mais pixels na imagem do que no monitor de quem está as abrindo. Para notar alguma diferença assim em monitores de menor resolução, é necessário um Zoom de algo como 400x.
    Estamo basicamente vendo duas imagens 1080p.
    A diferença de 900p para 1080p fica mais evidente com qualquer zoom.
    A questão é, coloque duas TVs 4K de 60 polegadas lado a lado e peça à alguém para adivinhar qual é qual.
    60 polegadas pode parecer exagerado mas não é, esse é o tamqnho recomendado para iniciar em uma experiência 4K. Abaixo disso, a sensação de superioridade da resolução só diminui e abaixo de 50 polegadas, a sensação é de que não faz diferença.
    Então, assim como o HDR, não façam julgamentos sobre algo que na verdade vocês não estão vendo.

    E a propósito, pelo que eu já vi, nenhuma das duas screenshots tem a qualidade de imagem de um jogo em 4K nativos. Pode ser a forma como a foto está no site ou o monitor que estou usando, mas eu já vi Star Wars Battlefront em 4K nativos em um PC estilo Nasa na Brasil Game Show de 2015, e tipo assim, essas imagens nem se comparam com aquilo que eu vi.

    • Isto é verdade, e digo mais não sendo o mesmo monitor lado a lado e mesma linha de ajuste, há muita diferença (as TV 4k da LG fazem milagres quando se trata de upscaling).

    • LOL Fernando. Atiraste esse valor como podias ter atirado outro, certo?
      Vou então dizer aos nossos leitores que, por favor experimentem o que o Fernando diz:
      Peguem numa das imagens a 4K, metam-no num photoshop ou Paint.
      Façam um zoom de 300 ou 400%!
      Agora olhem para o que tem no ecrã:
      Vou fazer isso no meu monitor e capturar o resultado para verem:
      Eis o resultado (o nível de Zoom está visível, sendo de 300%).
      http://www.pcmanias.com/wp-content/uploads/2017/06/Zoom.jpg
      E o que temos? Ola 8 bits… Faz lembrar o Minecraft ou de um jogo do Commodore 64! É isto que acreditas ser uma reprodução do que terás numa TV, mesmo que de 60 polegadas?
      Qual então o nível de Zoom a dar?
      Bem, vamos calcular:
      4K=3840×2160, ou seja 2*1920×2*1080.
      Basicamente isto quer dizer que precisarias de 4 monitores 1080p para dar uma resolução de 4K. Há um aumento para o dobro das linhas e para o dobro das colunas (Dobro=2x, ou 100%)
      E é então esse o Zoom que tens de dar… 100%. Nem mais… nem menos! Um zoom de 100% numa imagem de 1080p cria no teu ecrã o efeito de 1/4 de um ecrã 4K, com o dobro do tamanho! Isso quer dizer que caso uses um monitor de 20″ tens 1/4 de um ecrã de 40 polegadas, que é o que a maior parte das pessoas usa, mas se usares um monitor de 24, tens um ecrã de 48″. Se vires isto na tua TV de 32″ tens um efeito de 1/4 de 4K num ecrã de 64″, se for de 40 tens um ecrã de 80, se a TV for de 55, tens de 105.
      Agora fica o desafio… liguem à TV e façam 100% e apenas 100% zoom!

      Já agora… quanto às imagens… Elas são da EA. Foram escolhidas por eles para uma apresentação de 4K e checkerboard rendering.
      Curiosamente o Battlefront também é deles… mas as imagens escolhidas foram estas.

      • QQhttps://youtu.be/W3E5L2sOvNI

        Estou falando desse tipo de Zoom. No video comparativo dr cima é no minuto 1:25, no video da Digital Foundry de Anthem é no minuto 1:16.
        Zoom 400x, mostra nitidamente a diferença entre 4K nativos e Checkeboard no Mass Effect andromeda, enquanto parece algo granulado e sem resolução no PS4 Pro, ainda temos uma imagem quase totalmente nítida no PC. O Zoom na imagem de Anthem mostra claramente o Checkerboard em ação, provando que realmente foi uma demo rodando no Xbox One X, como a DICE confirmou.
        ja jogou Rainbow Six Siege?
        Parece bom em um monitor 720p vendo um vídeo de alimentação direta, parece uma imagem granulada e instável jogando com a saída 1080p.
        O Checkerboard, assim como as soluções que reconstroem a imagem em 1080p parecem muito nítidas em TVs de menor resolução, mas ficam granuladas, com ruídos parecendo imagens instáveis.
        É muito claro notar qual é qual na TV 4K. Eu sinto que você está julgando uma tecnologia que ainda não viu em ação verdadeiramente.
        Pensa na qualidade de imagem de jogos como Uncharted 4, sem ruído algum, tudo muito nítido, agora melhora isso em 4x.
        É inegável que o CB rendering é uma boa técnica para melhorar a eficiência de console e dar um output 4K, mas terá uma diferença mais fácil de perceber em um monitor nativo do que um jogo 1800p nativos e outro 4K nativos.

        • A imagem que ilustra este artigo mostra as diferença entre o nativo, o checkerboard e o re-escalado.
          A PS4 Pro faz checkerboard de qualidade variável dependendo da resolução que é usada como base usando grandes zooms.
          O checkerboard de Rainbow Six Siege usa os mínimos, ou seja 1/4 da resolução final. Mas pior ainda ele é usado para se conseguir 1080p. Basicamente trabalhas com resoluções baixas de 960×540 e com pouca informação para chegares aos 1920×1080. No caso da Pro a base é por norma os 1600×1800 para chegares aos 3200×1800 (ou seja não trabalhas com 1/4 mas com 1/2 da informação), re-escalando depois pelo método tradicional para os 3840×2160. O resultado final é o que foi recriado e mostrado no exemplo. Nada a ver com Rainbow Siege.
          Seja como for não se pode negar que os resultados não são “batata”, são “puré”! Aquilo é uma mixordia face ao nativo, e isso não está em causa.
          Está em causa isso sim que visualmente, mesmo com essa salgalhada, nota-se muito menos a diferença face ao nativo que os 900p face aos 1080p.
          Quanto ao Zoom, sim, quanto maior, mais diferenças terás. Mas mais uma vez o que está em causa neste artigo não é isso, é a percepção visual sem ajudas. 400% não é um Zoom realista, e o que vês num ecrã de grandes dimensões é quando muito um zoom de 100% na imagem.
          Daí para cima qualquer número serve. 200, 300, 400 ou 500 ou 1000. Se precisas deles para ver as diferenças então na prática elas não são facilmente detetaveis.
          Ah sim… mas que fique claro. Elas existem. E tanto faz ser aqui como na china, o nativo é sempre melhor!

        • Ah sim… isto é válido para imagens estáticas. Eventualmente em movimento as diferenças podem ser maiores (ou não). Mas cada artigo no seu enquadramento temporal e de acordo com os dados que existem.

  8. Na minha opinião seria também interessante avaliar o que temos em termos de hardware com os 100 usd adicionais, pois se os jogos da X utilizarem o checkerboard sobram recursos para outras melhorias que a PRO não vai conseguir alcançar, temos 6 Tflops e 12 GB de ram, e isso é incontornável, as optimizações que se fizerem na PRO vão ser sempre inferiores as que se fizerem na X, pois se o cobertor é mais curto ou ficam os pés de fora ou fica a cabeça, milagres não existem, até porque em termos de optimização de software a MS tradicionalmente leva vantagem

    • As equipas não vão entrar por aí. Infelizmente, ou felizmente, o mercado multiplataforma está interessado em algo que dê com a melhor qualidade para todos e em manter uma uniformizacão.
      Acima de tudo há que pensar que a X é uma One. Se a X correr em chequerboard a 1800p, a Pro corre a que? 1080p? E onde ficaria a One? 480p?
      A tua maneira de pensar está errada. Primeiro pensas em baixo e depois vês o que o de cima é capaz. Não vai existir esse tipo de optimização pois isto não é uma nova geração.
      Fazes o jogo para a base, e depois vês onde as consolas de cima conseguem chegar. Nada mais…

  9. Boa noite Mário, uma questão meio off topic, mas tem relação com o 4 K. Li uma matéria na Eurogamer Pt, sobre a apresentação do Spider-Man, a qual foi realizada em um TV Sony ZD9 UHD. Então essa Tv não gera os 4 k reais, pois li em um artigo aqui, sobre a impossibilidade, salvo engano, ser nas limitações do HDMI? Se ela não gera os 4k “reais”, então o que justifica o preço dela ser aqui no Brasil o de R$ 49.000,00? Não entendo Tvs que não são 4 k, mas terem preço de automóveis.

    • Estás a confundir.
      4K é uma resolução. Constituida por 3840×2160 pixels. E essa TV tem essa resolução.
      O que essa TV não tem, e aliás nenhuma atualmente no mercado tem é largura de banda para, quando tens 60 fps a 4K, passar uma informação de cor individual para cada pixel.
      Isso quer dizer que quando estás a 4K 60 fps, tems efectivamente os pixels todos, mas a resolução de cor é inferior, podendo ser 3840×1080 ou 1920×1080, dependendo da versão do HDMI.
      Isso quer dizer que a resolução não é nativa, pois tens os pixels, mas não tens a informação de cor.
      O Spider Man não pode porém apresentar esse problema pois corre a 30 fps, e com esses fotogramas esse problema não acontece.
      Seja como for, numa das TVs atuais, teres a 60 fps a X nativa ou a Pro em checkerboard é basicamente a mesma coisa pois a TV não consegue ir buscar a informação adicional total da X.

      Se custa dinheiro é porque será boa. Mas não tem ainda hdmi 2.1, isso é garantido.

  10. Desculpa Mário coloquei a pergunta no local errado, vou colar lá no outro post.

  11. Na verdade eu me perdi kkkk.

Os comentarios estao fechados.