Jun 222012
 

Num estudo chocante, foi revelado que o software usado para análises médicas ao cérebro revelam resultados diferentes se o testo for executado num PC ou num MAC, o que veio levantar uma grande polémica relacionada com estes softwares de análise.

O teste foi realizado num dos principais software de análise de imagem médica do mercado, o FreeSurfer, e que é usado para medir as dimensões de diferentes partes do cérebro, e nele foram analisadas 30 análises diferentes obtidas nos diversos sistemas.

Mas pior ainda do que as diferenças entre as versões MAC e PC do software, foi o aperceber que versões diferentes do mesmo software para MAC apresentam igualmente resultados diferentes.

A imagem que se segue é demonstradora dessa situação com claras diferenças entre os volumes da matéria cinzenta subcorticalna versão v4.3.1 e v5.0.0, ambas a serem executadas num Mac equipado com o OSX 10.5.

Apesar de as variações dos resultados entre a versão PC e MAC do software serem entre 2 a 5%, a variação entre as versões MAC são mais chocantes ao apresentarem resultados com diferenças que chegam aos 15%, sendo que a variação depende da zona do cérebro analisada.No seguimento deste estudo ficam severas dúvidas quanto à qualidade deste software, sendo que se desencoraja os upgrades para novas versões até que a empresa normalize estes resultados, bem como à repetição de análises actualmente efectuadas para confirmação de resultados.

Dado que para muitos doentes estes resultados podem ser a diferença entre a existência ou não de uma intervenção de risco, este é efectivamente um estudo que revela dados chocantes.

Publicidade

Sorry, the comment form is closed at this time.