Ago 222012
 

A Motorola (agora Google), avançou com um novo processo judicial contra a Apple. O motivo é o mesmo de sempre, violação de patentes.

A guerra Apple – Google arrasta-se já desde Outubro de 2010 e parece não ter fim à vista. É que a Motorola interpôs junto da U.S. International Trade Commission (ITC) uma queixa na qual alega que a Apple está a infringir sete patentes pertença da Motorola Mobility. Estas patentes cobrem áreas como as funcionalidades de localização, notificação de e-mails, leitores de áudio e vídeo, e são inclusive usadas pelo assistente pessoal da Apple, o Siri.

Apesar de esta situação não se poder julgar desde já como válida, a ideia da Motorola é bloquear desde já as importações do iPhone, iPad, iPod, Touch e alguns computadores da Apple”, todos eles produtos que são produzidos na Ásia.

Nas palavras de um representante da Motorola, a empresa afirma que gostariam bastante de resolver a situação fora dos tribunais, mas que a relutância da Apple em trabalhar num licenciamento lhes deixa muito pouca margem, pelo que o recurso aos tribunais seria a única alternativa.

Como utilizador e clientes destes produtos, não podemos deixar de referir que estas situações não são boas para o público em geral. As guerras em tribunal são morosas, dispendiosas, e a justiça é cega, pelo que a razão não é motivo suficiente para se poder alegar vitória. Desta forma, e com os lançamentos pendentes dos novos iPhones, a Apple poderá ter aqui um berbicacho entre mãos.

Publicidade

Sorry, the comment form is closed at this time.