Gran Turismo Sports é uma grande surpresa

A demo de Gran Turismo Sports mostra que o jogo sofreu grandes melhorias face ao que ia sendo mostrado.

Lembram-se de ver imagens desta qualidade em GT Sports?

Pois bem… a versão final não tem nada a ver com isto. E é mais… assim:

A realidade é que a qualidade gráfica do jogo surpreende pela positiva. Eis os resultados que podemos ver na demo:

Eis alguns videos da demo:

Comparem com Forza 7



Posts Relacionados

Readers Comments (110)

  1. Depois de já ter passado largas horas com a demo, que é algo generosa, posso dizer que é de facto o melhor GT de sempre.
    O jogo tem pormenores absolutamente brutais, ontem estava a fazer uma corrida com a opção de final do dia, ou seja quase de noite, e para meu espanto, o carro que vinha atrás de mim, colado à minha traseira, iluminava todo o interior do meu carro com os seus faróis, para mim foi algo novo e além de ser um nível de pressão sem precedentes, é igualmente um nível de imersão como nunca vi.

    O charme deste jogo está nos detalhes, na soma de todos eles que no seu todo batem qualquer experiência de condução disponível em consolas, incluindo o recente Forza 7.
    Forza 7 pode ser um jogo mais completo em termos de conteúdo, mas a experiência de condução, essa, nada bate este GT.

    Depois temos a parte técnica, e este jogo está praticamente irrepreensível, o seu grande problema é não ter condições climatéricas, algo que considero estranho uma vez que já no GT5 a série era um exemplo neste aspecto, ou seja um passo atrás, mas tirando isso, é dos jogos mais belos desta geração, a nível de showcase dos carros, GTS é o novo patamar de como se deve exibir um carro o que demonstra a imensa paixão que a PD tem pelo mundo automóvel, ninguém consegue glorificar o automóvel como a PD, e em GTS isso atinge outro nível, é de facto uma delicia contemplar as nossas máquinas favoritas a ”desfilar” por alguns dos locais mais belos do planeta.

    Apesar da jogabilidade estar melhor que nunca, e do mais realista que um jogo de massas pode ser, o maior problema do jogo é o seu conteúdo, ou melhor, a falta dele.
    Ainda é cedo para tirar conclusões mas o facto do modo campanha ser praticamente inexistente, deixa-me de pé atrás, é certo que o vou comprar, mas não vou cometer o mesmo erro que cometi com o Street Fighter V que nem modo Arcade tinha e que só quase 2 anos depois é que se pode dizer que é um jogo dos pés à cabeça.
    Sei que a PD é exemplar a apoiar os seus jogos, mas não estou para pagar full price por uma casca, por muito boa que seja.

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Meu Deus, nem a física se compara ao Forza 7, o carro não tem peso nenhum, faz curva como se estivesse em um trilho, parece a física do GT 5.
      Além de que o asfalto parece um chão liso.
      A sensação de velocidade é broxante, o carro parece que está em velocidade de passeio.
      Maaas, é s;o colocar uma iluminação estática bonitinha e detalhar o carro que pronto, melhor jogo de condução de sempre…

      • Devemos ter noções de fisica bem diferentes então, ou então estou a falar com o prémio nobel da fisica e não sei.

        Muito honestamente Fernando, esse teu ataque cerrado a tudo o que é Playstation já se torna ridiculo e infantil até, a tua parcialidade é tão óbvia que nem dá vontade de ter uma conversa minimamente interessante sequer, não é à toa que eu digo que vives numa, bolha, o teu problema e o de muitas pessoas como tu, é que toda a gente tem que pensar como tu, tudo em contrário é motivo de risos, quando na verdade és tu quem faz o circo.

        Portanto…epá sê lá feliz com o teu Forza número 7 que está a anos luz de GTS, tem tudo melhor que GTS, até pay-2win tem e GTS não tem.

        E já agora, tens aberto muitas loot boxes?

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (LOL)

        • O Pneu parece não ter relação com o asfalto, a aderência não se faz presente nas curvas;
          O peso do veículo não o faz sair de traseira mesmo freando errado nas curvas
          Supondo que milagrosamente alguma pista no mundo é perfeitamente plana, ainda assim, a física faria o carro pender um pouco para algum lado em uma curva, independente do quão duro seja a suspensão, a não ser que todos os carros do jogo tenham o centro de gravidade semelhante à uma Ferrari Testarossa, por que é assim que o carro se comporta em Gran Turismo.

          • Lembrando que no GT:

            1- Há vários tipos de pneus e que na maioria das corridas o jogador está Racing Hard(sem poer alterar) e como o nome diz é um pneu com maior durabilidade, mas com pouca aderência e aí vai da pessoa que está jogando, de início tendem a sair da curva. Só consegui jogar com um Racing Super Soft quando coloquei Arcade(Time trial) e aí o carro fica aderente a pista.

            2- Existem carros com vários tipos de tração e os FR(motor na frente, tração traseira) são os mais que mais saem de traseira em uma curva. Os MR e 4WD até podem sair, mas são mais consistentes.

          • É isso mesmo Fernando, o jogo é uma porcaria, bom mesmo é o Forza, a fisica está um lixo, os carros parece que seguem um trilho, talvez digo eu, por causa da camera que por defeito está presa ao carro, mas existe uma coisa chamada opções:

            https://www.youtube.com/watch?v=xciDm_icni8

            Tahdah!!!
            Agora controlamos um carro no GTS como se de um Forza se tratasse, é magia!!!

            Quanto ás pistas perfeitamente planas:

            https://www.youtube.com/watch?v=ukAB3RtCXQg

            Olha, olha, olha, montes de lombas e depressões, uau!!!

            O teu problema é que além de seres tendencioso e consequentemente aldrabão, mentiroso, mas em parte não te censuro porque quando se é jogador do youtube ou na melhor das hipoteses se joga numa consola emprestada e ainda por cima se é fanboy, é normal que não se perceba um boi do que está a falar e faça figuras tristes.

            Toda a gente está a elogiar a fisica do jogo e de como está com uma jogabilidade fantástica, mas aqui o engenheiro Sócrates é que sabe, vai na volta estás tão habituado ao Forza 7 de tanto jogar por causa do grind e do loot que pegas noutra coisa e não tens mãozinhas.

          • “O carro não sai de traseira nas curvas”

            “O asfalto parece um tapete liso”

            “O jogo não tem física”

            Frases de quem não jogou.

            Segue abaixo meu vídeo em Interlagos, de bônus ainda mostro o pit-stop:
            https://youtu.be/nNYTNup7OUo

            Gameplay com o DualShock 4

          • @Mario já achei que fui péssimo! Tenho que montar o cockpit do volante, jogar no joystick é ruim demais.

          • Fizeste bons tempos Livio, espero dia 17 para fazermos uns rachas..

          • ôpa valeu By-Mission, espero estar mais folgado dos estudos depois do lançamento (Missão impossível!), porém só vou jogar lá pelo final do mês pois comprei a versão de colecionador pela Amazon Uk e a previsão é que chegue entre os dias 25 e 28

            Taí uma coisa que gostei, o Endurance. Sei que este tipo de corrida já existia em versões anteriores, mas nesse temos a possibilidade de ajustar a potência do motor, como se fosse a “mistura” do combustível que sempre escutamos na F1. Acabei de terminar um Endurance(Campanha) de 30 voltas com o Porsche 911, uma corrida que durou mais de 1 hora e que continha 30 carros competindo. Nessa corrida é obrigatório a entrada nos boxes e aí fica a cargo do jogador decidir qual composto de pneus utilizar(são 3) e quantos litros abastecer o carro.

            Fiz a tática de reabastecer 3 vezes e só não ganhei a corrida porque na volta 27, com pneus já gastos, saí da pista e tive que cortar o caminho, como resultado levei punição de tempo, como os 4 primeiros estavam muito próximos eu caí para a 4ª posição.

            A física tá “tão ruim” que no meio da corrida encostei somente 1 pneu traseiro na grama e o carro imediatamente rodou.

          • No Gt5 me aspirei as 24 horas de Lemans depois de 07:00 desisti, é muito tempo a jogar kkkkk

          • mas no GT5 dá para salvar e continuar depois. O ruim era no GT4 que ou vc fazia as 24 horas ou deixava o PS2 ligado por uns 3 dias!! Isso se você quisesse dirigir por esse tempo.

            NO Gt4 completei as 24 horas em 9 horas devido a opção B-Spec, na qual o jogador vira o técnico da equipe e nesse modo você pode acelerar o tempo em 3x.

          • Tirei boa parte do dia 12/10(Feriado no Br) para jogar a demo, resolvi jogar somente a campanha e vi algumas coisas curiosas, entre elas a interação…Melhor, o atropelamento de um cone! Sim atropelei um cone e nem percebi!

            Estava em uma missão do Nissan VGT 2020 e ao ser tocado pelo carro que vinha atrás tive que contornar a curva por fora e ao retornar para a pista percebo que a frente do meu carro levantou um pouco, na hora pensei que o motivo era o adversário ter encostado no meu carro.

            Terminei a corrida, vi o replay e foi aí que percebi o cone, mas por um bug, eu acho, o cone somente é visto na primeira visualização da cena.

            Para finalizar a bandeirada desse circuito (Tokyo) é bem legal, lembrando as bandeiradas que ocorrem em alguns circuitos da F1.

            Coloquei tais cenas no Youtube, só seguir o link que coloquei no comentário às 12:39 e procurar no meu canal. Só não coloquei os links porque iria entrar em moderação.

            PS: O demo de Gt vai estar aberto até amanhã.

          • Se tem algo de GTS que gostaria de ver em Forza 7 é Interlagos, para mim está no top 5 dos traçados mais desafiantes e divertidos, também está na lista de preferidos de pilotos de todo o mundo.
            Parabéns a Polyphony Digital por essa iniciativa.

      • Coloque umas seta pequenas te informando a melhor trilha e umas trepidações na câmera e pronto esta é a sensação de velocidade que tens em Forza.

        Mas ao olhar o último vídeo verás que em ambos os jogos o carro percorre a mesma distância no mesmo tempo e consequentemente com a mesma velocidade, mas ao olhar para a linha….

        Tire a linha de condução(quem quer simulação não precisa disso) e terá um jogo idêntico ao GTS.

        “Faz a curva como um trilho”, “asfalto parece um chão liso” Estas frases não parecem antagônicas? Quem saiba você não deve estar realizando as curvas da maneira correta, mas lembrei você é um PS4 Virtual Player, não tem PS4 e se baseia pelo Youtube, onde a pessoa que está jogando pode fazer o que quiser.

        Novamente digo não acho GTS melhor que Forza 7, mas muita gente ficará incomodada caso este chegue nos 87 do FM7.

        • Corrigindo: 86.

          Pelo andar da carruagem o mais do mesmo(declaração feita em uma comemoração dias atrás) pode ser ultrapassado por um jogo inovador, com orçamento muito menor e que não é AAA e sim indie (Cuphead).

        • Sim com certeza, o PS4 ali é virtual.

          Todas as assistências podem ser desligadas no Forza.

  2. Joguei a demo, e sim, GT está mais bonito que o Forza 7, porém a sensação de velocidade no GT eu não gosto, por essa razão prefiro o Forza

    • Está mais bonito no replay e modo foto. Jogando mesmo nem pensar.
      Concordo com você quanto a sensação de velocidade, melhor, a ausência dela.
      Agora querem dar a desculpa que é a linha de condução que transmite velocidade, o fato é que com linha ou sem linha, que aliás é opcional, Forza transmite uma sensação de velocidade empolgante e GTS não.
      Os carros em GT parecem que estão amarrados, parece que estão tentando empurrar a pista e não o peso do carro.

      • Alexandre Oliveira 11 de Outubro de 2017 @ 14:56

        Os simuladores de condução não são conhecidos pela sensação de velocidade olhe o Iracing,Rfactor etc e são conduzidos pelos melhores pilotos…
        Os simuladores dão prioridade ás linhas de corrida,estratégias de corrida, setup do carro…

        Para dar a sensação blockbuster de velocidade já temos os Need for speed desta vida e Forzas que concerteza têm o seu espaço nos videoJogos (Gosto muito do Forza !!)

        • Não vou nem comentar pontos como a total falta de realismo na forma como o carro entra nas curvas ou o asfalto liso igual um tapete, mas um game de condução onde o carro parece estar amarrado não pode ser considerado simulador. Faz parte da simulação a velocidade, para estar atento e não entrar na curva errado, algo que está impossível no Gran Turismo, o jogo ta feito pra todo mundo jogar bem, o que mostra que a certificação da FIA nada mais é do que Marketing.

          Mesmo o Project Cars não vacila nessa:

          https://www.youtube.com/watch?v=esBOwD6-LpI

          Alguém aqui já deve ter andado de Kart na vida, não é possível que ninguém percebe.

          • https://youtu.be/7WW-k4l1ko8

            comente a física aplicada aqui Fernando, já que vc é expert nisso.

            Aguardo o seu veredito sobre blz

          • “o que mostra que a certificação da FIA nada mais é que Marketing.”

            https://farm5.staticflickr.com/4505/36982815663_01f29e891e_z.jpg

            e mais:

            https://youtu.be/sBWoopoIy7Q

            vamos nos deliciar com estas perolas do nosso especialista em física, sensação de velocidade e experiente piloto profissional do PCmanias.

          • Sério mesmo Netto! Isso é o melhor que você consegue para tentar denegrir Forza 7.
            É muito simples a explicação para esse comportamento da física nesse caso específico.
            Não sei se você sabe, mas nessa versão de Forza criaram um novo assistente (eu particularmente achei totalmente desnecessário e sem sentido) que é o Assistente de Fricção, ou seja, quando o mesmo está ativado ele anula os efeitos da física em pisos molhados, grama, terra, areia entre outra superfícies e condições diversas, é como se tudo fosse asfalto e seco.
            Como eu disse, é somente uma assistência e como tantas outras que existem em qualquer jogo de corrida, inclusive GTS, podem ser desativadas.
            Só não sei onde estavam com a cabeça quando criaram isso, podem alegar que é para atrair um público maior, mas pelo menos para mim não faz sentido nenhum por que para isso já há o excelente Forza Horizon.
            Então Netto, sinto muito, mas essa não colou.

          • Tens toda a razão Igor… Agora convêm também ter em conta que GTS também tem assistências. Somente com ambos com tudo desligado é que podemos ver o realismo dos dois.
            Mas convenhamos que a Turn 10 exagerou com isso. Porque o jogo assim é 100% arcada.
            A minha opinião é que ambos os jogos estão muito bons. Forza dá mais prazer directamente (diga-se que a driving school do GTS é ridícula é frustrante). Quanto às qualidade da simulação, os pontos fortes dividem-se. Mas felizmente são jogos em plataformas diferentes que não competem directamente entre si.

          • Concordo totalmente Mário, a Turn10 exagerou e muito nessa. Lógico, é só não usar a assistência, mas como já havia dito antes, não tem lógica nenhuma colocar esse tipo de coisa em um jogo de simulação.
            O que eles estão querendo, uma concorrência com Forza Horizon.
            “Cada macaco no seu galho.”

          • Igor…

            Quando se chega a meio de uma conversa convém opinar quando se tem os dados todos, porque dessa forma não só não se contribui nada para a conversa como não se fica nada bem.

            Achas que o Netto não sabia disso quando postou o vídeo se até no título está lá o que referes??

            O problema é que temos aqui um utilizador a tentar criticar GTS por vídeos que viu no youtube, onde depreendeu dados sobre a física dos carros, e a elogiar Forza por não ter nada dos maus exemplos que viu. E o que o Netto fez foi provar que Forza também é assim, em certas condições e que tudo depende das opções activadas.

            Aliás, que quando muito, ver vídeos no youtube não serve para tirar ilacções sobre a qualidade do jogo em termos de física.

          • Caro @Igor, a intenção nunca será de hate a qualquer jogo bom do Xbox, quem aqui participa ja viu as analises positivas que já fiz aos principais titulos da plataforma, Forza’s hj pra mim são as principais IP’s em termos de qualidades de jogos da Microsoft, Forza junto ao GT estão entre meus jogos favoritos quando assunto é jogos de corrida.

            A intenção do vídeo está dentro do contexto do histórico desta cv onde o colega acima estava a criticar a fisíca do Jogo GT com tanta propriedade quanto um especialista na área, e como todos sabemos que aqui ninguém tem qualificação para falar de coisas tão técnicas e que envolvem inumeros fatores vi que cabia o vídeo que claro é engraçado, um jogo como forza motorsport que tem a pretenção de simular a realidade assim como o GT ter um gameplay como mostrado no vídeo é em tudo estranho, agora sabendo que se trata de uma assistencia do mesmo fico mais tranquilo quanto a uma futura aquisição, mas mesmo assim começo a pensar que transformaram o Mostorsport 7 em Horizon 4 pois é exatamente essa a qualidade deste ultimo, um jogo divertido sem compromissos com a realidade. Sem falar na tão polemica opção de voltar no tempo diante de um erro durante a corrida.

            Por fim, espero finalizar minha participação nestas cv pois eu prefiro primeiro jogar o game antes de sair demonizando o mesmo como alguns aqui estão fazendo, quanto puder jogar tanto forza 7 quanto gt sport farei minhas avaliações.

            Fiquem em paz.

          • @Netto Fora que no YouTube a pessoa não sente quando o carro puxa para um dos lados, quando jogamos com o joystick sentimos o carro sair de traseira em uma curva, mas no YouTube essa sensação não é transmitida, dando a impressao de que o jogador errou ao contornar a curva.

  3. Alguém me corrija se estiver enganado, mas o objetivo de uma corrida não é a emoção e adrenalina proporcionada pela velocidade!?

    • Não… o objectivo de uma corrida é simular a realidade das corridas o melhor possível! Essa situação que referes é apenas um dos fatores a se ter em conta.
      A sensação de velocidade consegues de cinco formas…
      1 – Com motion blur nas extremidades da imagem. Algo que dá uma ilusão tremenda de velocidade, mas que tem de ser implementado na dose certa pois pode distorcer o efeito de velocidade real.
      2 – A velocidade a que passam os objectos. Neste aspecto, estes jogos obedecem a escalas correctas, pelo que eles passam à mesma velocidade em todos.
      3 – A altura da câmara face à estrada… Basta esta ficar um pouco mais alta do que deveria e perde efeito.
      4 – O desfoque do cockpit… Algo que nenhum dos dois jogos em causa faz… Quando olhas para fora do vidro, não focas o cockpit. Olha o efeito em Grid:
      https://www.youtube.com/watch?v=loDz54Av-RI
      5 – A tremideira da câmara. Vê este video, percebe como tudo se move igual, mas a sensação de velocidade é diferente:
      https://www.youtube.com/watch?v=aW8bh_JtQTc

      • Acho que essa comparação entre GTS e Forza 7 demonstra bem essa diferênça na percepção de velocidade e adrenalina proporcionada pelos dois jogos, inclusive o som ajuda nesse aspecto deixando tudo ainda mais empolgante.
        Um detalhe curioso é que como podem perceber nesse vídeo não há setas de direção no chão, um recurso opcional que alguns alegaram ser um dos motivos de Forza transmitir uma sensação maior de velocidade.
        A verdade é que com ou sem setas, a sensação de velocidade em Forza é muito superior a de GTS.
        Os carros são os mesmos, a única diferença é um detalhe na pintura.

        https://youtu.be/OU3j1fLomd8

        • @Igor Sabes que pecou em ter colocado este vídeo de comparação?

          Os carros são os mesmos, mas o circuito não.

          Como vais comparar sensação de velocidade se os carros estão em setores diferentes de circuitos diferentes?

          Como comparar a velocidade em GT que está e um circuito de corrida (Dragon East) com FM7 que está em um circuito de rua(Abu Dabi, eu acho), sendo que este por ser de rua possui pinturas no asfalto que fazem o mesmo efeito da linha de trajetória?

          Como comparar a velocidade se em nenhum dos 2 circuitos há algo em comum?

          Um outro detalhe, aos 00:20 do vídeo no lado do Forza se olhas para o chão pensa que o carro está super rápido ao contornar uma curva e logo após sair dela, mas se pular para os 2:10 terás uma sensação diferente, o motivo? As listras de comprimento diferente.

          • E uma coisa que percebi, no lado do Forza há uma seta de mouse!

          • Dou-te aqui um documento da Faculdade e Engenharia da Universidade do Porto e relativo a pinturas rodoviárias:
            http://www.estgv.ipv.pt/PaginasPessoais/vasconcelos/Documentos/ManualdeAcessibilidades/ManuaisCCDRNmiolo_AF/12SinRodoviaria_AF.pdf
            Vai ao ponto 2.31
            Ali estão tabelas com tamanhos das marcações rodoviárias e espaçamento entre os traços.
            Como vês, mesmo na pior das hipóteses os traços descontínuos devem ter 2 metros de comprimento, e estar espaçados de 5 metros, ou terem 3 metros espaçados de 4 metros, apesar de o normal serem traços de 4 metros, afastados de 10 metros.
            Se Forza 7 respeita as escalas das pistas, a escala das pinturas no chão não respeita escala nenhuma! Como se percebe, os traços são pequenissimos face ao carro, e o espaçamento é pouco mais de 1,25x o comprimento da linha. O carro em questão mede exactamente 4,671 metros, mas a sua dimensão é igual a dois traços mais um espaçamento.
            A ideia é criar a sensação que eles passam muito depressa, criando a ilusão de velocidade. Tal e qual como as setas na pista!

            Quando referi as setas colocadas para criar a sensação de velocidade, sei do que estou a falar… não ando aqui a mandar bitaites para o ar, e quem me conhece, o que inclui os leitores mais antigos, sabe disso!

            PS: Pausa o vídeo do Igor aos 54 segundos e repara nas marcações na berma da estrada! Percebe como estão mais ou menos com a mesma escala. Depois reproduz do segundo 48 ao 55. Repara como a sensação de velocidade face aos mesmos é semelhante.
            Outra coisa. Pára nos 2m 52s e reproduz. Olha para a atualização dos reflexos nos dois carros. Forza 7 reproduz os reflexos num número de fps bem inferior ao que o jogo corre… Uma curiosidade, mas que mostra mais uma vez onde se poupa para se obter performance.

          • @Mario não entendi para quem foi a tua resposta.

            Ao falar sobre o documento ela se encaixa com o meu comentário sobre a questão das faixas(listras) pequenas que dão a sensação de velocidade maior (00:20 do vídeo) e quando o FM7 passa a ter faixas maiores a sensação entre os 2 jogos é semelhante. Abordei ali que no mesmo jogo tenho 2 sensações.

            Creio que a tua resposta não foi para mim.

          • Foi para todos… Mas o principal foi confirmar o que dizes.

          • Ahh e um outro exemplo de onde se poupa são nos retrovisores de Forza 7 que não refletem todos os elementos.

          • “Como comparar a velocidade se em nenhum dos dois circuitos há algo em comum?”

            @Lívio
            Realmente eu errei em ter colocado esse vídeo…

            …por isso encontrei esse outro que apesar de não ser na mesma pista ambas possuem as mesmas características, mas com um detalhe, dessa vez as faixas no asfalto estão no GTS e não no Forza, detalhe esse que segundo foi argumentado aqui ajudaria a aumentar a sensação de velocidade.
            Ainda sim, mesmo Forza levando essa “desvantagem” em não ter faixas e GTS contando com essa ajuda, pasmém, Forza 7 ainda passa uma sensação de velocidade maior. Como pode!?
            E é lógico que o carro é o mesmo, e falando em carro, percebam que mesmo quando o carro em GTS está com uma velocidade maior (o que é facilmente comprovado olhando o velocímetro), a sensação de velocidade em Forza ainda é maior.

            https://youtu.be/fSGDuX4WzlQ

            Será que são as paletas do limpador de parabrisa que se movem que estão ajudando a aumemtar a sensação de velocidade em Forza!? ?

          • Neste caso tens outras coisas. Os prumos da vedação estão mais proximos uns dos outros que em GTS. Dessa forma vês mais a passar dando mais ideia de velocidade.
            Poem um carro a 500 KM/h no deserto e outro a 120 numa estrada com pinturas… se a estabilidade dos carroa for igual a referencia das pinturas faz com que a sensação de velocidade seja maior.
            Porque na realidade a distancia percorrida é a mesma. Só dessa forma podes ter tempos por volta no jogo que sejam semelhantes entre os jogos nas mesmas pistas, e equivalentes à realidade.

            “Arranjar estes métodos não é vergonha… é mestria!
            Somos enganados e bem enganados, poupando-se processamento.”

          • Mas essa comparação também foi invalida igor, fica claro logo no ínicio do vídeo que o carro no F7 já está em altas velocidades, ou seja, no talo, enquanto que no GTS o carro ainda está desenvolvendo velocidade, condições injustas novamente.

            Interessante notar a evolução do som do carro no GT bem melhor que nas edições anteriores dele.

            Graficamente por este vídeo, GT parece mais realista e melhor graficamente que este ultimo forza também.

          • Sabe @Igor, ontem a noite por volta das 23 horas já cansado e com sono vi o vídeo e cheguei a concordar com você.

            Mas teve uma frase que você colocou e me chamou a atenção, mas depois ao analisá-la mudei de opinião:

            “Ainda sim, mesmo Forza levando essa “desvantagem” em não ter faixas e GTS contando com essa ajuda, pasmém, Forza 7 ainda passa uma sensação de velocidade maior. Como pode!?”

            E da mesma maneira que você procurou um vídeo com detalhes, eu procurei por detalhes no vídeo. Como pode um carro em Forza está com velocímetro DIGITAL marcando 159 e o mesmo velocímetro em GTS marcando 257 e mesma assim Forza tem uma sensação de velocidade maior?

            Viu que deixei a palavra DIGITAL em destaque no parágrafo anterior? Pois bem, pause o vídeo em 1:01 e olhe para o velocímetro ANALÓGICO de ambos os carros, notou alguma diferença? Notou que o velocímetro analógico de FM7 possui diferenças na casa de 25(0,25,50,75…) e a de GTS na casa dos 50 (0, 50, 100, 150, 200, 250)? O que explica essa diferença entre os velocímetros? Só tem uma resposta, diferença nas unidades, FM7 usa milhas por hora (MPH) e no vídeo do GTS usa KM/H, que ver mais detalhes? Olha no lado direito do conta giros, a temperatura de FM7 usa F° enquanto GTS usa C°.

            E se eu te disser que convertendo MPH(159) por KM/h temos justamente 255 KM/h. Ambos estão praticamente a mesma velocidade então seu argumento de velocímetro não está certo. Tem pontos do vídeo, como em 1:23 que em FM7 marca 170 contra 231 em GTS, mas convertendo esses 170 temos na verdade 273,58 KM/h.

            E sobre as linhas no circuito de GTS? Bem lembra no outro link que você colocou que eu disse que aos 2:10 tens uma sensação diferente de velocidade em FM7, que aparenta ser mais lenta? Ela aparenta ter o mesmo comprimento que em GT.

            Infelizmente na visão externa não tinha o velocímetro, mas até entendo pois o objetivo do vídeo é a comparação do som.

            Só consegui reparar a diferença entre os velocímetros analógicos quando coloquei o vídeo na minha TV de 50?.

            Reitero, quer comparar? Use o mesmo para ambos os jogos.

          • Uma correção. A frase que me fez analisar o vídeo foi esta:

            “E é lógico que o carro é o mesmo, e falando em carro, percebam que mesmo quando o carro em GTS está com uma velocidade maior (o que é facilmente comprovado olhando o velocímetro), a sensação de velocidade em Forza ainda é maior.”

    • Curioso que digas isso…

      Até agora, do que pude visualizar, o jogo que melhor dava essa sensação foi este, que foi muito criticado por ser a 30 fps, por ser muito simulador, e por isso não contribuir para isso:

      https://www.youtube.com/watch?v=fDTNbEwHZFY

      Podemos então considerar, pelo teu critério, este como o melhor jogo do género lançado até hoje?

      • Tenho jogado Driveclub ultimamente e a sensação de velocidade do mesmo é brutal.

        Alias nestes ultimos meses só games de corrida tem me chamado a atenção, Driveclub e NeedforSpeed no PS4 e Forza’s Horizon 1 e 2 no Xbox One, de todos quanto a sensação de velocidade realmente Driveclub domina..

        • Sinceramente e depois de ter experimentado jogos a 60 fps, prefiro Driveclub.

          É muito divertido e de cair o queixo, com uma sensação de velocidade e adrenalina brutal.

          Para mim é pena a Sony ter terminado a parceria com a evolution. Driveclub 2 seria algo que eu gostaria de ver.

      • Driveclub tem gráficos bonitos, mas não é e não tem nada de simulador e não é o melhor arcade, esse título é de Forza Horizon 3.
        Ou seja, não é uma coisa nem outra, portanto não é o melhor em nada a não ser nos gráficos de um jogo de corridas em circuito fechado mas arcade.
        Lembrando que Forza Horizon 3 é arcade, mas em um mundo aberto imenso.
        Com Driveclub não se encaixando em nenhum desses mundos, essa comparação não tem lógica nenhuma sendo totalmente descabida.
        Mas sem fugir do assunto, entre Forza 7 e GTS qual proporciona uma sensação de velocidade maior?

        • Opinativo Igor… Driveclub supera em muitas coisas Horizon, e Horizon é melhor em outras coisas.
          Driveclub é um jogo arcada com componentes de simulação, e dos melhores jogos de corridas que já tive oportunidade de jogar. O ser mundo aberto é um atrativo de Horizon, mas que o torna ainda mais arcada. Andar no meio do milho com supercarros bate tudo o que possa ser dito face ao realismo que o jogo possa ter.
          São jogos diferentes, e onde o título de melhor arcade, não cai para nenhum dos lados!

        • Não?

          “This has made Forza Motorsport 7 the most fun out of the large number of racing games I’ve played this year. The ability to simply jump in and play is unlike any of its competition. Part of this is the simple fact that Forza is the furthest from a racing sim than any others. Even with assists turned off, it’s still a little more arcade than others. It’s far from an issue and Forza clearly doesn’t intend on being a pure sim”

          Tradução:

          Isto torna Forza Motorsport 7 o mais divertido do grande número de jogos de corridas que já joguei este ano. A possibilidade apenas começar e jogar não tem igual em qualquer título da concorrência. Parte disto deve-se ao simples facto de Forza ser o mais distante de um simulador que qualquer outro. Mesmo com as assistências desligadas, ainda é um pouco mais arcada que os outros. Isto está longe de ser um problema e Forza claramente não tem intenção de ser um simulador puro.

          Fonte:

          http://wccftech.com/review/forza-motorsport-7-skidding-out-control/

          “This is where Forza distances itself from the ultra-sims of this world like Project Cars 2. Rather than obsessing over perfectionism, Forza does a much better job of bringing the high-end racing experience to all players, and offering steps for them to improve. Assists can now be turned on and off mid-race, which is great for those who want to test the waters with tougher race settings, especially as you get your mitts on faster cars. … It really is an experience that feels built for every player.”

          Tradução:

          Aqui é que Forza se distancia dos ultra-simuladores deste mundo como Project Cars 2. Em vez de se obsessionar com perfeccionismo, Forza faz um muito melhor trabalho de trazer uma experiência de corridas de alto nível para todos os jogadores, oferecendo passos para que possam ir melhorando. As assistências podem ser ativadas/desativadas enquanto a meio de uma corrida, o que é fantástico para aqueles que querem testar as àguas com settings mais exigentes, especialmente à medida que se vai tendo acesso a veículos mais rápidos.

          Fonte: http://www.trustedreviews.com/reviews/forza-7#8Rfku9Prh8l6jVdJ.99

          Posso saber porque é que o facto de o jogo conjugar características de simulador e arcada lhe retira méritos? (E pelo menos informa-te antes de vir para aqui dizer que Driveclub não tem nada de simulação – é essa pérola e a de que os veículos não eram afectados pelas condições climatéricas que demonstram que há aqui muita gente a criticar sem bases nenhumas) Essa foi a principal crítica ao jogo que vi os teóricos do costume virem cá fazer, enquanto elogiavam Forza por ser um simulador puro e duro.

          E pelos vistos, é precisamente o misto de simulador com elementos de arcada que fazem de Forza 7 algo tão apetecível e divertido ( ao passo que temos aqui pessoas a tentarem denegrir GTS precisamente por não ser realista o suficiente).

          Pelo teu critério então Forza também não é o melhor em nada?

          • Você é muito metido a sabichão mesmo e se acha o dono da verdade.
            Primeiro usa a mesma fonte do cara que mentiu descaradamente dizendo que Forza 7 é todo estático. Qualquer um que tenha jogado pelo menos a demo de Forza vê (a não ser que seja cego ou tenha ódio de tudo venha do Xbox) que isso é uma mentira descarada.
            A segunda fonte já começa errado quando refere que Project Cars é um ultra simulador, não é, os que se encaixam nessa categoria são iRacing, rFactor e Asseto Corsa, por exemplo.
            Então siga o seu próprio conselho e pelo menos se informe antes de vir aqui dar uma de paladino.
            Para mim Forza é sim o melhor em muitos aspectos, mas nem por isso tenho problema algum em jogar Gran Turismo, Project Cars e até mesmo Driveclub ou qualquer outro jogo de corrida, isso por que simplesmente adoro carros e corridas, sejam elas reais ou virtuais.

          • Só uma nota pois não me quero meter na conversa.
            Forza… é estático… GTS é estático… Driveclub é dinâmico.
            O ceu de Forza é um video, o de GTS é uma foto, o de Driveclub é volumétrico e dinâmico.
            A luz de forza é pré calculada, a de GTS é pré calculada, a de Driveclub é dinâmica.
            O tempo de Forza é pré calculado, o de GTs não existe, e o de Driveclub é dinâmico.
            Os retrovisores de Forza cortam imenso detalhe. Os de GTS tambem cortam, apesar de menos. Os de Driveclub não cortam quase nada.
            Forza é 60 fps, GTS é 60 fps, Driveclub é 30 fps… acho que se percebe a relação.
            Para 60 fps as componentes dinâmicas desaparecem. E o pouco que há é a 30 fps. Por exemplo, os cubemaps de GTS são a 30 fps, os de Forza devem ser menos pois eles saltam bastante. Os retrovisores tambem são a 30 fps.
            A parte mais dinâmica destes jogos é a iluminação dos farois dos outros carros. Driveclub e GTS nesse campo estão ambos superiores a forza.
            Curiosamente nestes jogos podes ver a luz do dia a cair, e em GTS até passa de dia para lusco fusco e os carros acendem farois… então como é que não são dinâmicos? Em Forza até está sol e depois chove.
            Tudo pré programado! A chuva arranca sempre que se alcança um local, a liz diminui da mesma forma. Não há dinamismo, há etapas pré programadas que se activam.

          • Forza pode não ser dinâmico como também Gran Turismo não é; o céu, nuvens e tempo também podem não serem dinâmicos e volumétricos, mas que fique bem claro que em nenhum momento disse ou afirmei que as nuvens de Forza eram volumétricas, deliberadamente vieram com essa falácia do espantalho.
            Voltando ao assunto, de estático Forza não tem nada, a não ser que o signicado da palavra tenha mudado.

            “ESTÁTICO:
            Imóvel; falta de movimento; que não se consegue movimentar, mover; que está parado. Paralisado; sem progresso, evolução. Diz-se do aspecto cujo estado não apresenta alteração ou ação.”

            O céu se movimenta; a nuvens se movimentam e mudam de forma; está seco e começa a chover e depois para; há neblina, poeira, areia e fumaça se movimentando e mudando de forma; há folhas caindo das árvores e pássaros voando; diversas partes do carro se movimentam como limpadores de parabrisa, retrovisores, aerofólios, escapamentos e até mesmo fios e tubos de ar dentro do cockpit. Ainda há mais coisas acontecendo durante a corrida, mas acho que já é suficiente para ilustrar o que estou querendo dizer.
            Agora, se é um vídeo ou não, não importa, a técnica utilizada ou o nome dado a ela também não importa, isso por que o objetivo que era simular a realidade foi alcançado.
            E tudo isso rodando a 1080p/60fps cravados no One e 4K/60fps cravados com melhorias no X, é um feito que nenhum outro jogo conseguiu até o hoje.
            Então, entendeu agora Bruno ou vou precisar desenhar pra você.
            Vai jogar Forza se o seu ódio pelo Xbox e Microsoft permitir ou siga o seu próprio conselho e se informe melhor antes de falar asneira e tentar desqualificar o que os outros dizem criando um espantalho.

          • Igor… se movimento no ecrã significasse dinâmico, nenhum jogo se enquadrava noutra definição.
            Nos universos 3D o termo estático não é para ser tomado à letra. Ele pode ser usado para significar algo não dinâmico, ou seja algo pré programado. Algo que não se mexe por si, mas que é feito mexer. Tal como uma marioneta se distingue de um robot autónomo, apesar de ambos se mexerem. Um é estático, o outro é dinâmico!
            Teres uma sombra que é calculada de acordo com a posição do ponto de luz que se pode mover é considerada uma luz/sombra dinâmica, se ela é apenas uma textura animada, ela é estática.
            Não tem a ver com o ser animada ou não, mas sim com a forma como ela se enquadra no universo 3D, e se é calculado de acordo com ele ou não.
            Algo dinâmico é algo que se adapta sozinho às realidades do mundo, algo estático, neste tipo de linguagem significa algo que é pré programado que acontece da mesma forma dê lá por onde der..
            É realmente um termo confuso, e que não devia ser usado. Eu pessoalmente prefiro o termo “baked” ou cozinhado, mas o estático é o que se usa mais popularmente.
            Agora não sei e nem quero saber se num artigo de terceiros não souberam distinguir isto e misturaram as definições de estático, mas no que toca à minha parte é a isso que me refiro.

            Num exemplo curioso: imagina um carro a correr numa pista e a sua sombra a andar à sua volta conforme a posição. É uma sombra dinâmica?
            Será dinâmica se ela for calculada em tempo real, mas a mair parte das vezes a sombra é uma mera textura. Calculas 4 linhas que passam nos lados do carro e na frente e trás e ligas todas ao suposto ponto de luz de forma a saberes onde colocar a sombra.
            Isto é um falso dinâmico, algo intermédio. No dinàmico real não há quatro pontos, mas muitos mais, e a intensidade da sombra diminuiu com luz mais fraca e sobe com luz mais forte.
            Os programadores tem muito jeito a simular isto de forma simplificada, e a maior parte dos jogos 60 fps que não sacrificam o grafismo são muito bons nisso, em aldrabar visualmente para dar a ilusão.
            Olha as arvores de Forza que são 2D (e sim, as de GTS tambem são). Ninguem nota isso pois a temática do jogo é olhar as mesma da perspectiva da estrada e passar lá depressa.
            Arranjar estes métodos não é vergonha… é mestria! Somos enganados e bem enganados, poupando-se processamento.

          • “Arranjar estes métodos não é vergonha… é mestria!
            Somos enganados e bem enganados, poupando-se processamento.”

            Mário, este seu último parágrafo descreve muito bem o que estou tentando dizer desde o começo.
            Não importa o nome ou a técnica utilizada mas o resultado alcançado. No fim é isso o que interessa para quem está jogando, a pessoa está vendo tudo aquilo acontecendo na tela e para 99% é isso o que importa.
            Ninguém vai ao cinema para durante a apresentação do filme ficar se questionando quais foram as técnicas utilizadas para criar aqueles efeitos especiais, as pessoas só querem se divertir e pronto.
            Se o efeito desejado foi alcançado, perfeito!!!

          • Eu informo-me e justifico, tanto que coloco fontes e citações. E sobretudo, ao contrário de ti, falo do que sei, não me ponho a fazer afirmações e misturar conceitos dos quais não sei nada enquanto trato o resto do mundo de mentiroso.

            E como foi provado, a pessoa a quem chamaste mentirosa, não só falou a verdade como, ao contrário de ti, sabia do que falava.

            A questão nunca foi se sentias problemas aos jogadres jogos, mas o teu critério de criticar Driveclub como não sendo um simulador,e por isso não poder ser usado numa comparação,
            quando Forza também é tão popular quanto é precisamente por não ser um simulador puro e duro e e conter elementos de arcada que são “user friendly”. E se pensas que só esses dois é que escreveram isso, posso dar-te mais. Por exemplo esta:

            “This is not a hardcore simulation like Assetto Corsa – there’s definitely some slight softening of handling principles that ease the gamer’s struggle against the track. For instance, you can save a car from a slide or kerb-ride that would undoubtedly have seen you facing backwards in Project CARS 2. The result is what some might call ‘simcade’ – a word that’s too often used disparagingly. But if it means a racing game that’s both realistic and fun, then simcade works for me. Authenticity and fun? Take my money.”

            http://www.gamesradar.com/forza-motorsport-7-review/

            Ou queres continuar a bater na mesma tecla e chamar a todo o resto do mundo mentiroso?

  4. Alexandre Oliveira 11 de Outubro de 2017 @ 14:43

    Sou um Jogador de Gt e adoro o Forza …para mim o problema do Forza 7 é crer parecer mais bonito que a realidade e ser pay to win….
    Neste momento tenho o Project Cars 2 e Mário gostaria de saber se vais abordar os bugs que este jogo traz mesmo após o patch de lançamento,(hoje foi lançado o 2.0 mas ainda não testei).

    Dito isto vou comparar GTS a Project cars 2 que é o k tenho jogado mais!
    A nivel de Gráficos o GTS está muito mas muito melhor,as PitStop estão qualquer coisa de fantásticas, em pista sem ajudas ligadas a Jogabilidade é muito boa..mas quando colidimos a nível de som e sensação podia estar bem melhor dá aquela sensação Arcade de que embater no muro ajuda a fazer as curvas….não ter clima dinâmico é uma oportunidade perdida e a nivel de Som sendo o melhor da serie GT, ainda falta um bocadinho para chegar ao PC2.

    PC2:
    Tem muitos…mesmo muitos bugs na PS4…Os gráficos são demasiado serrilhados e sofre de screen tearing (estou a jogar numa LG 4K),
    As Pit Stop umas vezes com crew e muitas vezes sem ninguem…apenas o carro!! Apesar de eu fazer restart numa sessão os danos visuais não desaparecem (partes o para brisas numa qualificação e apesar dos restart fica sempre partido..tens de sair da sessão e voltar a entrar)….
    Menus mega lentos, Jogabilidade super inconstante a clio Cup é uma dor de cabeça de Jogar….
    Em compensação os efeitos dinâmicos são muito bons e o conteúdo também (GTS parece um novo prologue…vou esperar pela versão final para ter a certeza)está muito completo com o som a ser mesmo muito bom!

    Duvida pessoal, troco o Project Cars 2 (um jogo com muito, conteúdo mas menos refinado e com vários bugs)pelo GTS (Jogo muito refinado excelentes gráficos até ver bem programado, mas com pouco conteúdo)??

    • Fique com PC2. Tenho o PC1 e gostaria de pegar o 2 , mas no momento está muito caro a exemplo da primeira versão.

      Pegarei (na verdade fiz a pré-venda) do GTs devido a edição de colecionador.

      • Eu não comprei essa. Comprei a com o dualshock edição especial.

        • Essa que vc comprou já esgotou na amazon UK

        • Lixaram-me. Ligaram-me da loja a dizer que a Sony resolveu não lançar a versão do jogo com Dualshock no dia de lançamento do jogo.
          A loja por acaso foi porreira. Diz que me deixa trazer uma versão normal do jogo e que depois a retoma sem prejuizo para mim quando sair a versão com dualshock, pagando depois os 30 euros extra.
          Estou decepcionado. Queria mesmo esse DS.
          http://images.pushsquare.com/news/2017/10/gran_turismo_sports_getting_its_own_dualshock_4/attachment/0/large.jpg

          • Que chato. Mas você iria receber hoje ou amanhã? Qual o motivo do adiamento desse bundle? Se for falta de estoque aí é uma falata de respeito porque na Amazon há estoque do DS4 separado. Comprei o meu na Amazon Uk e sempre falou que o lançamento seria amanhã.

            O DS4 ainda está disponível lá e o lançamento para amanhã. A versão jogo + DS4 esgotou há tempos por lá.

            Na amazon Uk de 5 opções somente 2 estão disponíveis a do jogo e a do DS4 vendidos separadamente.

            Essa é a minha primeira compra pré-venda de fora do Brasil, segundo a Amazon a cobrança só será realizada no dia do lançamento, então espero que amanhã ocorra tudo na normalidade, previsão de chegar em casa 7 dias depois.

          • A pedido da Sony a loja só entrega amanhã!
            Segundo elea decisão de adiar este bundle é da Sony! Parece que tem a ver com o quererem vender as consolas com o jogo e acharem que o controlador pode afetar isso!
            Atualmente as lojas passaram a referir 2017 como data de entregas, mas sem data fixa!

          • Então se a entrega do teu bundle é para hoje ela ficou igual com a da Amazon UK. Quando fiz a pré-venda em julho já sabia que seria lançado dia 18/10.

            Agora o porquê que na américa foi 17/10 e na Europa 18/10 eu não sei.

  5. Alexandre Oliveira 11 de Outubro de 2017 @ 14:59

    Mário os meus comentários estão sob moderação…

  6. Eu não gostei dele. não só pela parte grafica, som e outras coisas menores, como tambem pela falta de diversão que eu senti. Talvez porque eu não tenho interesse nenhum em ser um piloto profissional e queira apenas me divertir.

    Espero que um dia a sony invista em um jogo mais focado na diversão como o Forza Horizon.

    • Forza horizon na atualidade é a melhor IP da Microsoft, jogo tecnicamente impecável com amplo conteudo e muito divertido e dasafiante.
      Tenho jogado simultaneamente o 1 e 2 e pelo menos pra mim deram uma facilitada no 2, não sei se esta percepção é referente ao 1 não rodar a 30fps fixos mesmo no one o que torna a jogabilidade um pouco mais pesada, mas muito divertido mesmo. Ainda tenho o 3 aqui esperando para ser jogado, mas como tenho um black log gigantesco acredito que só deva jogar quando o 4 já estiver ai.

  7. Até agora minha impressão é que o jogo tem várias qualidades mas está abaixo do esperado pra um GT de atual geração, esperava algo superior e tiveram muito tempo.
    Sei que é trabalhoso mas na posso dizer que estou satisfeito. Ainda não sei se vai valer a pena comprar próximo ao lançamento, acho que vou esperar baixar de preço mesmo, tenho outras coisas pra jogar pelo resto do ano.
    O Forza tem a vantagem de ser o Forza, que sabemos sua qualidade, o problema é que está parecendo muito apenas a atualização do Forza 6. Tipo FIFA que não muda muita coisa, porém lá (FIFA) mudamos de engine, novos modos foram adicionados, desde o 16 como, futebol feminino e a Jornada, que agora tem uma continuação muito bacana com o Hunter tendo uma irmã que desconhecia de 16 anos no início da carreira também no futebol… Coisas que agregam valor a um novo título, porém no Forza, além de um Porsche e uma cor e detalhes ligeiramente melhorados (perceptível provavelmente colocados lado a lado e com o HDR ativo), não trás nada que eu saiba que já não tivesse no 6.
    A melhor forma de aproveitar o Forza 7 pelo jeito é o jogando na melhor TV 4k que puder comprar, e com o One X, de resto não deve trazer nada de novo.
    O Gran turismo está com algumas coisas interessantes como essa questão competitiva a nível mundial (FIA), os GT Vision (pra mim é algo muito legal), a condução aparentemente está melhor, traz um realismo muito bacana, detalhamento incrível nos carros, customização interessante, e modo foto sensacional por exemplo.
    Mas a baixa quantidade de veículos (prometeram trazer os outros nas futuras atualizações) que de partida é um tanto decepcionante, na lista de carros não vi a McLaren P1 por exemplo, pode ser vacilo meu mas não encontrei, nem o Nissan R34 que vai fazer falta pro meu irmão que é fã…
    E é bobagem ficar pondo hate porquê um é de outra plataforma, até porquê tem pessoas que só pontua as falhas e nunca exalta as virtudes, daí já se vê o caráter/maturidade… Pretendo jogar os dois com o tempo (apesar das falhas) de qualquer forma e ainda o NFS Payback pra curtir um lance mais descontraído

    • R34 não tem, focaram em carros geração 2000+.

      No futuro quem saiba R34 apareça (tb gosto deste carro).

    • Queres uma opinião sincera, curta e grossa?
      O Forza está melhor!

      • Acrescento e esclareço que falo pura e exclusivamente como jogo no seu global. Olhando para a diversão imediata que podes tirar do jogo.
        Faltou-me isso no comentário anterior.

        • Tanto Forza 7 quanto Gran Turismo Sports são muito bons, cada qual com suas qualidades e defeitos.
          Já joguei muito Gran Turismo desde o primeiro até o quarto, me diverti muito, mas desde que joguei o primeiro Forza foi paixão a primeira vista, e por muitos motivos é o meu jogo de corridas favorito.
          Mas como tudo na vida é uma questão de gosto e escolha, então que cada um aproveite e divirta-se com a escolha que fez.
          Também gostei muito de Project Cars e pretendo pegar o 2, mas vou esperar um pouco por que estão relatando que o jogo está com muitos bugs.

      • O Forza até pode estar melhor (estou a aguardar a saída da X para comprar o meu) mas pelo que vi o GT está mais diversificado e pode sempre vir a aumentar de conteúdos ao longo do tempo, o FORZA apenas vai ter mais uns DLC de carros e de pistas o que não é uma grande mais valia pois ele já tem bastante de ambos, se a MS fizer uma grande surpresa e anunciar um jogo AAA no lançamento do X nem vou comprar o Forza e compro antes o GT S, apesar de não gostar muito de jogar jogos de corridas online aposto que a campanha do GT ainda vai melhorar bastante

  8. Eu queria entender por que nesse vídeo de comparação colocado no artigo o lado do Forza foi capturado em 30fps…

  9. Passados 5 anos de PCmanias e as coisas não mudam por aqui, leio o artigo e começo a ver os comentários e me deparo com os mesmos ataques da mesma pessoa desde 2012 a tudo que vem do Playstation ou da Sony, isso vindo de alguém que não tem a plataforma dita cuja, não jogou a demo, não tem base alguma pra analisar coisa alguma, não é especialista em física, não é piloto com o Kaz, nem tem os carros de competição do jogo ou sequer um dia vai ter a possibilidade de dirigir os mesmos, e pra terminar e derrubar os “argumentos do pobre” o jogo é o único licenciado pela organização máxima do automobilismo FIA, elogiando por pilotos profissionais e tlas, masssss o mesmo se vê no direito de vir criticar tudo o que eu referir acima unicamente para satisfazer o seu ego pois ama a marca Xbox e ali são as unicas coisas que tem valor pra si.
    Sinceramente para uma pessoa que já deve estar na casa das 3 decadas ainda agir assim é em tudo vergonhoso, nem consigo imaginar o motivo que leva a pessoa a passar tanto constrangimento assim.

    Pra terminar e já tendo feito meu desabafo, olhando somente pra este artigo podemos dizer que técnicamente o jogo é muito bom, devendo em conteudo o que ja foi prometido por seu desenvolvedor que vai ser incluido durante o suporte ao jogo como já é prache na PD.

  10. Olá a todos. Joguei o GTS no PS4 pro e o Forza 7 e cheguei a conclusão de que o Forza é muito melhor, a mecânica de condução de GTS é muito inferior… E mesmo no xone os gráficos de Forza são espetaculares.Gts TB brilha no que diz respeito aos gráficos agora, a sensação é que o jogo poderia ser muito melhor em virtude do tempo e experiência da softhouse.

  11. Já que hoje é o último dia da demo e como não poderei mais jogá-lo (ao voltar para casa a demo deve estar expirada) venho falar um pouco do que senti no jogo. Testei somente a vertente offline que é composto pelo Arcade e Campanha.

    1- IA: Um ponto que evoluiu bastante, agora os carros não andam em fila indiana e brigam por posições, se caso você estiver na melhor trajetória da pista a IA coloca o carro ao seu lado e acompanha. Não consegui abrir vantagem em nenhuma das corridas e das que ganhei a diferença foi mínima, se tivesse uns metros a mais provavelmente perderia a posição. A missão de endurance foi a que me surpreendeu pois com tantos carros na pista a IA não decepcionava e não ficava presa quando tinha carros retardatários.

    2- Física: Há mais interação com os elementos da pista, eu mesmo atropelei um cone e a frente do carro deu uma leve levantada. Dependendo do composto de pneus utilizados você sente a diferença ao dirigir o carro, bem como ao tocar com um dos pneus na grama ou areia(estes itens já era assim nos jogos anteriores). O ponto negativo que dou em relação a física é a ausência do sistema de danos.

    3- Gráficos: Com um sistema de geração superior é claro que este tinha que ser melhor que GT6. A iluminação faz com que estejamos a ver um carro real. No geral este quesito não bate Driveclub**. Aqueles que falam que os gráficos de GT Sport parecem de PS3 é porque não testaram o jogo.

    **Embora Driveclub seja um jogo discriminado por alguns, seus feitos em questão de gráficos e interação climática e meteorológica provavelmente só serão batidos na próxima geração de consoles.

    4- Som: O som está melhor e possui praticamente todos os detalhes do Forza 7, a diferença é que o “volume do som” é menos intenso(mais baixo), testei este quesito com os fones, simulando o 7.1 e desligando a música da corrida. Notei a falta de detalhes ao aumentar a marcha, de resto está lá a aceleração, desaceleração, redução de marcha com o barulho do backfire no escapamento. No endurance com o Porsche notei que ao passar pela zebra você escuta os elementos internos do carro vibrarem. Em GT temos um detalhe, seu criador também participa de corridas reais então ele deve estar ciente de como o piloto escuta os diversos sons, não que a decisão dele deverá ser o ponto final no quesito som dos jogos, mas ele por participar do meio tem uma noção sobre isso.

    5- Jogabilidade: Assim como nos antecessores o jogador consegue ir bem mesmo com controle, se quiser “sentir” mais o carro, refinar a pilotagem e melhorar o tempo, o uso do volante é imprescindível.

    Fiquei surpreso com a demo, tem melhorias em relação ao beta do começo do ano e totalmente diferente do que foi mostrado no evento em maio de 2016,até parece que o Kaz estava “escondendo” o jogo para que muitos tivessem uma pré definição de que o jogo fosse ruim para mudarem de opinião após o lançamento.

    O jogo tem pontos negativos, como a falta do sistema de danos e o pouco conteúdo de campanha. Não coloco os 160 carros como ponto negativo porque são poucos que pegaram todos os carros em versões anteriores de GT e tinham versões que só permitiam ter só 100 carros na garagem, pelo que lembro foi no GT2.

    Foi feita uma promessa de que mais conteúdos viriam no futuro, e aqui deixo uma observação: que ele cumpra tudo o que prometeu e que não abandone o jogo como fez com os carros Vision do GT6. O que anima é que os conteúdos DLC de Gran Turismo sempre foram gratuitos.

    Para finalizar espero correr com os leitores do sitio que irão pegar o jogo, mas no meu caso vou esperar até o final do mês pois minha versão será importada e espero que dê tudo certo(cartão de crédito)!

    • Não discriminamos Driveclub pelos gráficos, discriminamos pelo jogo que é, e pelo fato de não ser lembrado como uma referência de condução e diversão, e apenas pelos gráficos.
      E convenhamos, não se espera mais do que belos gráficos de uma game de circuito fechado, poucos carros, física que não pende para a simulação e 30 fps.

      Driveclub é o Crysis dos jogos de corrida, é bonito, mas é chato pra caramba.

  12. Pois bem, eis que estou na BGS 2017 e temos vários cockpits de Gran Turismo Sport no estande da Sony. Pensei, vou lá jogar, com volante, pedal, cambio… Devo dar uma chance ao game nesses moldes, deve ser melhor, estará ali a simulação que falam.
    Muito bem, o jogo melhora nessas condições e fica mais agradável, mas lá, no auge da “simulação” com certificação da FIA continuam incoerências imperdoáveis para um game que se diz simulador. Entro na curva errado, aponto a frente do carro, acelero com tração traseira e o carro não sai de traseira, perco o ponto da freada na curva e a física não me joga em direção a parede, corro uma volta em interlagos, é como se estivesse andando em um tapete, nenhuma ondulação na pista mais ondulada do automobilismo, nenhuma vibração da pista, o jogo não da feedback.
    Não a toa a fila para jogar Forza 7 no Xbox One X demorou duas horas e a do Gran Turismo 20 minutos.
    Entre os presentes na feira algumas críticas, algumas duras como por exemplo dizerem que na câmera de fora do veículo parece que quem corre é a pista e não o carro semelhante aos jogos dos 16 bits. Outras mais contidas apenas diziam que não é do mesmo nível de Forza 7 ou Project Cars 2. Consenso entre todos, os gráficos são os mais bonitos, salvo a qualidade de imagem do Forza 7 no Xbox One X que é imbatível. Porém, o GT Sports é tão estático quanto o Forza 5, da iluminação a`plateia.
    O fato de tudo ser estático não é um problema, mas vale lembrar que para muitos aqui, o Drive Club era melhor que o Forza 5 por que tinha condições climáticas e corridas a noite, depois era melhor que o forza 6 por que o clima era dinâmico, na verdade diziam também que isso era a diferença entre o GT e o Forza, e agora não importa, o que importa é que o replay é foto realista.

    Pois bem, o mais interessante de tudo é que a maior fila do estande da Sony não era o Gran Turismo Sport, nem o Detroit, os únicos exclusivos novos que a empresa trouxe para a feira, a maior fila era a do Call Of Duty WW2. Enquanto as maiores filas do estande do Xbox eram Sea of Thieves com estimativa de até 3 horas e Forza no Xbox One X, forza no Xbox One S, Forza no PC…

    Parece que o console que se vende por seus exclusivos, não o faz aqui no Brasil, local onde 10 de 10 Sonystas dizem que Playstation vende por causa de exclusivos.

    Conclusão, a média de avaliações desse Gran Turismo vai depender imenso da boa vontade dos analistas. O jogo é um retrocesso em todos os sentidos, desde a condução, à maquiagem gráfica.
    E já que a maquiagem gráfica voltou a valer, o nascer do SOl estático do Forza 5 e a forma como ofusca a vista é mais realista do que qualquer angulo de iluminação do GT sports.

    • Hummm… agora a qualidade dos jogos é avaliada pela dimensão das filas???

      Agradecia que visses este gráfico:

      http://images.eurogamer.net/2013/articles//a/1/7/8/6/5/4/4/eurogamer-aysafo.jpg/EG11/resize/600x-1/quality/80/format/jpg

      É um estudo de 2014 que mostra as receitas vindas das vendas oficiais da Xbox e PS4 no Brasil. O que se vê aí são valores obtidos das vendas oficiais, e onde vês a PS4 com menos de metade dos valores da Xbox. Ora se considerarmos que a PS4 custava quase o dobro da Xbox One, a venda de consolas PS4 face à Xbox One no Brasil pode ser contabilizada como 1/4.

      Perante essa realidade, queres comparar filas?

      Para além do mais, como bem sabes a Xbox One X estava lá, e não havendo outro jogo onde se ver decentemente a consola, as pessoas iam lá jogar por muito mais do que o jogo!

      Já agora este video é in car é real e é em interlagos.
      https://www.youtube.com/watch?v=q9Z00zfHKZ0

      Importas-te de indicar onde está a tal ondulação da pista que não vês em GTS?

      Já agora… eis uma comentário do teamvvv… um website apenas dedicado aos jogos de carros.

      We start our Gran Turismo Sport engines with a look at the Maggiore track which proves to be a tricky but ultimately satisfying track full of undulation as well as both high and low-speed sections.

      Hummm… Não é interlagos, mas é uma pista cheia de ondulação. Mas onde??? Tu não a vês em lado nenhum!

      Eis Brands Hatch e Nurburgring em ambos os jogos… dado que não vejo diferenças na pista, sendo que uma sobe quando a outra sobe e desce quando a outra desce, das duas uma, ou Forza tambem é plano, e a definição de plano mudou, ou algo está errado aqui nas interpretações do que são as elevações.
      https://www.youtube.com/watch?v=hG17qvNWgTU
      https://www.youtube.com/watch?v=8Iiqel3EAJ8

      • À análise do website especializado em jogos de automóveis TeamVVV que refere:

        We start our Gran Turismo Sport engines with a look at the Maggiore track which proves to be a tricky but ultimately satisfying track full of undulation as well as both high and low-speed sections.

        Acrescento esta outra de outro website onde meto umas frases a mais para ser claro que se está a fazer uma comparação com Forza 7:

        From a driving standpoint, we feel that Forza Motorsport 7 is a lot more forgiving of mistakes. If you go off track for example, you can come back on track and continue racing. In GT Sport, going off track and attempting shortcuts leads to a slowdown penalty which costs you valuable seconds in the race. The controller vibration effects are better implemented in GT Sport — you feel small rumbles even when you’re on a nice racetrack — something you’d notice in the real world. Very few roads are free of feedback on the steering wheel.

        E contrasto com isto:

        Entro na curva errado, aponto a frente do carro, acelero com tração traseira e o carro não sai de traseira, perco o ponto da freada na curva e a física não me joga em direção a parede, corro uma volta em interlagos, é como se estivesse andando em um tapete, nenhuma ondulação na pista mais ondulada do automobilismo, nenhuma vibração da pista, o jogo não da feedback.

        Alguém analisou mal a coisa… não se pode ser preto e branco ao mesmo tempo.

    • Ahh legal! E assim como você falou haviam cockpits para Gran Turismo e para Forza 7?Sem problemas, jogas em pé e com o joystick! E há relatos (embora não encontrei foto no site oficial da loja) quw uma varejista colocou Forza 7 para teste no cockpit, enquanto o stand oficial não.

      Pelo menos tenho vídeo que mostra que o carro sai sim de traseira(Ainda há outro em Tokyo) mesmo com somente o controle de tração ativado(o resto das assistências desligadas) e que Interlagos não é esse tapete, agora como comprovar o que você falou? Fica ainda estranho de uma pessoa que só fala mal dos jogos do PS.

      Entretanto se você é tão bom assim, jogando com as assistências desligadas sugiro que vá para o automobilismo, estão perdendo um gênio!

      • E olhando para este trecho da análise da Eurogamer quem está falando a verdade? A análise do site ou o @Fernando:

        [quote]”A perspectiva favorita continua a ser a interior ou a bordo. Na maioria dos carros funciona bem e permite escutar o motor plenamente, perceber melhor as mudanças de relação, assim como as travagens e as rugosidades do asfalto, manifestadas em pequenos ressaltos que levam o carro a tremer por completo. Os motores dos adversários nas ultrapassagens estão mais perceptíveis. O capítulo sonoro é um dos que levou mais transformações desde a apresentação do jogo. Ainda sobre a perspectiva interior ou a bordo, curiosamente pode ser mais complicado para pilotar num carro da categoria Le Mans LMP1, com um ângulo de visão para a pista muito escasso, embora passível de ajuste. O asfalto está mais sujo e marcado pela borracha depositada pelas travagens apertadas, o que inculca uma sensação rodagem dos veículos. As subidas aos correctores (também eles sujos) causam maior trepidação e tendo as ajudas desligadas pode provar-se numa manobra letal levando o carro a uma subviragem e consequente saída de pista.”[/quote]

        Acho que deve ser o Fernando, ele não tem PS4 mas tem toda propriedade de achar os problemas do jogo mesmo sendo sempre negativo nos jogos PS, não acredito na Eurogamer cuja opinião é parecida com a minha e com a de demais pois o site é uma mídia sonysta!

      • Sim, não tinha cockpit no estande da Microsoft, tinha no estande em frente. Tinha Forza na feira inteira, no estande da Saraiva, americanas, HyperX.

        De repente colocaram o GT no cockpit com assistências ligadas. O que me faz questionar do por que de ter Cockpit, pois a impressão foi péssima de tão casual.

        • Então se você viu que as assistências estavam ligadas (e creio eu que poderiam ser desligadas no menu da corrida, na demo podia) então seu comentário sobre o contorno da curva, física e do carro sair de traseira ficam invalidadas.

          “Forza 7 tinha em todo lugar” – É claro o jogo foi lançado há mais de 15 dias e tem que vender, o estranho é o stand oficial não disponibilizar cockpits para propor a simulação do jogo

          • Não me pareceu haver assistências ligadas de verdade pois pisar no acelerador até o fundo fazia o carro dar uma leve destracionada, mas ainda controlável. As assistências não permitem.
            De modo geral, eu já joguei Forza no cockpit sem nenhum tipo de assistência e foi muito mais punk. O peso do volante, tempo de curva, noção de aceleração.
            De todos que eu joguei, o Project cars ainda foi o mais difícil de guiar.
            Sobre não ter cockpit para o Forza no estande da Microsoft, eu acredito que se deve ao fato do jogo já ter sido lançado e deles precisarem de espaço no estande para outras coisas.
            Acredite, os cockpits do estande da Sony roubavam um espaço enorme e basicamente era a única atração PlayStation além do VR que tinha de marcar hora pra jogar.
            Haviam poucas estações de Detroit Become Human, e de resto jogos multiplataforma com uma ou outra cabine com jogos já lançados.
            O estande da MS tinha que acomodar um palco junto das estações de jogos, onde ocorriam eventos o tempo todo, como campeonatos de Gears of War e Killer Instinct.
            Além de que a variedade de jogos e plataformas era grande. Tinha Xbox one s, Xbox one x, PCs e notebooks com windows 10 para demonstrar o play anywhere.
            Tinha decoração temática nas estações de Sea of thieves, um Porsche real idêntico ao carro propaganda de Forza 7, cabines exclusivas para games do Game passa. Estações de PUBG, Age of Empire, Super Lucky Stale, Cuphead e games multiplataforma também.
            Esse ano o estande da Sony estava muito morto, não tinha nenhum palco por exemplo. Eu já fui em edições da BGS onde o estande da Sony era o mais lotado. Esse ano, era um dos mais desanimados.

          • Aí é que está Fernando, se não teve cockpit no Forza por falta de espaço então porque deixaram um Porsche parado lá? Não daria mais espaço para o jogo ou outros jogos?

            Pelas fotos que vi Forza 7 estava em um stand em formato de retângulo e o jogo ocupava no mínimo 2 lados deste e não era um espaço pequeno.

            Teve uma outra foto que mostrava o XOS e XOX juntos numa caixa de acrílico e pela foto o espaço ao redor do local tb era grande, mas este espaço não posso confirmar visto que só vi uma foto e a posição ao qual foi tirada pode ter impressões erradas do espaço.

            Contudo só pela presença do Porsche por lá já indica que não foi por falta de espaço.

          • Pode ser que sim, pode ser que não. O acrílico estava ao lado do Porsche, ocupavam menos espaço do que os 10 ou 12 cockpits de Gran turismo no estande da Sony.
            Os dois estandes tinham o mesmo tamanho em área praticamente, mas com layouts diferentes.
            No espaço reservado a Forza 7, talvez coubessem 4 ou 5 cockpits. No espaço do Xbox one x, que era uma salinha separada, caberiam 3. Seria interessante, seria, mas estande viraria um inferno, pois da forma como estava já mal dava pra caminhar ali, e o jogo já foi lançado, outras coisas foram colocadas como prioridade.
            O estande da Sony era muito vazio, vc não tem noção, caberia mais outra fileira de cockpits se assim quisessem. Era basicamente VR com hora marcada e GT Sports com estações de jogos multis nas extremidades e um espaço para estações de call of duty. Mas quando eu digo estações, imagine 4 no máximo. Era essa a quantidade de estações de Detroit Become Human, jogo que não empolgou ninguém.
            Tivessem trazido God of War ou Spiderman, os jogos que passavam no telão mas que não estavam em demonstração, e estaria bem mais cheio.
            Ainda assim, sem cockpit, e com menos estações, as filas do Forza eram maiores que a do Gran Turismo.
            Nas edições de 2014 e 2015, o estande da Sony era de longe o melhor, tinha até apresentação de gameplay em portas fechadas de uncharted 4 e Horizon zero dawn em suas builds da época com sessão de perguntas abertas com desenvolvedores.
            A Sony cagou para a BGS 2017.

  13. De acordo com as revisões que acabaram de sair sobre a versão final, o game exige conexão de internet e não salva o progresso se a mesma não existir.
    As primeiras revisões são as mais generosas geralmente, e vieram dois 80/100.

    • Acho interessante o atual interesse por notas, deve ser o receio por ter perdido em 1 semana 6 pontos e o concorrente ter justamente esse valor para alcançar.

      Foi o que disse dias atrás não imagino notas na metade superior da casa do 80, mas se este conseguir os 86 muita gente vai ficar incomodada, só ver em comentários em sites quem foram os primeiros a comentarem sobre notas, não foram os que estão com GT.

      Pelo pouco single player e a falta de alterações de tempo e clima, um 80 é uma boa nota.

      Algo que ninguém comentou anteriormente, mas o update 1.02 revelou isso:

      All car data is updated in order to support rain conditions

      É de lembrar que na demo existiam os pneus intermediários, de chuva forte e de neve, porém segundo GTPlanet de início o jogo não terá corridas na chuva.

      • Ah, a tal surpresa! Patch 1.02:

        All car data is updated in order to support rain conditions

        Adds the opening movie
        Several tweaks to level design

        The reward sequence has been updated
        Several bugs have been corrected

        It is happening…

      • Nesse momento o concorrente tem 10 pontos para alcançar.
        As primeiras notas são as generosas, as intermediárias são as mais contidas e as últimas geralmente são os clickbaits, aquelas que entram apenas para rebaixar a média. Ali estão as inconsistências, o pessoal dando nota 50, 40 e etc…
        Até agora, tem tudo para ser o Gran turismo de pior avaliação da história e conseguir o feito de não superar nem o Forza 5.

        • 5 avaliações Fernando, vai cometer o mesmo erro de Forza 7? Que na época tinha 13 avaliações com nota 92 e você comemorando como se todos já tivessem avaliado? (falando ainda que o mais do mesmo seria o melhor AAA do ano)

          Pessoal dando nota 50, 40, só que este pessoal são usuários e lá qualquer um pode opinar, se for assim FM7 tá com 5.7 na de usuários(contra 6.8 do GTS, quantos 50, 40 ou até menos ele recebeu? Vamos ser coerentes.

          • Vamos aprender a interpretar texto?

            Eu não falei sobre notas de usuários, eu estou falando sobre notas de sites. A primeira onda é a de entusiastas, a segunda onda de notas são mais contidas e as últimas são o clickbaits, quando todo dia a nota caí mais um ponto.
            Eu não comemorei notas do Forza 7, pra mim tanto faz o metacritic, e cheio de incoerências. Mas quem se preocupa com isso são vocês, falam de média de notas todo dia sobre jogos que ninguém joga mais depois de uma tarde. O Forza 7 ainda é um dos melhores exclusivos do ano e provavelmente vai terminar bem melhor avaliado do que seu principal concorrente.
            E aí eu quero dizer, se o Gran Turismo Sport é uma boa surpresa como o título desse artigo diz, eu só posso concluir que ou estavam esperando uma merda muito grande ou assim como eu, o metacritic vale o mesmo que nada.

          • Não é problema de interpretação, é você colocando notas que não aconteceram na imprensa:

            “… o pessoal dando nota 50, 40 e etc…”

            Se foi uma referência do que aconteceu com Uncharted digo que provavelmente será difícil de acontecer novamente.

            Primeira nota de entusiastas? Então acho que com GT a ordem vai inverter, dali ainda não vi análises de “Playstation Y”, “PS X”. Não lembro qual jogo do PS este ano que também começou com notas baixas e depois foi aumentando, GTS parece que está no mesmo caminho.

            Não se preocupa com notas? É porque o momento não lhe convém, ou porque cantou vitória antes do tempo.

            Em referência do que foi mostrado em maio de 2016 para mim o jogo foi uma surpresa e chego a pensar que GTS teve um pouco mais de 1 ano de desenvolvimento, o que pode explicar o pouco conteúdo e a promessa de suporte assim como em Driveclub, por exemplo em GTS há pneus de chuva forte, mas isso ainda não tem no jogo, só a pista molhada.

            PS: Um amigo que já possui o jogo disse que se colocar o jogo sem atualizar o mesmo só abre o Arcade com 5 circuitos(a parte offline é claro) e não aparecem o menu lateral nem o símbolo GT. Segundo ele a versão em disco é inferior ao que teve na beta.

Os comentarios estao fechados.