Criadores de God of War comparam a jogabilidade do jogo com FIFA

Não no sentido que tenhamos a possibilidade de jogar futebol, mas na forma como com o mesmo jogo, todas as partidas são forçosamente diferentes.

A Sony Santa Mónica, responsáveis pelo Franchising e neste caso pelo reboot do Franchising God of War, Veio falar sobre o sistema de combate do jogo.

Como destaque temos agora a ausência dos Quick-Time Events que marcaram até hoje todas as versões deste jogo, sendo que agora a jogabilidade é mesmo comparada com aquilo que temos num jogo como FIFA.

Basicamente o que se torna relevante reter é que a equipa refere que o jogo é o mesmo de todas as vezes que se joga. Tal como o Fifa. No entanto o gameplay não é determinista! E desta forma, tal como em Fifa, apesar de o jogo ser sempre o mesmo, cada partida será diferente da anterior, não havendo duas iguais.

Apesar de a presença do Filho de Kratos trazer uma liberdade e um storytelling mais rico, a equipa tinha já decidido que com ou sem ele se iria afastar dos quick time events. Mesmo reconhecendo-se alguma nostalgia dos mesmos por estes estarem associados ao passado do jogo.



O jogo move-se igualmente para outros campos, esquecendo as monstruosidades da mitologia grega para abraçar as criaturas da mitologia Nordica. Este será o jogo “mais brutal” da série, e tirará total partido das capacidades da PS4.



Posts Relacionados