Detecção de voz do Kinect pode arruinar diversão em Need For Speed Rivals

A introdução de novas tecnologias traz igualmente novos problemas. E apesar de as situações virem a sofrer actualizações e correcções ao longo da vida das consolas, na fase inicial elas podem mesmo arruinar a jogabilidade.

NFS

Achei curioso quando li na Wired um artigo de um dos seus colaboradores habituais que referia como o Kinect estava a estragar a experiência de jogo do Need for Speed Rivals.

Segundo Ryan Rigley este refere que os controlosd e voz do Kinect estão a necessitar de uma maior afinação, uma vez que estes estão a arruinar o jogo.

Ainda de acordo com esta pessoa, ele estava na sua sala de estar com um amigo e ambos estão em franca cavaqueira com a migo a jogar Need for Speed Rivals na Xbox One. Mas ao que tudo indicava o amigo estava com problemas pois quando estava a alta velocidade na pista, o mapa aparecia vindo do nada levando a acidentes e à perda das corridas.



Inicialmente Ryan pensava que era o amigo que estava acidentalmente a chamar os menus nos botões do controlador, mas quando foi a sua vez de jogar o mesmo aconteceu com ele, e sem pressionar qualquer tecla.

O culpado foi então descoberto: O Kinect.

Segundo Ryan, o Kinect está sempre atento a comandos de voz e o jogo permite aceder a determinadas funções sem tirar as mãos do controlador. O problema era que na sua amena cavaqueira com o amigo, o Kinect estava a interpretar determinadas frases como comandos, e desta forma a arruinar o jogo.

Por exemplo, o comando “Look around” faz a câmara dar uma volta completa de 260 graus em torno do carro, o que impossibilita a condução correcta durante esse período.  E sem pedidos de confirmação dos comandos ao ser pronunciada esta frase a rotação da câmara é iniciada.

Da mesma forma o comando “Open map” é usado para aceder ao mapa. Mas o problema é que o Kinect não requer que o comando exacto seja proferido, send0 que qualquer frase ligeiramente similar ao comando é interpretada como o mesmo.

Por exemplo, em vez de “open map” se for dito “ropin’ spal” ou “pokin’ lap”, ou mesmo “The Kinect is a piece of crap” (frases do próprio), o mapa é aberto.

Isso quer dizer que numa conversa constante, aparecem dezenas de situações onde os comandos são mal interpretados, e o jogo não permite desligar os comandos de voz, forçando o Kinect a ser desligado.

Há mesmo queixas de pessoas onde o Kinect apanha os diálogos dos próprios jogos e interpreta-os como comandos do jogador.

Naturalmente esta é uma tecnologia muito jovem e que será melhorada. Daí que esta situação não deve nem pode ser encarada como uma crítica mas sim como uma situação normal e típica de uma tecnologia que necessita maturar, mas que não deixa de ser um pouco caricata.



Posts Relacionados