E se o teu PC se tornasse… numa consola!

A Microsoft prepara a possibilidade de o Windows 10 possuir um modo dedicado a jogos, onde os recursos do sistema se reservam de forma exclusiva aos jogos.

Quando executamos jogos numa consola o sistema tem reservado determinadas percentagens de recursos para as aplicações que possam estar a correr. Esta reserva permita ao sistema as melhores performances possíveis, impedindo as aplicações que correm em segundo plano de agirem de forma livre, roubando recursos ao sistema.

Juntamente com os APIs de baixo nível, este tipo de reservas de performance do hardware são o que define uma consola.

Mas agora a Microsoft prepara-se para trazer este tipo de situações para o PC. A nova versão em desenvolvimento do Windows 10 traz um novo modo, que no entanto poderá não vir a ser incluído na versão final, denominado modo de jogo. E o que ele faz? Basicamente o mesmo que na consola, limitando os recursos ao CPU e ao GPU das aplicações que correm em segundo plano, garantindo a melhor performance do sistema dentro dos jogos.

O .DLL que inclui o modo e nada discretamente chamado de gamemode.dll foi já detectado e visualizado por quem tem acesso às versões beta do Windows 10, mais especificamente a build 14997 do mesmo.



Não se sabe ainda como esta optimização funcionará. Se será opcional, ou obrigatória, e se ela se aplicará a todo o software existente ou apenas aos jogos comprados na windows Store.

Seja como for, é mais um passo da Microsoft no sentido de optimizar os PCs como máquinas de jogos, trazendo para eles algo anteriormente exclusivo das consolas. E mais um passo que, apesar de perceptível a nível de intenções não deixa de nos preocupar no sentido que cada vez mais acreditamos que a Xbox deixará um dia de ser uma consola como as conhecemos, passando a ser um serviço para PCs e máquinas da Microsoft.

 

 



Posts Relacionados

Readers Comments (20)

  1. Xbox será uma Windows machine, pelo que se desenha, mas sinceramente gostei da proposta da MS, e se de fato as otimizações funcionarem bem, creio que o pc ainda ficará mais popular, com máquinas mais modestas rodando jogos com qualidades melhores, e de fato, os consoles não terão tanta utilidade como tem, pelo menos ao meu modo de ver. E sua colocação é pertinente quanto ao fato de está atualização rodar somente em games comprados na Windows store ou na steam tb. Se funcionar com games comprados na rede da Valve, pelo menos aqui no Brasil onde os games de pc são bem mais baratos do que os de consoles, fora a inúmeras ofertas steam, e a sua biblioteca vasta, chegada games desde a era ps2 como Max Payne 1 e 2, mais muitos games exclusivos pc, além da biblioteca atual tendo sempre uma versão pc, seria uma proposta irrecusável!

    • Interessante a proposta, mas acho que teria um sucesso melhor se não se restringisse somente a Windows Store.

      Isso pode deixar o PC mais popular porém aqui no Br as máquinas mais modestas estão ficando caras. Tem notebook com i3 e placa de vídeo fraca para jogos custando mais caro que One/PS4.

      Um outro ponto que ainda defendo nos consoles é o fator tempo, a inicialização do SO é rápida, os updates são rápidos. Em casa uso o Linux porém na última semana tive que acessar o Windows 10 que veio no meu notebook, possui poucos aplicativos(praticamente só os originais) e com a configuração de inicialização modificada e mesmo assim o sistema é lento ao acessar o meu desktop. Na ocasião foi solicitada a atualização da versão do Windows 10, durou uma eternidade(questão de horas). Feita a atualização o sistema demorou para inicializar e uma simples solicitação de reinicio na tela de Login demora mais que o acesso ao jogo em um console. E essa “lentidão” irrita, principalmente para quem já está acostumado com certas características do Linux(principalmente nas atualizações). No PC teremos que enfrentar estes problemas, fora a atualização de drive de outros componentes.

      Não acham estranho todas essas atitudes da MS priorizando o PC ao invés do console?

      • Livio, a MS nunca colocou a xbox como prioridade, e é algo extremamente compreensível pois seu “ouro” é e sempre foi o Windows, com isso, é lógico que ela dará mais suporte aos pcs, pq são neles onde sempre estiveram os Windows, são por conta deles que a MS chegou onde está! Sinceramente, não vejo problemas nisso, e cada um foca no que lhe dá mais lucro. Nintendo e Sony são diferentes, tem lucros maiores em setores diferentes, digo lucros maiores, pois é óbvio que o xbox dá lucro a MS, mas penso que o xbox faz parte de uma estratégia de negócio, e se um dia a ms entender que o xbox não encaixa mais, ela simplesmente acabará com a divisão xbox. Negócios são negócios! Rs

        • Isso é cada vez mais notório. A Xbox é uma ferramenta para se chegar a um fim. O democratizar o PC como a máquina suprema de jogos.
          Mas isso não quer dizer que as consolas acabem. Serão é vendidas como PCs dedicados a jogos!

  2. A tendência é essa, cada vez mais vejo pessoas enxergando o PC como uma alternativa viável pra jogar.

    A muito tempo vem se tentando tornar o PC uma máquina mais interessante pra jogos, lá atrás com os computadores Amiga, mas agora a tecnologia está mais madura para implementar coisas que já eram pensadas a décadas atrás.

    Com o vínculo à conta digital é uma mudança importante em relação às gerações passadas, pois mesmo passando de dispositivo a dispositivo, tens acesso a biblioteca já comprada e ainda por comprar. Independente do dispositivo em si, o jogador continua um consumidor forte de conteúdo.

    Eu sempre achei que o que determina a pessoa jogar em PC, console ou portátil é o seu perfil de usuário, e a forma como o mercado vem convergindo, mostra que eu estava certo. Esse papo de exclusivo isso e aquilo, com o perdão do termo, é papo de entusiasta de fórum. O que tem prevalecido é a forma como esse dispositivo “conversa” com o jogador e vice versa, seja ele PC, console ou portátil. Para qualquer que seja a opção, o jogador tem conteúdo de qualidade pra jogar.

    Pelo visto, a tendência é que console, na prática, nada mais seja do que um PC mais dedicado pra jogar, no qual Ps4 e Xbox One foram apenas ponte para essa inevitável mudança.

  3. Até hoje jogo games em consoles, no PC só jogo alguns emuladores mas sempre venho acompanhando a evolução do PC.
    Mas na minha visão o que falta no PC é um padrão e um comprometimento maior das produtoras de games com o PC, casos como o do novo Call of Duty que foi lançado na Windows Store e não havia poucos players para jogar o modo multiplayer foi muito ruim. Essa briga entre Steam e Windows store acaba enfraquecendo a plataforma PC. Também e chato ver o lançamento de alguns games muitas vezes mal otimizados no PC, como exemplo vou usar o último game do Batman que foi muito criticado no PC.
    O investimento em um PC dedicado para games não é baixo, e é frustrante você saber que a sua configuração poderia rodar um game com uma performance muito melhor mas a produtora não otimiza o game como deveria. Tenho visto alguns games em um PC dedicado para games de um amigo e tenho gostado da performance de alguns games que posso comparar com os que tenho nos consoles e é muito bom ver os games rodando em 4k e com frames maiores e mais estáveis. Inevitavelmente terei um PC dedicado a games no futuro mas não deixarei de ter consoles para jogar os seus exclusivos.

    • O problema aí não foi do PC, foi da Microsoft.
      A Microsoft quer criar com a Windows Store uma plataforma independente. E caiu no erro de, mesmo com poucas vendas, forçar a criar um online separado do global.
      Como resultado… foi um fiasco!
      De resto, o atual investimento no PC passa o da Xbox One. Não fosse pelo facto de o código poder ser quase na sua totalidade partilhado, mas o PC possuir mais margem de manobra do que a Xbox.
      Para 2017 estão previstos mais jogos PC do que para a Xbox. E exclusivos Xbox que não saiam no PC… de momento não estou a ver. Mas exclusivos PC que não vão à Xbox, perco-lhes a conta!

      • Concordo, hoje está cada vez mai difícil justificar a compra de um Xbox One comparando com as vantagens que um PC vem apresentando, e depois que a Microsoft liberou os exclusivos do Xbox para o PC fica difícil imaginar um bom futuro para o console Xbox One.

      • Concordo com suas afirmações, fica difícil imaginar vantagens em se comprar um Xbox One em e vez de um PC gamer depois que a Microsoft liberou os exclusivos do Xbox One para o PC.

  4. Creio que inicialmente a MS tentará usar esse trunfo da otimização de games nos pcs para aqueles que comprarem na Windows store, porém se não vingar, creio que isso tornará padrão no pc( em todas lojas como steam com o uso do Windows), então os consoles ficarão numa saia justa, pois provavelmente as diferenças ficarão gritantes no quesito gráfico e desempenho, fora que poderemos ter pcs mais baratos, porém atingido bons níveis de performance. E concordo contigo, Mário quando falaste do xbox nessa equação. Tb creio que o console será uma espécie de “steam machine”, mas com o selo Microsoft e com otimização como a de hoje.

    • mas é como te disse em resposta anterior, tem notebook com baixas especificações que custam mais caro que os atuais consoles, por isso creio que não teremos PCs mais baratos, isso falando em Brasil.

      • Livio, o que eu quis dizer que o preço não mudará, ou seja, notebooks continuarão caros, desktops tb. Eu quis dizer que com a otimização, notebooks ou desktops seriam menos exigentes para rodarem games, com isso, poderia investir em pcs com hardwares mais modestos e com resultados melhores, barateando o custo para o consumidor de pcs.

        • Mas como iria baratear o custo para o consumidor com notebooks e desktops continuando a serem caros? Isso iria baratear os custos para a fabricante, para o usuário não teria efeito.

          Veja essa pesquisa no Walmart, selecionei notebooks com i3, i5 e i7 com HD de 1T, não selecionei a memória senão se colocasse 8GB só iriam retornar i5 e i7. Veja os preços praticados como são maiores que os consoles atuais: https://www.walmart.com.br/busca/?fq=C:4699/4701/4715/&ft=notebook&fq=spec_fct_73553:Intel%C2%AE%20Core%20i3–Intel%C2%AE%20Core%20i5–Intel%C2%AE%20Core%20i7&fq=spec_fct_73555:1024GB&PS=20&mm=100&O=OrderByPriceASC

        • Outra pesquisa agora envolvendo várias lojas, com o mesmo requisito das anteriores mais o SO W10:

          https://www.zoom.com.br/notebook/processador-intel-core-i7/processador-intel-core-i5/processador-intel-core-i3/memoria-4-gb/windows-10?resultorder=2

          Mas como disse essa é a situação no Brasil, não sei se m Portugal o preço dos notebooks de entrada são semelhantes(dividindo o valor BR por 4).

          • Está realmente caro, Livio! Eu estou querendo montar um, mas estou sem verba agora.rs Talvez tenha me expressado mal, pois queria dizer que continua caro, mas com essa possível otimização, a máquina que montou ou montará, poderá aguentar mais tempo os jogos atuais e quem sabe até games de nova geração. Bem, ao meu ver o custo benefício de ter um PC está nos preços dos games de pc frente aos consoles. Eu tenho por hábito sempre estar olhando a Steam, e a diferença as vezes chega a ser gritante. Por ex, normalmente o Rise of tomb raider costuma ficar na faixa dos 60 reais na steam, o msm game eu o comprei na psn por cento e poucos reais e olha que na psn estava em promoção, e na steam tb, porém não nas promoções arrebatadoras da Steam. É normal na steam os games ficarem por 30, 20 reais, enquanto na psn até aparecem, mas nunca na msm frequência. Cito a psn pq tenho um ps4 e gosto de comparar a rede que conheço. Gosto muito de consoles, mas está cada dia mais complicado para nós brasileiros continuarmos investindo na plataforma. Creio que em Portugal e em outros países da Europa, os preços são bem compatíveis, mas no Brasil a coisa está gritante.

          • Aí para tirar a diferença de investimento num PC você vai ter que comprar muitos jogos na Steam! Tipo teu PC custou 2 mil a mais que o console, quantos jogos Steam você vai ter que comprar cujo a soma da diferença de preço(em relação aos jogos console) chegue nos 2 mil?

            As vezes fico P da vida quando uma loja anuncia um jogo por um preço baixo e quando vai ver o jogo é para PC e não para consoles.

  5. Ah! Só um adendo! Creio que a Nintendo está a inclinar-se para o mobile, msm com consoles dedicados, usando tecnologia ARM, pq deve ter percebido que o futuro próximo será totalmente dominado pelos pcs, e está a correr para o mercado mobile onde ainda terá muita briga por território, e está longe de ter r algum vencedor. Rs

    • E é um mercado no qual a Nintendo se sente confortável, ao passo que ela ainda pode manter a base de console doméstico que lhe resta do wii u.

  6. Offtopic: Confirmado que o Xbox Scorpio usará GPU Vega, saiu uma imagem da apresentação das placas e do logo do próximo console da Microsoft na mesma imagem.

Os comentarios estao fechados.