Há um vestido que fica transparente quando detecta alguém excitado.

A tecnologia de vestir ainda está longe de ter arrancado a sério. Mas isso não impede que já tenha chegado à alta costura e que haja um vestido que fica transparente quando sente alguém excitado.

transparentes

O projecto denomina-se INTIMACY 2.0 e vem do Studio Roosegaarde, um estúdio de ideias originais que já tinha criado um aspirador que se propunha ajudar a resolver o problema do smog nas cidades.

Este é um gabinete de arte, moda e arquitectura com escritórios na China e Nova Zelândia, e de acordo com o estúdio a ideia desta roupa é criar uma relação entre a intimidade e a tecnologia (e que que pensava que isso já existia à anos 🙂 ).

A roupa é feita de cabedal e de folhas electrónicas opacas que estão equipadas com electrónica e leds. E detectando as batidas de coração a aumentar, como resultado de encontros pessoais íntimos, a roupa vai-se tornando mais e mais transparente até atingir a transparência total.



Infelizmente pela descrição vaga do funcionamento do produto parece que o mesmo poderá confundir encontros íntimos pessoais com outra pessoa com um encontro menos intimo e menos pessoal com um autocarro. Pois dado que o método se baseia nas batidas do coração, uma corridinha para apanhar o autocarro ou se abrigar da chuva terá como resultado chegar nu ao local. 🙂

No entanto, apesar de muito vago, o projecto descreve que “acções sociais determinam o nível de transparência do vestido, criando um jogos de revelação sensual” e dizendo que este é o vestido ideal para usar na passadeira vermelha. Mas certamente o filme em estreia deverá ser para maiores de 18.

O website do vestido fica aqui.



Posts Relacionados