Governo americano pediu para aceder aos dados de 40 mil utilizadores do Yahoo

O Yahoo revelou o seu primeiro relatório de transparência, e nele indica que o governo pediu acesso aos dados de 40 mil utilizadores.

Yahoo

Na passada semana o Yahoo revelou o seu primeiro relatório de transparência, um relatório que mostra ao público em geral as actividades que a empresa foi obrigada a realizar a favor do governo.

E nesse relatório a empresa revela que nos primeiros 6 meses de 2013 o governo enviou mais de 12 mil pedidos para acessos a dados privados de mais de 40 mil utilizadores.

Dentro dos dados solicitados incluía-se a localização do utilizado, endereços de e-mail, acesso a ficheiros localizados no Yahoo tais como videos, fotos, audio e conteúdos de e-mails.

O Yahoo confirmou que teve de ceder a 98% de todos os pedisos, e que 37% destes envolviam conversas pessoais entre utilizadores.

O Yahoo refere que faz tudo o que pode para lutar contra estas situações forçando a que os pedidos sejam realizados pelos meios legais e para fins legalmente claros.

Nesse sentido a empresa garante que irá continuar a revelar este tipo de informações a cada 6 meses.

Os pedidos envolviam utilizadores de 16 países.

Publicidade

Posts Relacionados