IBM não atinge as suas metas. Quebra de vendas de hardware é a culpada.

Apesar de a IBM lidar com mercados PC normalmente não acessíveis ao grande público a quebra de vendas de PCs faz-se sentir em todos os mercados. E assim a IBM falhou as suas metas para o primeiro quarto de 2013.

A IBM registou lucros de 3 mil milhões no primeiro quarto de 2013. Um valor que apesar de tudo é inferior em 1% ao registado no ano passado. O dinheiro que deu entrada em caixa também desceu 5% para 23,4 mil milhões de dólares (estamos a falar de empresas que lidam com valores semelhantes aos orçamentos de estado de pequenos países).

A IBM reconhece que a gestão da empresa foi bem efectuada. A mesma cresceu no rendimento liquido obtido, nos valores das acções e nas margens de operação. Mas infelizmente o numero de vendas de software e mainframes não foi atingido no período esperado. Apesar de tudo o lucro por venda aumentou, bem como o número de negócios, mas tal não se reflectiu em vendas (um negócio não é uma venda, podendo envolver várias vendas).

A maior quebra de vendas foi exactamente no Hardware que desceu 17% para 3,1 mil milhões, com os seus Power Systems a registar quebras de 32% e os seus sistemas de armazenamento a descer 11%.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Foi com o software que a IBM equilibrou as contas. 5,6 mil milhões de receitas e um aumento de 1% nos seus produtos middleware que acrescentaram uma receita de 3,5 mil milhões. Já os sistemas operativos tiveram uma quebra de 2% descendo para 578 milhões.

É curioso contudo falar-se de tanto milhão. Com estas noticias e o acompanhamento do défice do estado até parece que o simples euro deixou de existir e que o milhão e milhar de milhão são agora as unidades de referência. 🙂

Fonte: Hothardware

Publicidade

Posts Relacionados