PS4 slim – Será que ainda se pode distinguir a burla da realidade?

A confirmação está dada. A PS4 Slim divulgada é verdadeira e já foi vista a funcionar. Mas a questão é outra! Será que nos dias que correm se torna tão fácil como sempre foi distinguir a burla da realidade? Ou seja, haveria ou não indícios que pudesses indicar a consola como falsa?

Lembram-se da imagem que, supostamente, mostrava a nova NX da Nintendo? Ei-la!

NX-fake

Custa a acreditar que é falsa, certo?

Nos dias que correm, e com as impressoras 3D, a falsificação deste tipo de situações é fácil, e acessível a todos. Daí que a criação de uma caixa como a de cima se torna relativamente fácil a quem tenha acesso a uma oficina, a ferramentas adequadas, uma impressora 3D, e algum jeito.



Resumidamente, o que este suposto protótipo nos mostrou foi que não podemos de forma alguma acreditar mais no que aparece na internet uma vez que a possibilidade de criação de modelos realistas, de elevada qualidade e com acabamentos perfeitos, existe.

Daí que com o aparecimento da nova PS4 Slim, o que podíamos pensar? Como saber se estávamos perante mais uma patranha, ou a realidade?

PS4_Slim1

Uma coisa que parece certa é que a caixa existia mesmo. Perante a quantidade de fotos e a qualidade das mesmas, era claro que não estávamos perante uma fotomontagem, mas sim perante uma caixa real. E a mesma estaria cheia de pormenores ao nível do visualizado na falsa NX que a tornavam credível.

Poderíamos pensar que a consola seria falsa pela posição dos botões de energia e ejecção do BD que estão colocados em frente à slot de entrada, o que quer dizer que uma demora na remoção do dedo levarão o BD a bater no mesmo.

No entanto, essa situação não é anormal no mercado, com vários aparelhos de marcas diversas, o que inclui todas as versões da PS3 slim com botões nessa posição. Logo… não seria por aí!

Poderíamos depois explorar essa dúvida de outra forma, baseando-nos na ranhura da PS4 questionando a veracidade da consola pelo facto de uma pessoa com dedos grossos ter dificuldade em meter o dedo na ranhura!

PS4_slim2

No entanto, essa situação, caso a consola fosse falsa, também seria algo pensado! Como a imagem de cima deixa perceber, apesar das menores dimensões, a ranhura é mais alta que a da PS4, o que facilita o acesso aos botões. Mas há outro pormenor!

PS4_slim3

Apesar de a maior parte das imagens não deixarem perceber, a consola é, tal como a PS4, rampeada, com os botões a ficarem acessíveis sem a necessidade real de se inserir os dedos na ranhura!

Vamos ainda o pormenor do logótipo no topo da consola, igualmente colocado de lado tal como na PS4. E tal como na PS4 a ranhura contorna toda a consola o que permite a colocação de um suporte vertical. Eram pormenores a mais que davam a entender a veracidade da consola

Diga-se que se a consola fosse falsa… teria existido muito trabalho nos acabamentos e nos pormenores pois a consola apresentava uma qualidade de materiais e construção associada a pormenores bem pensados que aparentaria ser real.

Naturalmente poderíamos pensar que a ausência de uma porta audio digital, que está presente na PS4, e que apesar de não provar se a consola seria verdadeira ou falsa, poderia ser vista como um indicador de uma falha do projectista do falso modelo. Mas o certo é que essa é uma porta que poucos usam, e que sabemos agora com certeza, foi abandonada pela Sony neste novo modelo.

Resumidamente, caso a consola fosse efectivamente falsa, não haveria no seu corpo qualquer indicador de tal. Por aí tudo apontava no sentido de ser verdadeira.

Mas e na caixa? Haveria motivos para se pensar que a caixa tinha alguma falha que denunciasse a consola?

E sim, até poderia haver. Mas nenhum deles era comprovativo de nada. Vamos ver o que!

PS4_case



As imagens de cima são das caixas da PS4. E independentemente da váriante, uma vez que há muitos modelos de caixas, há algo em comum entre todas. É que todas elas possuem um gradiante de azul para branco que ocorre por detrás da consola.

Mas olhem a suposta caixa da PS4 Slim.

PS4_Slim_Case

Caso a consola seja falsa e efetivamente sido feita por um jeitoso com uma impressora 3D e acesso aos materiais adequados, a caixa seria a parte que mais rapidamente revelaria uma burla. Afinal aqui já se requer conhecimentos de Photoshop e mais do que isso, a capacidade de criação de uma foto montagem que não tivesse lacunas e chamasse à atenção.

Isso quer dizer que  o facto de o fundo onde a foto da consola não ter o tradicional gradiante, mas sim um mero fundo branco, o que facilitaria muito qualquer foto montagem poderia ser um bom indicador! Mas infelizmente, o gradiante não é regra, e como tal… não indica nada!

Igualmente potencial elemento de suspeita seria o facto de a foto não ostentar o novo Dualshock que pode ser visto de seguida, e que se distingue pelos gatilhos cinza. Mas claro… mais uma vez não chegava para provar qualquer falsidade uma vez que nada garante que os modelos finais mantenham essa cor no gatilho em vez do tradicional preto.



Mesmo a referência ao modelo da consola CUH-2016A vista em algumas imagens, e tomada como falsa por muitos por as consolas não usarem o ano como nesses números, era despropositada e basta perceber os números em si.

Os dois primeiros dígitos dizem respeito à versão da consola. Logo 20 implicaria uma versão 2.0.

Os segundos dois dígitos dizem respeito à zona. A pessoa alegava ter comprado a consola no Reino Unido e 16 é o código para a Europa.

Finalmente o A diz respeito ao modelo de 500 GB!

Ou seja, este teria sido mais um pormenor extremamente pensado. Dificilmente a consola seria falsa!

Resumidamente, ao contrário da NX onde ainda foi possível questionar-se certas questões ergonomicas, aqui, caso esta consola fosse falsa, não haveria por onde pegar. E só se poderia pensar que esta era verdadeira.


Notas adicionais

Agora que sabemos que a consola é real, é curiosa a inexistência de qualquer referência aos 4K ou a HDR. E apesar de o segundo caso (HDR) ser expectável , uma vez que o GPU, ao contrario do que aconteceu na One, não teve uma revisão, os 4K é menos compreensível uma vez que necessita apenas de uma troca da porta HDMI.

A ausência dos 4K implica a manutenção de todo o hardware, o que associado ao corte da porta de audio digital, bem como a redução de custos associada às menores dimensões mostram uma PS4 capaz de ser extremamente agressiva a nível de preço face à Xbox One S (algo que iremos confirmar em Setembro) e não uma consola com melhorias face à versão atual.

Apesar de o seu aspecto não ter agradado a todos, eis algumas fotos de algumas possíveis variantes da consola (fotomontagem), e onde a estética se mostra algo superior ao que aparenta em negro!

PS4 slim cores

Quanto a mods, eis duas possibilidades!

Uncharted

E a nossa favorita (para algum humor) 🙂

sandes

Segundo se especula, a consola será colocada à venda a 14 de Setembro!



Posts Relacionados