Intel respondeu à AMD, e AMD responde à Intel. O seu novo CPU tem 16 núcleos e 32 Threads.

A batalha da supremacia dos CPUs está acesa. E nenhuma empresa quer ficar atrás.

Como resposta aos processadores de elevada performance e baixo custo da AMD, os Ryzen lançados em Março de 2017, a Intel responde com CPUs da série i9 e alguns da série i7 ainda mais potentes. Não podendo competir na questão dos preços, a Intel aposta na performance para manter a supremacia de vendas.

Como resposta a AMD responde igualmente, desta vez com um novo Ryzen ainda mais potente, cujo preço não se conhece ainda, mas que se acredita venha a rivalizar de forma imbatível com os novos topos de gama da Intel, mantendo a relação performance/preço do lado da AMD.

Este novo CPU da AMD, denominado Threadripper possui 16 núcleos, cada um deles podendo aceitar duas instruções em simultâneo, o que aumenta o número de Threads suportado para 32, sendo um verdadeiro monstro a nível de especificações que se espera ande perto, iguale ou bata os processadores de topo da Intel, mas a preços inferiores.

 

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (4)

  1. Valério Fernandes 27 de Maio de 2017 @ 12:10

    Nem que tivesse 32 cores-64 threads! Contra factos não há argumentos Intel é Intel! AMD a nível de preço tudo bem, na gama Low-Medium consegue-se montar uns PC´s bons por um bom preço! mas High-End não se safa…
    Basta olhar para os valores do mercado onde a intel domina com uns 70% em relação à AMD… Andará o povo enganado?
    Dou um exemplo Rysen é tao barato que o 1800X custa 500-550€, um i7 7700K custa 350-400€, falando no que toca a Gaming e ate mesmo nalgumas programas (adobe, sony vegas…) dá um tareão no 1800X! Onde anda o custo beneficio que eles tanto falam? Sinceramente não é algo que eu tenho contra a AMD, mas não posso negar o óbvio! Simplesmente não vejo nada de revolucionário no que eles fazem…

  2. Esse i9 pra mim já devia estar na programação normal pra algum momento, pois ele parece ser só o sucessor do 6950x só que Skylake X, não sendo assim uma resposta adequada ao quadro geral acredito.
    A verdadeira resposta ainda deverá estar por vir acredito.
    Estou muito curioso sobre os R3.
    Apesar dos acertos e toda a evolução da AMD, ainda não estou convencido e se fosse comprar um processador no dia de hoje, seria um Intel. Talvez no futuro melhore, a parte boa disso tudo é que a AMD trouxe um pouco de concorrência mais do que necessária.

    • Acima de tudo a importância dis Ryzen está no facto de a AMD dizer “estou aqui”.
      Os i7 7700 podem até estar mais baratos que os Ryzen 1800X, mas se o estão tal deve-se tambem à sua simples existência.
      O 1800X é nesta fase um pouco complexo (aguardemos por futuras revisões), pois tanto tem benchs onde arrasa a concorrência toda, como tem outros onde se limita a portar muito bem.

  3. a intel ta criando uns monstrinhos, ela fica colando processsador no outro ta bem esquisito essa abordagem

Os comentarios estao fechados.