Far Cry Primal e Ryse of the Tomb Raider para PC usarão o Denuvo como protecção anti cópia

O Denuvo tem mostrado sucesso a proteger os jogos que o tem usado, sendo que estes ainda não foram crackados. E nesse sentido cada vez mais empresas o usam.

Tal como seria de esperar, cada vez mais editores estão a usar o Denuvo como protecção ao seu software. A Ubisoft releva ana EULA dos seus jogos que Far Cry: Primal está protegido por este software. Já Rise of the Tomb Raider sabe-se que usa pois aparece publicitado num website ligado à Denuvo.

Eis o texto da EULA de Far Cry: Primal que refere o Denuvo:

“THE PRODUCT IS PROTECTED BY DIGITAL RIGHTS MANAGEMENT SOFTWARE (“DRM SOFTWARE”) AND DENUVO ANTI-TAMPER PROTECTION TECHNOLOGY”

Mas o mais interessante da EULA é uma parte que diz respeito ao uso do material do utilizador. É que certos ficheiros relativos ao Denuvo, uma vez instalados, podem manter-se na máquina, mesmo após a desinstalação.

“CERTAIN FILES OF THE ANTI-TAMPER TECHNOLOGY  MAY REMAIN EVEN AFTER THE PRODUCT IS UNINSTALLED FROM YOUR COMPUTER. “

Falta saber se o “May”, ou em Portugues, “Podem”, se refere a uma possibilidade, como a palavra indica, ou a uma certeza camuflada pela palavra para não criar chatices de abuso. É que quando se instala algo, coloca-se no PC os ficheiros para que essa coisa funcione. Mas quando se remove… ele devia sair, deixando o PC tal e qual como estava antes da instalação.

Esse é pelo menos o conceito teórico!

Relativamente a Rise of the Tomb Raider a coisa nem é uma surpresa. Just Cause 3, igualmente da Square Enix, usa-o, e ainda não possui crack que permita a sua pirataria. Daí que ver ROTTR a usa-lo não surge como surpresa.

Agora o rumor é que The Division tambem irá usar esta proteção, mas ao contrário do Far Cry, a sua EULA não refere nada.

Publicidade

Posts Relacionados