Conferências da E3 que mais interessados tiveram foram a da Microsoft e a da EA.

Vimos recentemente num estudo que a a conferência que mais agradou aos participantes da E3 foi a da Sony. No entanto, as expectativas iniciais não eram essas.

E3conference

Mostramos recentemente um estudo que avaliava o agrado das conferências aos participantes da E3, que votariam em “Adorei”, “Gostei”, “Normal” e “Não gostei”, a Sony obteve um rácio de “Adorei” ou “Gostei” de 78%, seguida da da Bethesda com 77%. A Microsoft aparece em terceiro com 60% e a Electronic Arts em último com apenas 8%.

Num outro inquérito pela IGN e dividido em três questões (quem teve os melhores jogos, a melhor conferência e o melhor show), e envolvendo 68 mil pessoas, os resultados foram, respectivamente Sony:53%, Microsoft: 42%, Nintendo: 5% para os melhores jogos, Sony: 50%, Microsoft: 37% e Nintendo: 13% para a melhor conferência e Sony: 48%, Microsoft: 43% e Nintendo: 9% para o melhor show.

Mas curiosamente, nada disto era o que se antecipava!

Ora de acordo com o Wall Street Jounal, uma medição realizada pelo Twitch permitiu medir as expectativas de todos os que assistiram às conferências da E3, medindo as audiências das diversas conferências e avaliando assim o grau de expectativa para cada uma.

Ora o Twitch não revela qual a mais popular, mas revela os seguintes dados:

No global, as conferências foram assistidas por 21 milhões de pessoas, o dobro do ano passado. As conferências da Microsoft e da Electronic Arts foram as mais visualizadas, sendo que sem referir qual das duas teve maior audiência, se refere que as duas em conjunto tiveram 840,000 pessoas a visualizar.

Apesar de o agrado não ter correspondido às expectativas, a situação é de elogiar. A Microsoft soube criar o Hype, algo que neste mundo conta e muito. E isso será certamente o reflexo da nova postura da empresa e do excelente e bom trabalho que Phil Spencer tem vindo a realizar.

Ora Roma e Pavia não se fizeram num dia, mas certamente no que toca a construir uma grande consola que cativa os gamers, a Microsoft está agora no caminho certo! E num mercado potencial de 260 milhões de utilizadores onde apenas apenas 45 milhões estão já conquistados, há ainda muito caminho pela frente e certamente não há um vencedor antecipado!

Publicidade

Posts Relacionados