Cookies e legislação Europeia

Caros leitores

Apesar de a PCManias não dar qualquer uso aos seus Cookies, senão para o regular funcionamento do Website, o facto de usar publicidade da Adsense obriga-nos a que cumpramos com a legislação Europeia em vigor.

E nesse sentido vamos ser obrigados a colocar um aviso de que o website usa cookies e solicitar aos utilizadores a autorização explícita para os colocar.

Naturalmente esta situação não é do nosso agrado. A mesma coloca lado a lado websites que colocam cookies de forma intrusiva e abusiva, e outras, como é o nosso caso que o fazem apenas para o simples funcionamento da página, no caso, para reconhecimento do facto se o utilizador já nos visitou ou não.

No entanto, infelizmente, não temos alternativa. Apesar de o adsense ser uma fonte de receita ridícula a nível de valor, é com ele que vamos pagando as despesas que o website vai apresentado de forma a manter o mesmo activo sem custos. Daí que não pretendendo entrar por publicidades mais lucrativas, mas igualmente mais abusivas para o utilizador (a qualidade do serviço é para nós importante), abdicar do mesmo está fora de hipotese.

Nesse sentido, teremos de, até 30 de Setembro, cumprir com os requisitos da Google, e instalar um software de permissão de colocação de cookies, bem como o respectivo texto de alerta. Gostávamos porém de deixar claro que, no nosso caso, não usamos nem cedemos os cookies e seus conteúdos a ninguém, e os únicos que eventualmente o podem fazer não são colocados por nós, mas sim pela própria Google no conteúdo da sua publicidade aqui colocada.

Pedimos desculpas pelo facto, sendo que até à data em questão iremos ver as alternativas possíveis e optar por aquela que acharmos menos intrusiva no website.

Não podemos no entanto deixar de constatar a forma chocante como a Google nos trata a todos da mesma forma, acreditando que os pequenos websites possuem os conhecimentos e os meios técnicos e jurídicos dos grandes websites. Sinceramente é vergonhoso que a legislação Europeia obrigue a Google a agir desta maneira, não separando o trigo do joio, mas também não podemos deixar de criticar a Google por, ao ter noção da realidade da internet como ninguém, se limitar a aceitar e impor a situação.

Publicidade

Posts Relacionados