DirectX 12 permitirá a placas gráficas Nvidia e AMD funcionarem em conjunto

directx-12

É uma novidade curiosa. E apesar de o suporte passar sempre pelo criador do software, o DX 12 irá permitir que placas de fabricantes diferentes funcionem em conjunto.

directx-12

O Tom’s Hardware possui um artigo interesante sobre algumas das novidades do DirectX 12. E nelas fala-se das capacidades Explicit Asynchronous Multi-GPU.

Esta característica do API permitirá que o API combine todos os recursos gráficos presentes do sistema e os “enfie todos no mesmo balde”. Isso quer dizer que tudo o que sejam recursos gráficos podem a ser usados, mesmo que de fabricantes diferentes.

O uso da capacidade fica no entanto a cargo do criador do software que será quem decide que carga de trabalho vai para que hardware.

Apesar da situação não ser de relevância para as consolas, é de extrema importância para os PCs onde GPUs Nvidia e AMD podem passar a ser usados em conjunto.

Mais ainda, uma placa antiga que tenham lá por casa, poderá e deverá ser um ajuda preciosa. Se antes a sua utilização era limitada (mesmo fabricante), ou nula (fabricantes diferentes), no futuro o DX 12 permitirá explorar as duas ao máximo para melhores rendimentos.

A situação ganha particular relevância com os processadores Intel, todos eles equipados com placas gráficas Intel HD. Essas placas, normalmente ignoradas nos desktops, poderão passar a ser usadas como auxiliar de cálculo gráfico.

Acima de tudo a novidade permitirá acabar com os problemas de compatibilidade de configurações SLI ou Crossfire, e deverá mesmo por um ponto final nessas tecnologias.

De referir que a tecnologia usada pela Microsoft é igualmente suportada pelo Mantle, mas para já limitada às placas AMD.

Publicidade

Posts Relacionados