PS4 slim – Será que ainda se pode distinguir a burla da realidade?

A confirmação está dada. A PS4 Slim divulgada é verdadeira e já foi vista a funcionar. Mas a questão é outra! Será que nos dias que correm se torna tão fácil como sempre foi distinguir a burla da realidade? Ou seja, haveria ou não indícios que pudesses indicar a consola como falsa?

Lembram-se da imagem que, supostamente, mostrava a nova NX da Nintendo? Ei-la!

NX-fake

Custa a acreditar que é falsa, certo?

Nos dias que correm, e com as impressoras 3D, a falsificação deste tipo de situações é fácil, e acessível a todos. Daí que a criação de uma caixa como a de cima se torna relativamente fácil a quem tenha acesso a uma oficina, a ferramentas adequadas, uma impressora 3D, e algum jeito.

Resumidamente, o que este suposto protótipo nos mostrou foi que não podemos de forma alguma acreditar mais no que aparece na internet uma vez que a possibilidade de criação de modelos realistas, de elevada qualidade e com acabamentos perfeitos, existe.

Daí que com o aparecimento da nova PS4 Slim, o que podíamos pensar? Como saber se estávamos perante mais uma patranha, ou a realidade?

PS4_Slim1

Uma coisa que parece certa é que a caixa existia mesmo. Perante a quantidade de fotos e a qualidade das mesmas, era claro que não estávamos perante uma fotomontagem, mas sim perante uma caixa real. E a mesma estaria cheia de pormenores ao nível do visualizado na falsa NX que a tornavam credível.

Poderíamos pensar que a consola seria falsa pela posição dos botões de energia e ejecção do BD que estão colocados em frente à slot de entrada, o que quer dizer que uma demora na remoção do dedo levarão o BD a bater no mesmo.

No entanto, essa situação não é anormal no mercado, com vários aparelhos de marcas diversas, o que inclui todas as versões da PS3 slim com botões nessa posição. Logo… não seria por aí!

Poderíamos depois explorar essa dúvida de outra forma, baseando-nos na ranhura da PS4 questionando a veracidade da consola pelo facto de uma pessoa com dedos grossos ter dificuldade em meter o dedo na ranhura!

PS4_slim2

No entanto, essa situação, caso a consola fosse falsa, também seria algo pensado! Como a imagem de cima deixa perceber, apesar das menores dimensões, a ranhura é mais alta que a da PS4, o que facilita o acesso aos botões. Mas há outro pormenor!

PS4_slim3

Apesar de a maior parte das imagens não deixarem perceber, a consola é, tal como a PS4, rampeada, com os botões a ficarem acessíveis sem a necessidade real de se inserir os dedos na ranhura!

Vamos ainda o pormenor do logótipo no topo da consola, igualmente colocado de lado tal como na PS4. E tal como na PS4 a ranhura contorna toda a consola o que permite a colocação de um suporte vertical. Eram pormenores a mais que davam a entender a veracidade da consola

Diga-se que se a consola fosse falsa… teria existido muito trabalho nos acabamentos e nos pormenores pois a consola apresentava uma qualidade de materiais e construção associada a pormenores bem pensados que aparentaria ser real.

Naturalmente poderíamos pensar que a ausência de uma porta audio digital, que está presente na PS4, e que apesar de não provar se a consola seria verdadeira ou falsa, poderia ser vista como um indicador de uma falha do projectista do falso modelo. Mas o certo é que essa é uma porta que poucos usam, e que sabemos agora com certeza, foi abandonada pela Sony neste novo modelo.

Resumidamente, caso a consola fosse efectivamente falsa, não haveria no seu corpo qualquer indicador de tal. Por aí tudo apontava no sentido de ser verdadeira.

Mas e na caixa? Haveria motivos para se pensar que a caixa tinha alguma falha que denunciasse a consola?

E sim, até poderia haver. Mas nenhum deles era comprovativo de nada. Vamos ver o que!

PS4_case


As imagens de cima são das caixas da PS4. E independentemente da váriante, uma vez que há muitos modelos de caixas, há algo em comum entre todas. É que todas elas possuem um gradiante de azul para branco que ocorre por detrás da consola.

Mas olhem a suposta caixa da PS4 Slim.

PS4_Slim_Case

Caso a consola seja falsa e efetivamente sido feita por um jeitoso com uma impressora 3D e acesso aos materiais adequados, a caixa seria a parte que mais rapidamente revelaria uma burla. Afinal aqui já se requer conhecimentos de Photoshop e mais do que isso, a capacidade de criação de uma foto montagem que não tivesse lacunas e chamasse à atenção.

Isso quer dizer que  o facto de o fundo onde a foto da consola não ter o tradicional gradiante, mas sim um mero fundo branco, o que facilitaria muito qualquer foto montagem poderia ser um bom indicador! Mas infelizmente, o gradiante não é regra, e como tal… não indica nada!

Igualmente potencial elemento de suspeita seria o facto de a foto não ostentar o novo Dualshock que pode ser visto de seguida, e que se distingue pelos gatilhos cinza. Mas claro… mais uma vez não chegava para provar qualquer falsidade uma vez que nada garante que os modelos finais mantenham essa cor no gatilho em vez do tradicional preto.

Mesmo a referência ao modelo da consola CUH-2016A vista em algumas imagens, e tomada como falsa por muitos por as consolas não usarem o ano como nesses números, era despropositada e basta perceber os números em si.

Os dois primeiros dígitos dizem respeito à versão da consola. Logo 20 implicaria uma versão 2.0.

Os segundos dois dígitos dizem respeito à zona. A pessoa alegava ter comprado a consola no Reino Unido e 16 é o código para a Europa.

Finalmente o A diz respeito ao modelo de 500 GB!

Ou seja, este teria sido mais um pormenor extremamente pensado. Dificilmente a consola seria falsa!

Resumidamente, ao contrário da NX onde ainda foi possível questionar-se certas questões ergonomicas, aqui, caso esta consola fosse falsa, não haveria por onde pegar. E só se poderia pensar que esta era verdadeira.


Notas adicionais

Agora que sabemos que a consola é real, é curiosa a inexistência de qualquer referência aos 4K ou a HDR. E apesar de o segundo caso (HDR) ser expectável , uma vez que o GPU, ao contrario do que aconteceu na One, não teve uma revisão, os 4K é menos compreensível uma vez que necessita apenas de uma troca da porta HDMI.

A ausência dos 4K implica a manutenção de todo o hardware, o que associado ao corte da porta de audio digital, bem como a redução de custos associada às menores dimensões mostram uma PS4 capaz de ser extremamente agressiva a nível de preço face à Xbox One S (algo que iremos confirmar em Setembro) e não uma consola com melhorias face à versão atual.

Apesar de o seu aspecto não ter agradado a todos, eis algumas fotos de algumas possíveis variantes da consola (fotomontagem), e onde a estética se mostra algo superior ao que aparenta em negro!

PS4 slim cores

Quanto a mods, eis duas possibilidades!

Uncharted

E a nossa favorita (para algum humor) 🙂

sandes

Segundo se especula, a consola será colocada à venda a 14 de Setembro!


Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (56)

  1. Uma pena. Em todos os comentários que li esses dias, não me lembro de uma única pessoa que tenha gostado do design. No máximo dizem que o que importa é o jogo, mas sem deixar de demonstrar desapontamento. Será que o PS4 normal precisava mesmo de redução do tamanho? Bom, refrigeração eficiente é o que peço, já que não tem outro jeito. Depois do One S ter ficado tão bonito vem a Sony com isso… 🙁

  2. Este modelo slim será bem barato, creio eu, mas quero ver msm a neo!

  3. A saída óptica digital, conta pra quem já provou e gostou que ela não é muito usada e foi removida…
    Pra piorar tudo, só falta ela estar presente no PS4 Neo e a Sony parar de produzir o PS4 original mantendo apenas a slim.
    Se confirmar que não tem suporte à 4K e HDR, será apenas uma versão de baixo custo para baratear o console que também aparenta ser construído em material de baixa qualidade.
    O design do PS4 já era duvidoso, mas concorrendo com o Xbox One que parece um reprodutor de VHS dos anos 90, passava batido. Agora que o Xbox One S está no mercado, fica muito evidente que o PS4 não é bonito, e agora esse slim é certamente um dos consoles de design mais sem graça que eu tenho lembranças.
    A Sony está empobrecendo o PS4 para forçar os novos clientes a comprar o Neo. Aliado à subida de preços que a PSN teve, essa é a época do ano para as pessoas começarem a repensar a adoração divina que tem por essa marca e cair na real. Os anos 90 já passaram, e faz tempo.
    O que a Microsoft fará quando estiver próxima de lançar o Scorpio, vai remover saída óptica, tirar uma porta USB, remover HDMI 2.0 e fabricar o console com o plástico mais vagabundo que existir?

    • A alta do valor da PSN já era esperada, citei isso há pouco tempo. Nos EUA o valor da Plus é o mesmo desde o lançamento em 2010 (U$49,99), lá subiu U$10,00 para ficar com o preço igual ao da Live.

      No Brasil a Plus chegou em 22/10/2013 e desde o lançamento a assinatura da BR era mais barata que da americana. Segundo o site da Uol (cotação de moedas) o dólar em 22/10/2013 custava R$2,17 e na recente alta o dólar chegou a custar R$4,16 em 21/01/2016, praticamente o dobro.

      A Sony pelo menos segurou o preço de R$99,99 nesses últimos meses e só agora aumentou o valor do seu serviço em 30%. O aumento era esperado, pois qual serviço que você paga que o preço fica congelado por 2 anos e 11 meses no BR ou mais de 6 anos nos EUA?

      Ônibus? Metrô? Internet? Plano de saúde? Concessionária de energia?

      Aumentar em 30% ainda é uma boa do que aumentar em 50%, visto que na história de aumentos é a segunda vez que a Live aumenta de preço no Brasil, a primeira vez ocorreu em 03/10/2014 (quase 1 ano após o lançamento da Live BR) indo para R$120,00 e o último aumento em 18/02/2016 com 1 ano e quatro meses após o último aumento , indo para R$180,00 (50% de aumento).

      Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/games/noticia/2014/09/no-brasil-preco-da-assinatura-xbox-live-gold-anual-aumenta-para-r-120.html

      • Enfim meu comentário serve para as duas, pois a Live está no Brasil praticamente há 6 anos. Segurou o valor de lançamento por quase 4 anos e o seguinte após 16 meses, porém os aumentos da Live até agora se mostram superiores com 33% e 50% respectivamente.

    • Sem querer comentar muito, o que dizes fala por si!

      A saída digital
      Se a tua TV suporta HDMI certamente ela tem uma saída Óptica ou digital. Daí que se tens um amplificador a TV estará ligada a ele, e daí que os aparelhos que se ligam a ela só precisam de uma ligação digital… à TV. O que é fornecido pelo HDMI.

      Na minha sala todos os aparelhos estão ligados à minha TV, e apenas a TV liga por optico ao amplificador Denon que ali tenho pois ele não suporta HDMI.

      Aliás o HDMI suporta áudio de alta definição, algo que a saída óptica não suporta. Ou seja, Dolby TrueHD ou DTS HD Master Audio não funcionam ali, só no HDMI e esses são dois dos atuais standards usados no Blu Ray:

      http://www.cnet.com/news/hdmi-vs-optical-which-digital-audio-connection-to-use/

      Daí que deves talvez explanar melhor o que estás a dizer.

      “Para piorar tudo só falta a Sony parar de produzir o PS4 original…”

      Como? As SLIM desde que foram criadas destinam-se a substituir o que já existe.

      Dado o contexto degradante para a Sony do teu comentário, diria que essa verdade de La Palice foi referida propositadamente e com uma intenção não escondida.

      mais…

      “Aparenta ser construído em material de baixa qualidade.”

      E em que parecer ou facto te baseias para dizer isso? Confessa, eras tu que tinhas a consola que apareceu se sabes dizer isso… 😉 E já mexeste nela!
      Ahh… Espera… “aparenta”… afinal é um achismo. Já percebi!

      “A Sony está empobrecendo o PS4…”

      Onde??? O que falta nesta consola que a PS4 tem? A saída óptica?

      As Slim sempre foram versões mais econômicas destinadas a baixar o preço. Daí que as Slim sempre tiveram cortes em alguns sítios. A S é uma anormalidade aqui porque a One não está a vender assim tão bem e daí as suas melhorias para a tornar mais atrativa. Infelizmente, são só estéticas e a performance naquilo que interessa, os jogos, será sempre limitada pela consola original.

      No entanto eu não me preocuparia com a Slim, que tem a possibilidade de ser mais barata, ter menos uma saída óptica que a PS4 normal. Eu preocuparia-me mais com 20 milhões e utilizadores da One terem agora menos funções que as disponíveis na S.
      Isto porque a Slim da Sony é basicamente uma Slim como foram todas as slim até hoje, já a S é, para todos os efeitos, um ligeiro upgrade.
      Ambos os casos são ridículos para serem mencionados, mas refiro porque tu, como sempre, só vês um dos lados.

      “Aliado à subida de preços que o PSN teve…”

      Fernando… tens noção que… DESDE SEMPRE, a PSN tem sido mais barata que o Live?

      Cito:

      “A partir de 22 de setembro de 2016, os preços das associações do PlayStation Plus serão alterados para R$ 129.99”

      Um aumento de 30%… Ui! Realmente é mau!

      E cito

      “Péssima notícia para assinantes brasileiros da Xbox Live Gold. Daqui a um mês, a Microsoft vai aumentar os preços das assinaturas do serviço, que passará dos atuais R$ 119,00 para R$ 179,00. A mudança começa a valer a partir do dia 18 de fevereiro e o novo valor representa um aumento de aproximadamente 50%”

      Onde estavas tu em fevereiro deste ano?

      Mas agora que a PSN ainda assim ficará mais barata, criticas a PSN. Mas ignoras o custo atual do Live (e nem fales em mercados paralelos… o que está em causa é o custo oficial).

      Eu tambem preferia que não subisse, até porque, talvez mais do que nunca, a PSN não justifica esse aumento pelos jogos ofertados, mas não se pode falar de uma subida de preços no mais barato ignorando que mesmo com o aumento o outro é mais caro. Algo que tu fazes!

      Eh pá…. Convenhamos…

      O certo é que a PS4 está agora em condições de poder descer valentemente de preço com esta Slim sem dar prejuízos à Sony e mantendo as funcionalidades todas da consola original, uma redução de preços que a Microsoft, pela revisão que fez e melhorias que introduziu, só pode acompanhar com a S à custa de mais prejuízos.

      Mas para ti… isso não é algo que mereça sequer ser referido. Apenas te interessou ressaltar a tua opinião não fundamentada e demonstradamente parcial sobre plástico vagabundo e sobre o qual não te reconheço capacidade para avaliar pois nem sequer alguma vez viste a consola.

      • A saída óptica só fará falta para quem utiliza Home Theater que não possui comunicação HDMI com a TV e isso só irá acontecer para quem tem Home Theater de baixo custo.

        Eu mesmo só usei a saída óptica do PS3 em um HT que me deram (estava com defeito) e o aparelho somente tinha entrada de áudio via RCA, SPDIF , entada óptica. Era um HT de baixo custo e como era meu primeiro contato com esse tipo de aparelho gostei e depois comprei um mais moderno.

      • Isto é sem remédio.. Desde que entrei a primeira vez no PCmanias sempre tem um coment do Fernando, ” a Sony é ruim… a Microsoft é boa…. ”
        Quem dera uns trinta milhões de Fernando e estaríamos todos a jogar Hallo e o FIFA=FORZA… e a Microsoft a nadar em mais dinheiro…. MAS SÓ PORQUE ELA MERECE!

        • O Fernando é bom rapaz e faz comentários relevantes. Ele tem conhecimentos e é informado, mas tem essas coisas.
          E infelizmente muitas das verdades que ele diz perdem-se no meio de outras frases onde ele não consegue ser imparcial.
          Ele pode gostar mais de uma consola do que a outra, no fundo preferencias todos acabamos por ter, mas ele comenta factos de um lado ignorando que o outro faz igual ou pior.

          • Sem alongar no assunto, concordo com tudo que dizes, e deixo aqui o meu pedido de desculpas ao Fernando.

            Sim todos temos opiniões diferente mas vamos ser coerentes, se não vira lado verde versus lado azul!

      • Um outro uso da saída óptica seria para os equipamentos que não possuem saída digital de vídeo, a exemplo do PS2, que poderia causar uma falta de sincronia de áudio e vídeo caso os dados de áudio passem primeiro do console para a TV(via RCA) e da TV para o HT(via RCA/HDMI), o atraso de áudio poderia ser causado pela conversão analógico > digital principalmente na comunicação TV e HT por HDMI.

        Com o PS4 tem somente saídas digitais principalmente por HDMI não fazia mais sentido a saída óptica.

        • É sempre útil. Mas não é obrigatória. E a questão é essa. Para uma consola slim onde a ideia é reduzir custos para ser competitiva essa saida acabava por ser apenas um extra, mas não algo que, se removido, retira capacidades ou caracteristicas à consola.

    • Só para acrescentar dois pontos ao que foi dito:

      – Sobre a questão do 4K: se realmente a Neo é a consola para os 4K, e dada o lançamento supostamente simultâneo, faz todo o sentido que a slim não o tenha. Assim separam-se as àguas definitivamente: a slim, faz o que a PS4 atual faz, e a Neo é a consola do 4k.

      – Não diria que está empobrecendo com o intuito de acabar com a PS4. Parece-me a mim que conseguiu o melhor design possível para uma valente redução de preço (já apontaram aqui os 199$). Penso que a Sony está a apostar numa estratégia agressiva para ganhar ainda mais quota de mercado e impedir a migração para o PC.

      A ver vamos.

      • Mais uma vez a palavra empobrecer… Desculpa insistir, mas aonde? Porque usas esse termo?
        A construção parece-me excelente com pormenores dos simbolos PS4 nos pés. E o plástico aparenta ser o mesmo da parte baça da PS4.
        Tirando a saida óptica, que não corta caracteristicas ou mesmo possibilidades, está lá tudo.

        • Design. Aspeto premium. Eu não acho este design feio e até digo mais acho que o tamanho se pode revelar uma mais valia, mas prefiro o design da FAT, acho-a mais elegante. Este tem um aspeto mais “barato”, mais simples, embora não o ache feio de todo. Se me entendes. (Só gostava de a poder abrir – fiquei mesmo parvo com o tamanho).

      • Não apostaria nos 199. Se tanto, pelo menos numa primeira fase, iria mais para os 299. Recorda-te que nesta fase a Sony ainda não tem necessidade de esmagar tanto os preços pois a PS4 normal vende bem e ainda está em stock e tem de escoar tambem e ao mesmo preço.
        Mas o potencial para futuras promoções sem prejuizo está lá.

        • Pois não sei. Mas teria toda a lógica.

          Não quero entrar em confusões sobretudo porque é um achismo meu, mas a minha opinião é que a Sony quer segurar esta geração o tanto quanto pode. Por isso lança a Neo para oferecer os 4K, e lança o modelo barato da PS4 atual para ganhar mais quota de mercado.

          E pelo que vimos nesta E3, vai apostar forte e feio em exclusivos para a PS4. Definitivamente chegou a altura de ser bem agressiva.

  4. eu particularmente não achei feia, mas realmente parece uma balança digital como algus dizem kkkkkkkkkkk

    Agora com todas essas economias e consolo deveria ficar na casa dos 200 obamas.

    Ah, a Xbox one S é mais bonita 😉

  5. Tiraram a entrada optica? nossa, meu melhor fone (dpx 21) usar essa entrada, tomara que seja somente nesse modelo.

  6. A Sony se perdeu! Se fosse para fazer uma analogia com o futebol. Ela estava ganhando o jogo de 2 a 0, tomou o empate, e ainda faltam alguns minutos, e ela tomando pressão, porém podendo fazer um gol e ganhar a partida.rs. Falavam de exclusividade ou dos erros da MS em ter alguns games no PC, e o PS now está a migrar tb para o PC, falaram que o modelo original do xbox one era feio, a MS fez um one slim lindo, tecnológico, mais refinado do que o modelo original, quanto a Sony vem com este ps4 slim ridículo, com claras diminuições na qualidade de peças, e com aparência de plástico barato… Vamos ver se o Neo fará jus à Sony e que tenha uma qualidade similar ao Scorpio, senão… A MS fará o 3 a 2 e vencerá o jogo!

    • Pois não sei. Plástico barato ou não, de longe se compara à ONE fat. É uma consola pequena, a mais pequena delas todas, e que fica bem em qualquer lugar, discreta. E todas essas reduções apontam para um preço reduzido. Não a considero feia, embora concorde que em termos de design a ONE S vence aos molhes.

      Eu diria antes que a Sony se prepara para atacar forte e feio, com um modelo bem barato que faz tudo o que a PS4 faz e um preço bem competitivo.

      Mas é só uma suposição.

    • Essa do PS Now também me deixou parvo, embora tendo em conta o remote play que a PS4 já permite seja mais ou menos o mesmo. Preferia mil vezes que usassem o que conseguiram do Gaikai para o multijogador em vez de terem gasto balurdios em servidores dedicados ao streaming. Sei que o futuro para aí caminha, mas comigo não contam, obrigado.

    • O PSnow foi criado para ser agnostico de plataforma. Ou seja correria em todos os sistemas suportados pela Sony e que tivesses capacidade de receber o streaming, e isso quer dizer que o PC sempre foi uma hipotesse.
      Apesar de tal, julgava que tal não aconteceria, e isso foi para mim tambem uma surpresa.

      • Preferia mil vezes que tivessem gasto o dinheiro que gastaram a comprar o Gaikai, na manutenção dos servidores para o multijogador deles – para que não ocorresse o que ocorreu com o Driveclub – e sobretudo aproveitar o simbolismo do número 4 (penso que é morte no Japão) e portar todos os títulos da PS para a nova plataforma e arquitetura. PS1, PS2 e PS3. Com um programa de troca e extras (a maioria dos thirds era só pegar nas versões PC e adaptar).

        Mas isso sou eu enquanto cliente a falar. Sobretudo porque assim perderia a galinha dos ovos de ouro que são os remasters.

        Seja como for, acho que o PS Now também não está a ter uma aceitação lá muito famosa pois não? Aliás, nenhum serviço de streaming de jogos está.

    • Até você Edson a misturar as informações?

      PS Now vai para o PC e vai levar alguns exclusivos Sony, mas não levará (ainda) os exclusivos PS4.

      Antes na analogia o jogo era vencido por aquele que vendesse mais unidades, agora quem vence é aquele que dispõe de um produto com design mais refinado e por um produto cuja só foram reveladas especificações que poderão ser alteradas no decorrer do tempo?

      Sei não, inventam cada coisa para colocar a outra marca na frente.

      • Enquanto isso nada de preço e lançamento oficial do One Slim no Brasil, um dos melhores mercados da plataforma.

      • Mesmo assim acho um erro. A Sony devia ter feito as coisas de outra maneira. Com tudo isto acabará relegada a produzir e vender jogos.

      • Não misturei as informações, Livio! O que eu quis dizer é que querendo ou não, a exclusividade PS se foi, independentemente da plataforma. Com relação ao ps4, obviamente não teremos os games dele no psnow, porém com a evolução natural das conexões, penso que é questão de tempo para consoles se tornarem serviços e o psnow para mim, deixa uma impressão clara disso! Abraços, Livio

        • Atualmente o PSNow foca em jogos PS3 e PS2, plataformas que praticamente não são mais suportadas pela Sony. PS2 não é mais produzido e o PS3 creio eu que já está perto do fim, então com a não produção desses 2 aparelhos como você jogaria os games dessas plataformas caso não ache mais aparelho no mercado(novo/usado)? É uma situação utópica mas um dia vai acontecer e para isso lançaram o serviço.

          A perda de exclusivos Sony e MS para o PC são diferentes, enquanto o da Sony são exclusivos de gerações passadas a da MS são os da geração atual, os exclusivos Sony no PC não afetarão o PS4, enquanto os exclusivos Xbox no PC podem afetar o One, é nisso que digo que misturastes as informações.

          É inegável que no futuro teremos serviços de jogos, Sony até se pronunciou sobre isso um pouco antes de lançar o PS Now.

          • Livio, PSnow é via streaming ou seja roda em um hardware PS3 e envia o.video pela Internet. Outra coisa se vale falar que o PlayStation perdeu exclusivos, já vale dizer que o PS4 tem retro com PS2 e 3 e ainda posso dizer que até mesmo o PS4 já perdeu as suas exclusividades pois da pra jogar no PC jogos de PS4 via remoto play kkk.
            Portanto pensando de forma sensata e não sendo levado pelo ismo, enquanto a Sony não lançar de forma nativa seus exclusivos no PC não vale essas outras coisas.

          • Netto então seguindo o raciocíno o PS não perdeu o exclusivo pois o PS Now roda em servidores PS3 e vai via streaming para o PC.

            O que falo é vc ter uma mídia de um jogo exclusivo console para PC, não é isso que ocorre com o Quantum Braek? Se você só tem pc e quer jogar Quantum Break vocẽ compra uma cópia destinada para PC.

            Remote Play não é perda de exclusivo PS4 para PC, até porque você precisa de um PS4 para rodar o jogo que é transmitido para PC.

            Não é ismo não

          • Vamos lá a ver… A PS3 perdeu exclusivos… a PS4 só perde como exclusivos as remasterizações.
            Mas independentemente da semântica, há uma perda de exclusivos na plataforma Playstation. Jogos que antes só se jogavam numa consola Sony passaram a ser jogados noutras plataformas. E agora o PC é uma delas!
            Seja como for a comparação com o remote play não é a ideal pois para jogares PS Now precisas de uma PS3/PS2/PS1 do lado da Sony a correr o jogo!

    • Cara semprei pensei nesta geração como o.jogo do Brasil X Alemanha na copa de 2014.

  7. Muito se fala do plástico pobre, mas ninguém sabe se é assim mesmo, não esperam nem o novo modelo ser lançado. Vi muitos comentários condenando a refrigeração do PS4 slim, porque segundo eles o modelo fat é uma turbina.

    Em mais de 2 anos de uso e até agora nunca tenho aberto o meu PS4 somente acelerou o cooler a típico de turbina quando tinha o problema na programação do Rocket League, fora isso nem mesmo no Uncharted 4, no meu PS4 CUH-1011A, primeiro modelo do console, acelerou o cooler como alguns disseram. Mas aí vai do cuidado de cada um em relação ao console, eu pelo menos tenho a preocupação de deixar o local livre de poeira, nesses 2 anos de uso meu PS4 nunca apresentou problemas nem mesmo os mais famosos de ligar ou ejetar o disco sozinho.

    Mas voltando o assunto, já são quase 3 anos e muitos falam da “problemática” refrigeração do PS4, mas vocês andam escutando relatos ou lotes de PS4 que deram defeito a partir de sobreaquecimento? A Sony não é burra o bastante de cometer um erro ao qual ela teve prejuízo na geração passada. Se ela lançou um PS4(fat) menor que o One fat e One Slim é que ela sabia que a refrigeração daria conta. O mesmo vale para o PS4 Slim, se conseguiram diminuir a altura e colocaram poucas entradas de ar é porque a refrigeração é boa.

    Sobre o plástico só saberemos após o lançamento, tenho certeza que vai ter gente a comprar o modelo para derrubá-lo no chão.

    • As antigas Slim da PS3, especialmente a última usavam um plástico que era abaixo de reles. Mas as Ps3 eram caras de produzir e havia que cortar.
      Aqui não só não podemos saber isso, como a consola é vendida com lucro, pelo que tudo o que se diga sobre os plásticos são apenas más linguas pois contam-se pelos dedos quem teve acesso à consola.
      Mas a questão é que o pormenor colocado em certas partes da consola não se coadunam com o uso de materiais fracos.

    • As pessoas falam porque tem boca.
      Os componentes da PS4 aquecem tanto ou mais (por serem mais potentes) que os da One. Mas ao estarem num espaço cuja área é inferior mesmo à versão slim da Xbox, naturalmente que a ventoinha necessita de ser mais eficaz na dissipação de ar.
      E uma ventoinha faz barulho quando acelera.
      Daí que sem negar evidencias, o certo é que para as diferenças de dimensões das consolas o pouco barulho extra da PS4 não é nada demais.
      A nova consola ao ir para FinFet aquece menos, e como tal deve ser igual ou mesmo inferior a nível de aquecimento à PS4.

  8. O que a sony precisa fazer com essa nova versão do PS4 é melhorar a qualidade do controle que é péssima, eu tive dois PS3 tanto o acabamento do console e do controle tinham muita qualidade. Mas eu imagino que para por o tochpad e a luz no controle fez a qualidade geral dele cair

    • Velho na boa, tenho o PS4 aqui desde início de 2014 e até hj o único controle que tenho tá impecável, também tenho One que também tem um controle impecável, e comparando a qualidade dos dois em termos de materiais não vejo essa qualidadeapéssima aí que vc diz não, controle é excelente não faz barulho, não tem nada em deterioração enfim meu feedback e muito diferente do seu não sei porque????

      • O que li em um site espanhol, sobre as novidades do PS4 e DS4, segundo o proprietário do PS4 Slim:
        1- Há menos ruído que o modelo atual e sem aquecimento. (Hace menos ruido que el modelo actual, sin calentarse apenas según su propietario.)

        2- Os gatilhos e botões do novo DS4 são mais resistentes. (Los gatillos y botones del nuevo DualShock 4 son más resistentes, fabricados con mejores materiales.)

        3- A barra de luz no touch pad não é um segundo LED e sim a mesma luz do LEd já existente no controle original. (La barra de luz adicional del mando no es realmente una luz adicional, sino que es la misma luz que desprende el botón ya existente.)

        4- A bateria segue sendo de 1A, poreḿ só chegou na segunda barra após 24 horas de uso. **Não sei espanhol, foi o que consegui entender. (La batería del mando sigue siendo de 1000 Mha pero tras 24 horas de uso, se mantiene en la segunda barra.)

        5- O controle dispõe de uma opção de seleção de método de comunicação com o PS4 quando vc o conecta através da porta USB, com a opção de funcionar por Bluetooth ou por USB. (El mando dispone de una opción para seleccionar el método de comunicación con PS4 cuando se conecta por el puerto USB, teniendo la opción de que siga funcionando por Bluetooth o por USB.)

    • Realmente, a qualidade dos analogicos do ps3 e a duração da bateria era bem melhor.
      mas tirando isso to curtindo o DS4

      • Na questão da bateria não posso discordar. Mas de resto discordo.
        Mas quando as coisas são uma questão de opinião, não se podendo apresentar dados concretos, todas as opiniões são válidas pelo que não contesto a tua.

  9. Queria saber onde estão as pessoas que falaram que Scorpio que nem lançou matou o Xbox S, cade a empresa que fez uma pesquisa dizendo que seria a morte do Xbox S, sumiram?
    Chega ser deprimente pessoas que defendem o PS4 slim que vai vir capado, do que Xbox S que vem uma versão melhorada, não vir entrada optica é um relaxo total, eu uso meu Home theater na entrada optica da minha tv, foi ter que ficar comprando cabo fazer remendo, porque tiraram uma função super importante do console, eu não tenho PS4, mas não compraria uma versão capada!
    Agora a moda é ser fanboy e se passar por imparcial, sempre defender um lado e ser imparcial, depois de tudo isso achar que somente os outros são fanboys.

    • Eu gosto muito de discutir assuntos quando as pessoas sabem do que falam, o que claramente não é o caso aqui!

      E nem deveria aceitar este comentário uma vez que ele está totalmente off topic e já houve uma notícia sobre as vendas da Xbox One S onde isto se poderia falar. Mas como isto está cheio de off topics, vou deixar ficar.

      Para começar, dado que a simples lógica não parece chegar para ti vais ter de estudar um pouco de marketing para perceber que o que a Microsoft fez é um erro crasso, estudado e documentado. Há inúmeros exemplos de produtos prejudicados ao longo da história por erros semelhantes.

      Basicamente é um facto que apresentar um produto seguido da promessa de outro bastante superior num intervalo de tempo bastante curto, condiciona as vendas. Pessoalmente adoro a estética da One S, e seria uma consola que compraria para troca da minha One. Mas não o vou fazer pela perspectiva da Scorpio já para o ano. E como eu há muitos pelo que sim, as vendas da S foram prejudicadas.

      De resto, quem lê as tuas palavras diria que a Xbox One S é um sucesso. Mas no entanto, não te baseias em dados concretos para o que dizes.

      É pelo facto de ela ter esgotado? É pelo facto de a Xbox One ter superado as vendas da PS4 nos EUA em Julho?

      É que se é por aí, eu não me precipitaria, por vários motívos:

      1 – Esgotar a S não indicia muitas vendas. Depende do número de consolas em stock. 1 consola em stock vendida é um esgotar de stocks, mas não grandes vendas. Tens esses números? Eu não tenho e ninguém tem, pelo que estás a falar sem saber! Só saberemos se a S vendeu bem daqui a um ano, não é já, especialmente porque agora todos os fans que podem vão comprar.

      2 -A Xbox One realmente bateu as vendas da PS4 em Julho, mês do lançamento da S, nos EUA. Mas talvez não saibas do seguinte:
      2.1 – Julho (e já agora Agosto) é dos meses de menores vendas de hardware do ano.
      2.2 – As vendas não dizem respeito à S, mas sim à Xbox One no seu global. E a consola original foi colocada à venda 100$ mais barata que a PS4.
      2.3 – A One já tinha batido nos EUA a PS4 por várias vezes, em Dezembro de 2013,Novembro de 2014,Dezembro de 2014, Abril de 2015, Outubro de 2015 e agora em Julho de 2016, o que não indicia verdadeiramente nada de anormal.
      2.4 – A S esgotou no Reino Unido, mas não são dados números de quantas havia em stock. Quase esgotou na Alemanha, mas tambem sem números. Mas segundo dados obtidos, as proporções de vendas da PS4 face à Xbox são 1.5:1 no Reino Unido e… 5:1 na Alemanha, onde até a WiiU vende mais que a Xbox One.
      2.5 – A NPC indica que em Julho deste ano, venderam-se menos 30% de consolas que em igual periodo do ano passado.
      Daí que se tentares ser sério e regires-te apenas por dados concretos, nada indicia verdadeiramente boas vendas da S, não havendo ainda forma de nos pronunciarmos sobre o assunto.

      Quanto à falta da saída óptica… É uma lacuna, mas vamos ver se importante. Aposto que o iPhone 7 vai vender bem mesmo não trazendo jack.
      Mas não deixa de ser curioso não não ter ouvido queixar pelo facto de a Xbox One S não trazer saída para o Kinect!
      E já agora, quem defendeu uma consola atacando a outra?

      Ah, e outra coisa. nas tuas últimas mensagens acusaste sempre alguem de ser fanboy, mas sempre sem citar nomes. Não é por não seres directo que deixas de acusar terceiros e isso ainda é pior pois ficam todos sob suspeita. Não aceito isso.

      Nota: Movam o rato sobre o texto. Há vários links no mesmo que compravam o que refiro!

      • Calma não precisa se desesperar, apenas perguntei onde estão as pessoas que levantaram dados falsos, que o Scorpio mataria a S fato que não aconteceu!

        Queria saber onde estão essas pessoas para falar que o Neo vai matar playstatio slim, não citei dados, vendas nada disso, apenas que sempre é duas medidas quando se trata de empresa diferentes!!

        E não precisa se desesperar Mário não citei números, eu sei do seu amor incondicional pelo playstion fica calmo!

        • O que tu sabes Karneiro é que eu gosto das coisas devidamente correctas. De resto não sabes mais nada!
          De resto sim, a Neo vai condicionar a Slim e a Slim vai condicionar a Neo. Ambas estando no mercado são concorrentes e ou se vende uma… Ou a outra. Mesmo sendo para mercados diferentes e assumidos.
          Mas naturalmente não vou falar sobre algo que ainda não sabemos se é quando ocorre, pois a Neo ainda não foi oficialmente apresentada.
          Se é quando for, falar-se-à sobre o assunto.
          Agora uma coisa é certa. Se há x potenciais compradores eles compram na mesma se as consolas saírem ao mesmo tempo, quer optem por uma ou por outra.
          Agora se lançam as duas separadas no tempo, e sabendo-se já que a Neo existirá, as pessoas podem ficar em standby nas compras. E isso é o que ocorre com a S e a Scorpio.

Os comentarios estao fechados.