Estimativas da IDC dão a PS4 a dominar o mercado já em 2016 com 51 milhões de consolas vendidas

Os dados da International Data Corporation fazem várias previsões para os próximos anos. Mas o mais interessante é ver que a empresa estima que em 2016 a PS4 tenha vendido 51 milhões de consolas a nível mundial

sales

International Data Corporation (IDC) prepara-se para publicar as suas previsões de vendas de consolas e deu ao website Gamesindustry um resumo do que se espera.

Há no resumo vários pontos dignos de nota, sendo que o primeiro passa pelo domínio total da Playstation 4 na nova geração, referindo que esta situação só poderá ser contrariada com a remoção do Kinect e uma descida de preço da consola da Microsoft.

Assim, mantendo-se a actual situação a previsão é que a PS4 tenha a maior quota de mercado já em 2016, com 51 milhões de consolas vendidas a nível mundial. No entanto a IDC acredita que caso o Kinect seja removido a Xbox verá um ganho de mercado bastante grande, particularmente no mercado Americano.



A remoção do Kinect facilitaria a paridade de preços entre consolas e aumentar o volume de vendas da Xbox. Assim, caso se assumisse que em 2015 o sensor era separado da consola, a IDC estima que, no mercado Americano, a consola recuperaria e emergiria mesmo como vencedora neste território no final de 2016.

No que toca à WiiU a IDC não acredita que a consola consiga abalar a competição, mesmo com um corte de 50$ do preço.

A empresa estima ainda que as vendas físicas de jogos decaiam 45% face às vendas digitais, acreditando-se que as receitas do mercado físico sejam até 10% inferiores às obtidas com a anterior geração, com um global a superar a geração anterior, mas em parte graças a preços mais elevados nas versões digitais (o simples facto de o preço ser idêntico à versão física implica necessariamente um preço mais alto da versão digital).

Assim a IDC prevê que já em 2019, mais de metade das receitas das novas consolas advenham de jogos e serviços distribuídos por canais digitais.



Posts Relacionados