EA tem um serviço de streaming em testes. O projecto ATLAS.

A EA já tinha demonstrado interesse no Streaming. Mas o seu projecto Atlas numa fase tão adiantada surge como uma surpresa.

Surpreendentemente, e sem que alguem tivesse conhecimento da sua existência, a EA anunciou na passada semana o início de testes técnicos no seu serviço de cloud gaming, o projecto atlas. Apesar do interesse já demonstrado anteriormente nesta tecnologia, ninguem tinha conhecimento que a EA possuísse algo numa fase já tão adiantada.

Os testes, que terão a duração de duas semanas, e como tal, terminar na próxima semana, contemplam 4 jogos, nomeadamente:

  • FIFA 19
  • Need for Speed Rivals
  • Titanfall 2
  • Unravel

O serviço apoia-se nos serviços web da Amazon, e pretende-se testar o mesmo em condições de mundo real, analisando a sua viabilidade face aos limites de acesso, largura de banda e limites de tráfego existentes.

Pretende-se assim fugir aos testes em ambientes controlados, e cuja viabilidade nada nos comprova face ao que será a realidade no mundo real.

Nesta fase os testes limitam-se ao PC como plataforma!

Interessados em testar podem tentar inscrever-se neste link.



newest oldest
Notify of
By-mission
Visitante
By-mission

“Dividir para conquistar sempre foi a melhor estratégia de guerra, e ela está sendo ganha pela pirataria, conforme revelado pelo último Relatório Global de Fenômenos da Internet da Sandvine (empresa americana de equipamentos de rede). Ao passo que Game of Thrones vence na categoria de obra mais baixada ilegalmente, a Netflix perde a coroa como maior consumidora do planeta de largura de banda de internet.

Sua queda pode ser explicada pelo boom de canais de streaming, o que está levando a uma crescente e inexorável fragmentação do mercado, representada por canais de streaming de milhares de fornecedores de conteúdo em todo o mundo. Acompanhando essa diversidade está o compartilhamento de arquivos.

“Consumidores que não podem se dar ao luxo de assinar todos os diferentes serviços compartilham arquivos para ter acesso ao conteúdo original mais recente”, explica o relatório.

https://m.tecmundo.com.br/internet/145944-netflix-pirataria-assume-1-lugar-consumo-largura-banda.htm?f

bruno
Visitante
bruno

Gears 5 teve vendas fisicas minimas no reino unido.
No entanto a Ms ja veio dizer que 3 milhoes de jogadores ja jogaram o jogo.
Quero mesmo ver se este jogo se paga.

E mais um, tal como previsto, se junta ao acervo. A proxima em linha e a Square Enix.

E acho que apos isso, teremos quebra do mercado, como nos anos 80. O bom de tudo isto, e que com Brexit e tudo, os jogos estao cada vez mais baratos no Reino Unido.

Vitor Calado
Visitante
Vitor Calado

Por outro lado se o streaming substituir as consolas e até os jogos de PC e se tornar a norma, a pirataria fica muito mais dificil pois os jogos nem chegam a sair para o público, só os vais puder jogar por streaming e acabou a pirataria como nós a conhecemos…acredito que a principal razão de muita gente ser contra o streaming é que no streaming não podes jogar cópias piratas, só por isso já vale a pena…

Vitor Calado
Visitante
Vitor Calado

Não queiras comparar streaming de filmes e séries com streaming de jogos..LOL..tu recebes um filme ou um série por streaming e podes gravá-la na totalidade e depois distribuíla através da NET, nos jogos por streaming tu estás constantemente a enviar informação para o servidor, não vai dar para piratear, percebes isso??? certo??

Edson
Visitante
Edson

Bruno, a MS está disposta a perder muito dinheiro, cortando muito na carne por esse anos para transformar o game pass em quase um monopólio. Se leu a entrevista do Booty( acho que para a gamebeat) entende claramente a estratégia deles. Em uma parte da entrevista ele fala de alto investimento, de transformar o game pass em uma espécie de Buffet, de investir, se possivel, mais ainda em estúdios, etc… Esses caras querem fazer com que o consumidor sinta-se “bobo da corte” por ter que dar 60 euros, dólares ou 250 reais em um game, sendo que pode jogá-los por valores mais baixos. Isso não só impulsiona o serviço como destrói aos poucos a indústria da venda de jogos. Hoje quem tem um Xbox, dificilmente irá comprar jogos e futuramente menos ainda, aumentando a qualidade do conteúdo e a comunidade que é o que ele aborda, ou seja, mais consumidores, provenientes do streaming, conseguirá atrair milhões e milhões até o serviço ser lucrativo. Pode falhar? Sim! Há pessoas que detestam aluguéis de jogos? Sim! Há aqueles que só querem mídia física? Sim! Há aqueles que msm gostando de mídia digital, não abrem mão da compra? Sim! Porém, esses caras miram o público que há por vir. Uma geração que é acostumada assinar serviços, que detesta mídia física, etc… Tbm mira as pessoas que não querem gastar 60 dólares em um game, mas querem jogar jogos bons. A analogia que sempre faço é que o game Pass será um self service onde come bem, mas por um preço em conta, tendo dias onde terá um frango meio duro e outros uma lasanha hiper saborosa, enquanto a Sony é a culinária francesa: Refinada, clássica e… Cara para uma boa parte das pessoas. Ai vc me pergunta : 60 euros por um game não é caro! Mas pense que por 10 euros, poderá jogar mais de 200 games, muitos deles novos, triplo As e ainda fazendo em qualquer lugar. Essa é a estratégia deles. Dará certo? Não sei, mas estão dispostos a dar, apadrinhados por Satya Nadela. Abração!