Dados do VGChartz apontam que Halo 5 foi dos jogos Halo que menos vendeu no mercado de retalho.

halo5

O VgChartz revelou os dados relativos aos números por si recolhidos e relativos às vendas de Halo 5. E os resultados são decepcionantes.

Actualização a 24/11/2015
A Gamestop veio indicar que as vendas de Halo 5 foram uma decepção face ao previsto, revelando que no entanto, nas suas previsões, Halo 5 manteve a habitual quota de 20 a 25% de vendas digitais face às vendas em Retalho.
No entanto, o analista Doug Creutz da Cowen & Company lançou uma nota aos seus investidores referindo que na sua opinião as vendas digitais de Halo 5 são superiores ao referidos pela Gamestop.

O comunicado refere o seguinte:

Temos muitas dificuldades em acreditar que as vendas digitais de Halo 5 se mantiveram na gama dos 20-25%, como sugerido pela Gamestop.

As nossas fontes na industria alimentam a nossa crença de que as vendas digitais de Halo 5 são muito mais próximas de metade das vendas físicas do que os 20-25% que a Gamestop sugere.

Esta história pode ser lida aqui.

A realidade é que esta situação acaba por ser chover no molhado, pois não só se desconhece as vendas digitais das versões anteriores de Halo, como mesmo que vamos pela melhor das hipóteses isso não altera a realidade que este Halo, a nível de cópias vendidas, ficou bastante aquém do esperado, sendo no entanto o maior sucesso de sempre da série a nível dos lucros gerados.

— Notícia original —

A Microsoft anunciou que o lançamento de Halo 5 foi o que mais dinheiro rendeu até hoje. Mas quando demos essa notícia questionamos se dentro desse sucesso estava igualmente o de um novo jogo Halo a bater recordes de vendas. Afinal a receita não advêm apenas de vendas do jogo, mas igualmente de todo o merchandising que o rodeia, e que neste lançamento era excepcionalmente alto.


O VGCHARTS fez a sua recolha de dados junto das principais cadeias de venda Americanas e Europeias e fez uma estimativa baseada nesses números e nas fórmulas estatísticas normalmente usadas para este tipo de análises, e o valor de vendas a que chegou para a primeira semana de vendas foi de 1,457,849 unidades, sendo 930,385 vendidas nos Estados Unidos (64%), e 361,963 na Europa (25%).

Estes valores são, naturalmente, aproximados, não representando a totalidade do mundo, mas no entanto apanhando os 4 maiores mercados mundiais actuais a nível de vendas para consolas de mesa, EUA (Inclui Canadá), Reino Unido, Alemanha e França.

Neste sentido, a nível de vendas na primeira semana, Halo 5 colocar-se-ia na lista de vendas de jogos da série na posição que vemos abaixo:

  1. Halo 3 (X360) – 3.81 milhões
  2. Halo: Reach (X360) – 3.70 milhões
  3. Halo 4 (X360) – 3.66 milhões
  4. Halo 3: ODST (X360) – 2.21 milhões
  5. Halo 5: Guardians (XOne) – 1.46 milhões
  6. Halo: The Master Chief Collection (XOne) – 0.90 milhões
  7. Halo: Combat Evolved Anniversary (X360) – 0.73 milhões
  8. Halo Wars (X360) – 0.60 milhões

Apesar de não termos porque duvidar destes números que, mais mais milhar, menos milhar deverá andar perto da realidade, referimos que, a nosso ver, eles não mostram a realidade toda.

Estes resultados dizem apenas respeito a vendas de cópias físicas, excluindo as cópias digitais e cópias obtidas em bundles com as consolas. Note-se porém que os números de vendas dos restantes Halo, e acima indicados, também pecam por esse mesmo defeito defeito!

Nesse sentido, a nível de cópias físicas, parece claro que Halo 5 é a nível de vendas o pior titulo da saga principal de Halo dos últimos 10 anos.

 

Publicidade

Posts Relacionados