Gears 4 não é feito pela Epic devido ao custo.

A EPIC produzir Gears of War 4 teria um custo de 100 milhões de dólares.

A Polygon iniciou uma nova rubrica no seu website, onde falou da história e do futuro dos jogos da EPIC, e onde o seu CEO, Tim Sweeney falou ds mudanças de modelo de negócio e desenvolvimento da empresa.

A história é curiosa pois TIM conta como o custo galopante do desenvolvimento de Gears of War, bem como desentendimentos com a Microsoft, levaram a empresa a focar-se mais nos jogos free-to-play.

Desenvolvendo um pouco a história, o Gears of War Original desenvolvido em 2006 para a Xbox 360 custou 12 milhões de dólares a desenvolver, tendo dado cerca de 100 milhões de lucro. Foi um jogo que certamente mereceu o investimento!

Mas os custos de produção foram subindo, e com Gears of War 3 o custo estava 4 ou 5 vezes superior, ficando em algo na ordem dos 48 a 60 milhões de dólares.



Daí que quando a Microsoft falou em Gears of War 4, a empresa fez uma estimativa de custo na ordem dos 100 milhões, o que, face aos retornos que o jogo tinha oferecido no passado, apenas permitiria recuperar o investimento, mas criando o sério risco de colocar a empresa com problemas financeiros para o futuro.

Os lucros com Gears of War nunca mais foram idênticos aos do primeiro jogo, e a consequência era um aumento de custos e uma descida das receitas. E esse foi o motivo pelo qual a empresa resolveu mudar o modelo de negócio, vendendo o Franchising à Microsoft em Janeiro de 2014.

Os próximos jogos da Epic serão Paragon, um MOBA free-to-play e a versão gratuita de Unreal Tournament. Há ainda Fortnite, mas a Epic não decidiu ainda como vai explorar esse jogo!



Mas voltando à Microsoft, Tim conta-nos como Gear of War Judgment criou fricções entre a equipa e a Microsoft:

Quando lançamos o Gears of War: Judgement, uma quantidade da comunidade de jogadores estava-se a queixar dos níveis multi jogador que tínhamos criado. Percebemos por isso que tínhamos ali problemas e que os devíamos mudar, criando uma série de novo conteúdo e lançar o multi jogador centrado num novo jogo, tal como foi feito com a genese do jogo, o Unreal Tournament.

E com os planos para isto fomos até à Microsoft e dissemos: Hei, queremos fazer isto!

Ao que eles nos responderam: Não, vocês não queres fazer isso!

A questão não era sequer dinheiro pois tal não foi pedido, apenas que as ideias deles não se enquadravam com os planos de negócio da Microsoft e como tal disseram que não. Foi aqui que ficamos preocupados em fazer negócios com uma empresa que criava barreiras entre os criadores e os jogadores.

Isso fez-nos perceber claramente o risco de ter seja quem for entre os criadores e os jogadores e como esse processo era tóxico e destrutivo para a saúde de um jogo e de uma comunidade.

A história da Polygon está neste link.

Atualmente Gears of War 4 está em desenvolvimento por um estúdio da Microsoft, o The Coalition, estando previsto para 11 de Outubro. Quanto ao custo de produção… não sabemos nada, e se estará ao nível do previsto pela Epic, abaixo, ou mesmo acima disso!



Posts Relacionados