EA Ignora jogadores de Battlefront 2 no PC

5 1 vote
Avalie o nosso artigo

Os servidores PC estão impregnados de cheaters, que usam cheats que impedem mesmo de se jogar. Mas a EA… não faz nada!

Quando me falam do futuro dos videojogos ser o online, sinceramente o que eu tenho a dizer sobre isso é que dispenso. Tudo o sejam jogos Online são jogos que por norma abomino e passo simplesmente ao lado. Ou pelo menos, faço-o se tiver de pagar por eles!

Um dos principais motivos pelo qual me virei para as consolas foi exatamente os cheaters. Após ter abandonado a competição nos torneios de UT devido às cheats, em 2006, percebi que infelizmente as mesmas estavam em crescendo. Esse foi aliás um dos motivos porque com a PS4 e Xbox One me converti a estas duas consolas, largando o meu PC como máquina principal de videojogos. A ideia era fugir ao PC, e à cambada de anormais que por lá existem que usam e abusam de cheats nos videojogos.

Ora quando experimentei as consolas, era outro mundo. Um ambiente fechado e controlado, onde apesar do ocasional cheater, estávamos longe de estar com a praga que invade os PCs.

Foi então que surgiu a questão do Cross Play. Por motivos que desconheço, as equipas de programação resolveram ignorar a praga que existe no PC, para nos poder dar “maior liberdade de jogar com os amigos”. E se até aí tudo bem… incluir o PC no meio é que mata absolutamente tudo!



A provar a praga de cheaters que há no PC temos atualmente o Battlefront 2, que nestas máquinas está pura e simplesmente injogável. Basicamente os cheaters usando uma cheat chamada 1 HP (ou um ponto de vida pois HP = Health Point), tornam todos os jogadores invencíveis, o que impede que os jogos sejam terminados.

Por outras palavras, neste momento não se consegue jogar Battlefront 2 no PC.

A piorar as coisas, o hack não precisa que haja sequer um hacker no jogo. A hack é tão profunda que se aplica a todo o servidor, o que quer dizer que todos os jogos ali realizados, com ou sem a presença do hacker, estão condenados.

E estes hackers, admitem publicamente nos chats durante o jogo, que estão a usar a hack. Mas infelizmente eles mudam a gametag no chat, pelo que o nome que ali aparece é inválido. Mas pior ainda, eles controlam o servidor ao ponto de que se alguém os tentar reportar, é kickado imediatamente do jogo

Eis um relato de quem passou por isso:



O mais chocante de tudo isto é que a EA… não faz nada! E perante as queixas a resposta que apresentou foi a seguinte:

Would just like to make it known that we are aware of the issues going on within and around the game right now, I, unfortunately, don’t have any further updates but please know that it’s on the radar.
Sorry for the inconvenience folks,

Ou seja, a EA reconhece o problema, sabe que ele existe, mas refere que não tem novidades, indicando apenas que, resolver o problema, está “no seu radar”, e pedindo desculpa pelo facto!

Ora o grande problema aqui é que pedir desculpas não nos parece que chegue. E dizer que a coisa “está no radar” é algo demasiadamente no ar para um problema que está a tornar o jogo em algo basicamente inútil.

Se é assim que a EA trata os clientes, não será de admirar que os clientes passem a preferir colocar o seu dinheiro em jogos de outros. Alguns que, no mínimo, queiram saber, e pelo menos digam que estão a analisar e a procurar resolver a coisa.

Seja como for, é triste perceber-se que há muita gente neste mundo que anda cá por ver andar os outros, e que sofrendo de uma elevada demência no seu cérebro, tem prazer em fazer este tipo de coisas.





5 1 vote
Avalie o nosso artigo
9 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Juca
Juca
21 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

“Tamo” juntos no off-line, Mário. Pra mim, online, só esses que interferem no mundo ou os co-op com conhecidos.

Off-topic: https://blog.playstation.com/2022/01/04/playstation-vr2-and-playstation-vr2-sense-controller-the-next-generation-of-vr-gaming-on-ps5/

Spec anunciadas… e Guerrilla envolvida com jogo VR, com um Horizon VR vindo por aí como o nome sugere.

https://twitter.com/geoffkeighley/status/1478542631852392450?s=20

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 dias atrás

Acabei de editar postando um vídeo do jogo, o equipamento pode ser que ainda esteja em fase de design final do produto (falo de estética), o ruim da notícia é que já se sabe que ainda terá fio. Um único, mas terá.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Juca
21 dias atrás

Será que sai em 2022??

Juca
Juca
Responder a  Fernando Molina
21 dias atrás

Não poria fé nisso, até porque já sai outro Horizon esse ano. E sinceramente, preferia que fosse um Killzone VR aos moldes de HL Alyx, mas é dessa que acho que entro no VR.

AlterX
AlterX
21 dias atrás

Eu tenho esse jogo na Epic, tenho que testar pra ver qual é que é dele

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 dias atrás

Pois é, eu entendo os benefícios pra quem quer crossplay, mas ter uma plataforma específica sempre foi de praxe a maneira pra se jogar com os amigos, sempre entendi que quem escolhe uma plataforma diferente das dos amigos é porque muito provavelmente não faz questão de jogar com os amigos. É coerência lógica, claro, e o que falo é uma generalização e comportam exceções, obviamente.
Isso tudo falei pra dizer que não entendo essa “tara” por crossplay.
Na minha ótica, traz muito mais malefícios que benefícios aos jogadores, sobretudo de consoles.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Crossplay é a primeira coisa a desligar (sempre que possivel).
Quando quase toda a gente chorava para a Sony fazer crossplay eu dizia…ainda se vão arrepender, e o resultado está a vista.

error: Conteúdo protegido