InFlux é um jogo sem demo. Os programadores dizem para o piratear e se gostarem… comprem-no.

Os programadores de InFlux não produziram demonstração para o seu jogo. Em vez disso apostam num sistema de honra onde pirateias o jogo… e se gostaste… vais compra-lo.

InFlux

Numa atitude inovadora os programadores do jogo InFlux, a Impromptu Games, decidiram não produzir uma demonstração oficial do seu jogo. Mas em compensação, quando se fala da mesma, referem a existência de uma versão pirata do jogo, esperando que as pessoas que o obtiverem desta forma, o testem, e se gostarem… o comprem. E o link para a versão pirata está no site oficial da empresa.

Trata-se de um “sistema de honra” que a Impromptu Games acredita que muitos dos piratas possuem.

Joe Wintergreen da Impormtu escreveu um pedido especial aos piratas onde refere que espera que eles suportem a equipa, e a si mesmo, uma vez que os lucros são para ajudar a pagar coisas corriqueiras como a renda de casa que ele refere não saber como vai pagar:



Chamo-me Joe Wintergreen. Eu dirijo aImpromptu Games. Nós fizemos este jogo.

Apenas queria pedir a todos que considerem a compra do InFlux caso gostem de o jogar e tenham o dinheiro. Não somos uma grande empresa. Este é nosso primeiro jogo comercial para PC, e agradecíamos verdadeiramente o vosso suporte, especialmente eu (sinceramente não sei como vou pagar a renda este mês).

Actualmente o jogo pode ser obtido pela GOG, Amazon ou na nossa humilde loja em http://www.influxgame.com pelo custo de 10 dólares (podem igualmente fazer doações). Se não o puderem comprar por qualquer motivo, mesmo assim apreciávamos o vosse feedback sobre o jogo.

Curiosamente esta não é uma iniciativa inédita e outras do género resultaram bastante bem. A Anodyne, a McPixel, a Notch e a Cactusquid são outras empresas que solicitam a quem pirateou, que compre o jogo, e a quem não pode comprar o jogo, recomendam que o pirateiem.

Mas será que isto realmente funciona? Bem, dada a realidade da pirataria o facto é que nada há a perder, e a recomendação da pirataria não passa de uma constatação da realidade. E se há casos onde funciona outros há como o jogo Gentlemen! para Android, com 3000 jogadores activos onde apenas 20 deles compraram efectivamente o jogo.

Seja como for fica sempre a dúvida. E se não conseguissem piratear o jogo, será que o compravam ou em compensação o jogo só teria 20 jogadores insatisfeitos por não ter com quem jogar?

Fiquem com um vídeo de InFlux que pode ser adquirido aqui.




Posts Relacionados