DirectX 12 – Compatibilidade com hardware antigo, novo hardware e ganhos na Xbox One

Mais novidades tem vindo a surgir sobre o DirectX 12, e com elas percebemos que, futuramente, novo hardware deverá ser necessário, e quais os ganhos que a Xbox One/PS4 podem ter com o novo API.

directx-logo-2012-download-games-free

Antes do mais vamos começar por aquilo que já todos deverão estar a pensar. Mas que raio está a Playstation 4 a fazer mencionada no parágrafo introdutório deste artigo, se o DirectX é exclusivo Microsoft?

Pois bem, como já referimos antes, o DirectX 12 não vai requerer novo hardware para correr. E assim sendo, todos os ganhos que o mesmo apresentará serão baseados em optimizações por software que tornarão este API de baixo nível, e com menores sobrecargas no processamento do hardware por não ter de lidar com diversas layers de software.

Quer isso dizer que, sendo tudo exclusivamente software, qualquer API do mercado, caso o DirectX 12 traga algo de novo que eles não implementem, poderá passar desde já a implementar também. E isto aplica-se aos restantes 3 APIs principais do mercado, o Open GL e o Mantle para PC, bem como o PSSL na PS4.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Percebida essa situação que mostra que qualquer novidade existente será benéfica para qualquer API e qualquer hardware actual, vamos tentar explicar de forma mais simples como a Xbox One poderá ganhar com este API.

E para compreendermos melhor a situação, vamos colocar aqui um slide apresentado pela Microsoft na sua conferência de introdução ao DirectX 12.

DirectX12

Como o slide deixa claro, a Xbox One já implementa o DirectX 12. No entanto não o faz na sua totalidade!

Apesar de o API da consola ser de baixo nível há ainda características que farão parte da versão final do API que não estão implementadas na Xbox (as duas ultimas indicadas no slide). E estas situações, quando implementadas, irão trazer ganhos de performance adicionais!

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Por outras palavras, a XBox One nunca ganhará tanto como um PC com o DirectX 12 pelo simples facto que a consola já possui parte da implementação do API activa (a parte mais nuclear), mas ganhará com a implementação da parte em falta, pelo que se dúvidas existiam sobre se a Xbox One ganhará performances ou não com o DirectX 12, a resposta fica dada: SIM!

 

 

O DirectX 12 é ainda uma versão alpha e apenas deverá ver a luz do dia em 2015, altura em que sairão os primeiros jogos que o suportarão. A Microsoft espera que nessa altura, pelo menos 50% dos jogos que sejam lançados, já tirem partido do novo API.

Mas agora a novidade: A Microsoft pensou desde já o DirectX 12 para além de 2015, e tal como todas as maiores versões do API, este também deverá vir a ter necessidade de novo hardware. Simplesmente, dado que a API não requer mudanças radicais e o hardware do DirectX 11 se adequa, o DirectX 12 sairá sem essa necessidade numa fase inicial, mas na data de lançamento do API rapidamente deveremos ver a aparecer rapidamente uma nova versão (DirectX 12.1?) que, esse sim, deverá requerer novo hardware.

A indicação sobre a necessidade de novo hardware vem da boca de Tony Tamasi da Nvidia em entrevista ao website TechReport.

Como Tony explica, todo o hardware DirectX 11 será compatível com o DirectX 12. Mas segundo ele a norma DirectX 12 será mais complexa do que o que que a Microsoft apresentou e haverá novas características que irão requerer novo hardware. Ou seja, a norma DirectX 12 será muito mais complexa e numa primeira fase não a teremos implementada na sua totalidade.

Basicamente esta situação não é verdadeiramente uma novidade. Todos os DirectX tiveram revisões que aumentaram as capacidades da norma (Dx 11, DX 11.1 e DX 11.2, todos com necessidades de acréscimo de novo hardware), e aqui a grande diferença é que a primeira versão (DX 12) será retro-compatível com o hardware DX 11, e apenas as revisões futuras é que irão requerer novo hardware.

Falta agora saber se este novo hardware é efectivamente novo hardware para todos os fabricantes, ou apenas novo hardware para a Nvidia. É que se as placas ATI (Sea Islands) no mercado suportam DirectX 11.2 por hardware (Tier1 e Tier2),  as actuais placas Nvidia (incluindo as recém lançadas e a 1000 euros, Titan Black) são apenas DirectX 11.1 e incompleto. No que toca do DX 11.2 o suporte é limiado (suporte apenas para Tier1).

Publicidade

Posts Relacionados