For Honour, e o os abusos do pay “for win”.

For Honour foi lançado o mês passado, e foi mesmo o jogo que mais pessoas teve no seu beta fechado. Mas agora está a perder jogadores todos os dias. Porque?

Nota: A experiência em causa não foi vivida ou sequer experimentada por nós, mas foi relatada no reddit por um utilizador como sendo um dos motivos pelos quais as pessoas estão a fugir do jogo, sendo a noticia relatada por vários websites. Por acharmos a situação de interesse, até porque esta problemática está cada vez mais corrente e aplicada a um grande número de jogos, resolvemos igualmente abordar o assunto.

Eis um resumo do relato:

For Honour teve boa recepção da crítica e foi muito elogiado pelos seus valores de produção, tendo tido mesmo boas vendas, mas a realidade é que os jogadores estão cada vez mais a fugir do jogo.  Em apenas 2 semanas o jogo perdeu 50% dos utilizadores do Steam e não se trataram de problemas nos servidores do jogo ou sequer de bugs .

Publicidade

Retomando o nosso artigo

O grande motivo do desinteresse dos jogadores é a implementação de microtransações. Coisas que podem ser compradas e que ajudam a evoluir no jogo, e que a Ubisoft algega que não alteram a verdade do jogo uma vez que podem todas ser desbloqueadas normalmente ao jogar-se o jogo.

Mas infelizmente, entre o que a Ubisoft diz, e a realidade das coisas vai uma grande diferença.

Infelizmente o jogo possui 12 herois, sendo que casa um deles requer 91500 de aço (a moeda do jogo) para desbloquear tudo o que o jogo oferece. Ou seja, nos 12 herois, isso requer 1,098,000 de aço.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Ora o aço é vendido em pacotes de 150 mil unidades por 100 dólares. E isso quer dizer que caso alguem quisesse comprar tudo, teria de gastar um total de 732 dólares no jogo. Uma exorbitância em compras in-game que passa em quase 10 vezes o custo do jogo em si.

E isto só por si já mostra o abuso em que o jogo entra.

Mas claro, segundo a Ubisoft tudo isto pode ser desbloqueado de graça. MAs será? A questão é que no jogo há de tudo, desde jogadores com muitas horas, a jogadores casuais, e acima de tudo jogadores que pagam e jogadores que não pagam.

A grande questão aqui é que o jogador casual, a grande maioria, e que joga uma média de 1 a 2 horas por dias entre 5 a 7 dias por semana não tem facilidade de evoluir. O cumprir com uma missão do jogo oferece 1000 de aço, e recebe-se ainda 200 de aço por cada jogo em que se participa. Ora com uma média de 1200 aço por dia, um jogador casual demoraria 915 dias a ganhar o aço necessário para desbloquear tudo. Estamos a falar de mais de 2 anos e meio a jogar todos os dias!

Naturalmente a situação cria um grande desiquilibrio entre quem joga mais, quem joga menos, e acima de tudo entre quem paga e quem não paga. É um abuso tremendo que está a matar o jogo!

E tu? Já jogaste este jogo? Achas que a situação é assim tão problemática? Concordas? Discordas?

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (4)

  1. Eu nunca joguei e muito honestamente não tenciono jogar, não porque não faz o meu género, mas porque tudo o que envolve algum tipo de interacção online vindo da Ubisoft, é garantido que venha carregado de microtransações.

    É por estas e por outras que me dá imenso prazer meter um jogo na PS2 e progredir livremente, quando um jogo como Horizon Zero Dawn é elogiado por não ter season pass, microtransações e outros esquemas do género, diz muito do estado da industria.

    • Concordo.

      O que acho impressionante é virem os do costume criticarem jogos que apresentam uma campanha completa com todo o conteúdo no inicio, algo a que sempre tivemos direito, por não terem multijogador e por isso não terem valor.

      E no entanto elogiam jogos, e há muitos, que se baseiam neste sistema, que basicamente não oferecem nada a não ser uma interminável campanha de jogar o mesmo, a tentar conquistar objetivos que requerem sempre horas e horas de jogo que basicamente é mais do mesmo, num conteúdo vazio que assenta na repetitividade.

      E depois claro, as companhias ainda se aproveitam desta mina de dinheiro fácil, e põe, num jogo pelo qual se paga bastante, microtransacções para progressão.

      Enfim, que nos valham os grandes visionários que só olham para o multijogador.

  2. Normalmente os jogos free to play são pay to win,mas não é o caso deste,afinal você precisa comprar o jogo!e se optar por PS4 ou xone terá que pagar o online!Penso que dlcs deveriam ser de coisas justas como skins,avatares exclusivos de quem paga mais e não armas mais poderosas e vantagens injustas sobre quem não paga dlcs

  3. Esses dias eu comprei o Ghost Recon wildlands para jogar com uns amigos, só que o nat de um amigo meu esta como moderado o meu e de outro esta como strict, resultado não pudmos jogar juntos e até agora nenhuma solução.

    Pelas pesquisas que tenho feito qualquer solução para melhorar isso envolve abrir portas no modem e alterar o DMZ, coisa que eu não vou fazer pois de todos os jogos que jogo com amigos só ele dá esse erro.

    Resumindo não compro mais nenhum jogo da Ubi

Os comentarios estao fechados.